Casos bizarros de encontros com corvo de 4 metros nos séculos XVII a XVIII

Compartilhe com a galáxia!
Ouça este artigo...
Tempo de leitura: 2 min.

Há misteriosos encontros documentados com um grande pássaro preto na Grã-Bretanha nos séculos XVII e XVIII.

Crédito da foto ilustrativa: LoggaWiggler/Pixabay

Os primeiros relatos de um corvo gigante vieram da vila de West Drayton em meados do século XVII. Em um pequeno cemitério perto da prefeitura, um policial montado a cavalo foi atacado por um grande pássaro. Os moradores fugiram com medo, mas a curiosidade prevaleceu sobre a agonia. Este encontro foi posteriormente descrito por clérigos locais:

“Um grande pássaro preto voou de trás do pináculo da prefeitura e atacou rapidamente o policial de plantão. O homem foi jogado do cavalo, após o que o corvo gigante perfurou o pescoço do cavalo com vários golpes poderosos de seu bico. O pássaro demoníaco continuou seu banquete sangrento até que flechas foram atiradas contra ele. Assustado com o barulho do ataque, negro como a noite mais escura, o corvo deixou West Drayton.”

A ciência acadêmica não leva essas evidências a sério, pois não há evidências materiais da existência de criaturas tão enormes na Idade Média. Por outro lado, é necessário separar os mitos e lendas definitivos das informações que foram incluídas nos anais dos incidentes que aconteceram na realidade. No total, folcloristas e pesquisadores nas fontes escritas da Inglaterra e da Escócia encontraram 11 descrições do aparecimento de um misterioso corvo, cujo tamanho variava de 2 a 4 metros.

Naqueles dias, as pessoas acreditavam seriamente em dragões, grifos, fadas, anjos e demônios. Mas, por algum motivo, essas criaturas não estão escritas nos livros de incidentes, o que sugere que, afinal, negar a realidade de um pássaro preto gigante pode ser errôneo. Em geral, ao discutir tais histórias, os pesquisadores procuram abordar a questão de forma abrangente.

Por exemplo, os criptozoologistas acreditam que um pássaro poderia existir, no entanto, sua população era extremamente pequena. Como essas criaturas na Idade Média costumavam se tornar troféus de heróis, o extermínio de animais gigantes não era um problema para as pessoas. Devido à destruição total, não haveria esqueletos ou qualquer evidência material.

Pesquisadores de magia e feitiçaria medievais consideram reais as evidências de pássaros. Druidas ou bruxas podiam se transformar em animais e pássaros. Claro, esta versão parece muito mística. A magia já existiu? Podemos falar sobre isso por muito tempo, mas como uma das hipóteses, tem o direito de existir.

A suposição mais inesperada sobre o ataque de um pássaro gigante na Inglaterra foi feita por representantes da comunidade ovnilógica britânica. Este não era um corvo, mas uma aeronave de alta tecnologia! Foi descrito dessa maneira porque não havia nada com o que compará-lo, a não ser um pássaro. Ao mesmo tempo, a interpretação do aparecimento de tal tecnologia no século XVII a XVIII significa alienígenas naquela época ou criaturas de outras realidades paralelas, onde o progresso técnico ultrapassa em muito o nosso nível moderno.

Curiosamente, o Canadá e a Austrália também têm suas próprias testemunhas oculares desse pássaro. Lá ele é chamado de “thunderbird” (“pássaro do trovão”) por causa de seu tamanho enorme e grito retumbante.

É difícil analisar as informações, pois são bem diferentes. No entanto, não temos confiança de que as histórias sobre pássaros gigantes sejam ficção e mitos.

O que você acha que aterrorizou a Inglaterra e a Escócia nos séculos XVII e XVIII, e Canadá e Austrália em um período posterior?

(Fonte)


Compartilhe este artigo com a galáxia!

…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Importante: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar. Cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

As doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Silas Raposo ||| Paulo Sanchez ||| José Carlos da Costa ||| Edward Vaz Jr. ||| Ewaldo Kintopp Neto

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta, portanto aja com responsabilidade.
  • O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com éticasempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

corvo gigantecriptozoologiaOVNI HojeReino Unido
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.