Hipótese Siluriana: Houve outra civilização na Terra antes dos Humanos?

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.

Cientistas estão investigando a questão de saber se houve uma civilização avançada no passado que morreu como resultado do aquecimento global, provocado por suas ações no planeta.

A Hipótese Siluriana sugere que há milhões de anos atrás poderia ter existido uma civilização não humana na Terra capaz de transformar o mundo o suficiente para causar mudanças climáticas comparáveis ​​ou maiores que as causadas pela humanidade durante a era industrial.

Em um artigo de 2018, Adam Frank, astrofísico da Universidade de Rochester, e Gavin Schmidt, diretor do Goddard Institute for Space Studies, imaginaram uma civilização avançada antes dos humanos e ponderaram se “seria possível detectar uma civilização industrial no registro geológico”.

Os cientistas baseiam suas descobertas no estudo de um fenômeno conhecido como “Maximo Térmico do Paleoceno-Eoceno”, uma dramática mudança climática que marcou o fim do Paleoceno e o início do Eoceno, 56 milhões de anos atrás.

Durante esse período histórico, a temperatura média da Terra era 15 graus mais alta do que hoje. Praticamente não havia gelo em toda a superfície da Terra, e o clima nos pólos era quase tropical.

Curiosamente, há estudos que mostram que em séculos anteriores houve um aumento chocante nas emissões de carbono, comparável ao que se espera no Antropoceno – época geológica que substituirá a atual, Holoceno, devido ao impacto das atividades humanas no meio ambiente.

Frank pergunta em um artigo:

“Esses eventos são evidências da existência de uma civilização industrial não humana?”

Embora esse aumento nas emissões de carbono no Paleoceno possa ter sido causado pela queima de carvão fóssil, como é hoje, existem diferenças de tempo significativas.

O que no passado teria acontecido em centenas de milhares de anos, agora está acontecendo em um século. No entanto, os cientistas prestam atenção a um ponto.

Se essa civilização extinta realmente existiu, então é bem possível que nenhum vestígio dela permaneça. Deve-se lembrar que a maioria dos fósseis encontrados datam de milhares ou centenas de milhares de anos, não milhões.

É possível que os restos de fábricas e edifícios hipotéticos daquela época sejam apenas poeira hoje.

Frank diz:

“Seria fácil ignorar uma civilização industrial que viveu apenas 100.000 anos, o que é 500 vezes mais do que a nossa civilização industrial.”

A busca por evidências de um evento tão curto em depósitos antigos pode exigir métodos de detecção novos e especializados.

Em outras palavras, a menos que você esteja procurando especificamente por ele, você pode não encontrá-lo. Este reconhecimento é talvez a conclusão mais séria deste estudo.

Em um momento em que a humanidade está tendo um impacto tão forte na sustentabilidade do planeta por meio de suas ações, não parece errado pensar que ele possa se extinguir em decorrência das mudanças climáticas.

E existe a possibilidade de que isso já tenha acontecido com outra civilização em nosso planeta.

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Franklin Viana ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:


Adam Frankaquecimento globalcivilizaçãoGavin SchmidtHipótese SilurianaOVNI Hoje
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.