Também na Austrália OVNIs foram avistados perto de base nuclear

Tempo de leitura: 2 min.

O arquivo do qual este documento abaixo faz parte foi transferido para a Comissão Real para Testes Nucleares Britânicos na Austrália em 1984-85.

Foto de Hugo Heimendinger/Pexels

Este relatório confidencial de duas páginas detalha avistamentos em 15 de julho de 1960 de um objeto voador não identificado (OVNI) perto de Wewak, uma área de testes de armas nucleares a cerca de 24 quilômetros da vila de Maralinga, no sul da Austrália. O relatório foi escrito em 24 de julho de 1960 pelo oficial de segurança JJA Hanlon e originalmente fazia parte de um arquivo do Departamento de Suprimentos no Weapons Research Establishment (WRE) no sul da Austrália.

Valor educacional

-Este documento descreve a investigação abrangente sobre relatos de avistamentos de OVNIs na Área Proibida de Woomera (WPA), onde em 1959-1963 mais de 40 testes de armas nucleares ultra-secretos, codinome Vixen, foram realizados sob forte segurança. O site Wewak e o Taranaki nas proximidades mencionadas no relatório estão situados na WPA de 270.000 quilômetros quadrados, que inclui os locais de teste de Maralinga e Emu Field.

-Havia uma série de razões para o rigor das investigações – controle do interesse público indesejado, segurança nacional e curiosidade científica. Várias dezenas de testemunhas foram entrevistadas para uma série de relatórios associados aos avistamentos de Wewak, incluindo a Polícia da Commonwealth, funcionários da WRE, pessoal das forças armadas, um ‘oficial de patrulha nativo’ e membros do público.

-No momento deste relatório, os testes estavam em andamento em locais dentro da WPA, e a WRE também estava desenvolvendo um programa espacial no Woomera Rocket Range. De 1952 a 1963, o governo britânico, com o acordo e apoio da Austrália, realizou testes nucleares em três locais na Austrália – as Ilhas Montebello na costa da Austrália Ocidental e em Emu Field e Maralinga no sul da Austrália.

Avistamentos de OVNIs tornaram-se comuns durante a Guerra Fria (1945-1990) em um contexto de tensões políticas e militares entre a União Soviética e os Estados Unidos e seus aliados. A ansiedade e a paranóia geradas pela espionagem, armas e testes de satélite encontraram expressão em filmes de ficção científica de Hollywood que retratam a humanidade sob ataque de alienígenas hostis determinados a destruir o modo de vida americano.

-Especialistas científicos que foram consultados para este e outros relatórios sobre os avistamentos de Wewak ofereceram uma série de explicações para os fenômenos, variando de discos voadores e cones de satélite a um meteoro, os efeitos da eletricidade estática nos balões meteorológicos em Wewak e um ‘reflexo de luzes de veículos distantes em uma camada de baixa inversão’.

-Na década de 1970, os avistamentos de OVNIs se tornaram tão comuns que a Força Aérea Real Australiana (RAAF), encarregada da responsabilidade de investigar tais fenômenos, forneceu questionários pró-forma para membros do público que relataram ter visto OVNIs e resumos de avistamentos recentes.

Agradecimentos
Texto de recurso de aprendizagem © Education Services Australia Limited e National Archives of Australia 2010.

(Fonte)

Colaboração: MaryH


Infelizmente estou sem tempo para fazer a tradução dos documentos acima, mas o importante é a informação de que os OVNIs foram vistos não somente nas bases nucleares dos EUA e da antiga União Soviética, mas também nas bases de países aliados dos EUA, tais como a Austrália acima e até mesmo no Reino Unido. Certamente, não se tratava de tecnologia humana daquela época.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Participe dos comentários mais abaixo… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo, ou use a chave PIX “OVNIHoje” (sem as aspas):

Agradecimentos aos colaboradores dos últimos meses: Edward de Lima, José de Castro, Teogenis de Oliveira, Egídia dos Santos, Silas Raposo, Reinaldo Galhardo, Luiz Buria, Silas Raposo, Maria Dorotea Soares.

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
Austráliabases nuclearesOVNI HojeOVNIsUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.