Política assegura: “Governos são controlados por extraterrestres”

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.

Conflitos em todo o mundo vêm se espalhando nos últimos anos. No entanto, algumas pessoas acreditam que tudo isso é um plano dos “alienígenas que controlam os governos mundiais“.

Jill Hughes diz que governos do mundo estão sendo controlados por extraterrestres.

Apesar desta teoria ser ‘marginalizada’ por grande parte da população, agora são alguns políticos que decidiram denunciar a verdade sobre os governos.

Muitas mais pessoas acreditam que seres de outros mundos, com intenções sombrias, estão se infiltrando em nossa política. E, aparentemente, seu propósito é desestabilizar a humanidade por seus interesses.

Alienígenas controlam os governos mundiais

Paul Hellyer, que serviu como Ministro da Defesa do Canadá na década de 1960, afirmou durante anos que tinha informações confidenciais. Isso revelaria que os principais líderes mundiais têm alianças com extraterrestres.

Hellyer veio denunciar que não existe uma única raça, mas várias que vêm de diferentes sistemas solares. Algumas pacíficas, mas outras com intenções sombrias.

No entanto, o ex-ministro da Defesa canadense não estava sozinho. Nos últimos anos, uma ninhada de políticos assumiu a tarefa de denunciar isso, entre eles a ex-candidata parlamentar britânica Jill Hughes.

Hughs fez campanha para o Partido Brexit no distrito eleitoral de West Yorkshire. No entanto, de um momento para o outro, ela se retirou abruptamente da eleição.

Sua retirada se deve ao fato de que o grupo ativista, Hope not Hate, investigou os antecedentes da candidata. Eles questionaram seu histórico de emprego, mas especificamente citaram suas postagens nas mídias sociais e seu livro, Spirit of Prophecy.

O livro menciona que os alienígenas já estão aqui, trabalhando ao lado de nossos governos mundiais.

O mistério por trás da candidatura

O seguinte texto foi publicado por Hughes no site “The Soul Matrix“.

“Eu realmente percebi que meu propósito é aumentar a conscientização aqui na Terra: eu me originei de Sirius.”

Segundo o Yorkshire Post, a política sentiu a pressão dos líderes e ativistas do Partido Brexit, razão pela qual decidiu abandonar a candidatura.

Algum tempo depois ela foi vista em reuniões do partido e muitas pessoas comentaram nas redes sociais que ela ainda pertencia ao grupo. Por sua vez, Hughes não comentou o assunto.

No momento, a Europa continua sendo um dos países onde a crença extraterrestre ainda é um assunto tabu. Ao contrário dos Estados Unidos, onde vários políticos decidiram apoiar a divulgação da questão dos OVNIs.

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Franklin Viana ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️ Jessica Luana de Souza ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:


alienígenasextraterrestresgovernos mundiaisJill HughesOVNI Hoje
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.