A investigação de OVNIs da NASA esconde uma história não contada

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
Ouça este artigo...

A nova investigação de OVNIs da NASA surpreendeu muitas pessoas, já que a organização espacial nunca deu nenhuma informação sobre avistamentos de OVNIs.

A última informação que eles deram é que a agência espacial planeja aplicar uma perspectiva científica na busca de todos os fenômenos aéreos não identificados.

O projeto Galileo e sua relação com a NASA

O Projeto Galileo, fundado pelo cientista Avi Loeb em colaboração com o Dr. Frank Laukien, é baseado em doações privadas para fundos de pesquisa da Universidade de Harvard.

Mas a origem deste projeto aparentemente nasceu de um desprezo que a NASA teria feito ao físico teórico israelense Avi Loeb.

Segundo o próprio Avi Loeb, ele entrou em contato com a NASA para contribuir com o projeto que eles anunciaram no estudo independente de OVNIs, mas de uma perspectiva científica.

Aparentemente, a resposta que ele recebeu foi para que ele enviasse a informação e assim ele o fez; mas depois disso não recebeu mais nenhuma resposta.

Segundo o criador do Projeto Galileo, ele obteve uma resposta à interação com a NASA por meio de uma conferência que eles deram.

No referido comunicado de imprensa, a organização espacial norte-americana falou sobre um novo estudo independente sobre OVNIs.

O referido estudo seria baseado na identificação dos dados disponíveis, procurando a melhor forma de coletar dados no futuro e como eles usariam essas informações para avançar no entendimento científico dos OVNIs.

Avi Loeb indica que várias declarações feitas na referida coletiva de imprensa estão relacionadas a um livro de sua autoria e que está relacionado ao assunto.

Embora ele mesmo faça esses tipos de comentários, ele indica que no final todos ganham, já que o Projeto Galileo pode se beneficiar das declarações da NASA, pois seria levado muito mais a sério.

O que lhe parece extremamente importante é que a verdade seja dita, de onde quer que venha a informação que seja confiável.

Da mesma forma, ele estabelece que as vantagens do Projeto Galileo de não ter relação com nenhuma entidade governamental é que permite receber fundos de qualquer natureza e, assim, poder continuar com suas pesquisas.

Ele ainda afirma que não teria problemas em contribuir para os estudos da NASA porque eles compartilham o mesmo objetivo de estudar OVNIs a partir de uma abordagem científica.

(Fonte)


Com base neste artigo publicado ontem aqui no OVNIHoje.com, se eu fosse Avi Loeb eu ficaria bem longe da NASA, isto é, se ele realmente quer mostrar a verdade sobre os OVNIs.

…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar. Cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

As doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês!

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

Avi LoebNASAOVNI HojeOVNIsProjeto GalileoUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.