Alerta Vermelho! NASA está prestes a testar deflexão de asteroide

Tempo de leitura: 2 min.

Tome isso, rochas espaciais! A NASA anunciou que sua primeira e tão esperada missão de teste de defesa planetária – que, sim, testará um sistema desenvolvido para desviar asteróides ou cometas potencialmente ameaçadores à Terra – está programado para colidir com um asteróide azarado no próximo mês, em setembro.

Imagem ilustrativa dos asteroides Dimorphos e Didymos. Crédito: NASA

A missão, apelidada de Teste de Redirecionamento de Asteroides Duplos (de sigla em inglês, DART), será a primeira a testar se um impacto de alta velocidade poderia empurrar um asteróide assassino para fora de sua trajetória antes de atingir nosso planeta. Mas não se preocupe – o asteroide Dimorphos “não representa uma ameaça para a Terra”, um detalhe que a agência tem sido quase cômica em colocar em todos os seus materiais de marketing.

Curiosamente, o DART está realmente sendo enviado para duas rochas fora do mundo: o asteroide Didymos, que tem cerca de 800 metros de diâmetro, e seu menor satélite orbital, Dimorphos. E enquanto a dupla – tecnicamente chamada de sistema de asteróides binários – atualmente não apresenta nenhuma ameaça ao nosso planeta (o que, novamente, a NASA realmente quer que você saiba), eles são alvos plausíveis porque já chegaram muito perto de nós antes.

Apesar de seu nome adorável e menor estatura, a NASA pretende que o DART colida com o Dimorphos – a agência acredita que eles poderão medir mais facilmente a eficácia do DART visando a rocha menor, pois podem medir quaisquer mudanças na órbita do corpo menor em torno de Didymos daqui da Terra.

Se tudo correr como planejado, a nave colidirá com essa pequena lua a uma velocidade de 24.000 quilômetros por hora. E como a CBS News aponta, a missão, ao contrário do filme ‘Armegeddon‘, não é destruir o corpo celeste. Dimorphos não vai explodir… apenas será amassado. Pode ser. E esperançosamente empurrado para fora do curso.

O comunicado de imprensa da NASA diz:

“Este teste mostrará que uma espaçonave pode navegar de forma autônoma para um asteroide alvo e colidir intencionalmente com ele para alterar o movimento do asteroide de uma maneira que pode ser medida usando telescópios terrestres. O DART fornecerá dados importantes para ajudar a se preparar melhor para um asteroide que possa representar um risco de impacto para a Terra, caso um seja descoberto.”

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Participe dos comentários mais abaixo… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo, ou use a chave PIX “OVNIHoje” (sem as aspas):

Agradecimentos aos colaboradores dos últimos meses: Edward de Lima, José de Castro, Teogenis de Oliveira, Egídia dos Santos, Silas Raposo, Reinaldo Galhardo, Luiz Buria, Silas Raposo, Maria Dorotea Soares..

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

asteroideDARTDidymosDimorphosNASA
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.