As religiões irão se ‘esfarelar’ se descobrirmos vida extraterrestre?

Tempo de leitura: 3 min.

Em 2016-2017, a NASA financiou parcialmente 24 estudiosos religiosos para debaterem como os adeptos de várias religiões reagiriam à descoberta de vida extraterrestre.

Como Erin Snodgrass informou no Insider:

“Um rabino, um padre e um imã entram em um programa de pesquisa financiado pela NASA para falar sobre a interseção de Deus e alienígenas.

Não se trata do começo de uma piada religiosa. Foi exatamente o que aconteceu no Center for Theological Inquiry em Princeton, Nova Jersey, em 2016, quando duas dúzias de teólogos se reuniram para participar de um programa parcialmente financiado pela NASA para pesquisar como os humanos poderiam responder à descoberta de vida extraterrestre.”

-Erin Snodgrass no Insider

Um deles, Andrew Davison, tem falado sobre isso ultimamente, não apenas por causa da atual busca ativa de micróbios fósseis em Marte, mas porque ele deve publicar um livro este ano, Astrobiology and Christian Doctrine.

Ele não prevê nenhuma angústia particular entre os crentes religiosos:

“’As descobertas das manchetes são que os adeptos de uma série de tradições religiosas relatam que podem levar a ideia em seu ritmo’, escreveu Davison em ‘Astrobiology and Christian Doctrine‘, um livro a ser lançado que aborda seu tempo durante o programa, informou o The Times, que obteve partes do livro.

Davison também escreveu no livro, que deve ser lançado em 2022, que a comunidade não religiosa tendia a ‘superestimar os desafios que as pessoas religiosas’ poderiam enfrentar se fossem descobertas evidências de vida extraterrestre.”

-Erin Snodgrass no Insider

Isso faz sentido. Primeiro, o achado mais provável seria micróbios fósseis (ou mesmo vivos) em algum lugar. O astrônomo cristão evangélico Hugh Ross acredita, por exemplo, que provavelmente encontraremos micróbios fósseis em Marte, mas que eles provavelmente vieram da Terra quando os planetas estavam menos solidamente formados e trocavam materiais. Mas não está claro o que eles provariam ou refutariam em um sentido religioso.

De qualquer forma, a NASA não achou que faria mal iniciar uma discussão. Afinal, poderíamos encontrar algo mais complexo um dia:

“Will Storrar, diretor do CTI, disse que a NASA queria ver ‘estudos sérios sendo publicados em livros e revistas’ abordando a ‘profunda maravilha e mistério e implicação de encontrar vida microbiana em outro planeta’, informou o Times.”

Brook Migdon

Claro, se encontrássemos uma civilização alienígena, poderíamos ter mais em que pensar. A própria pesquisa de astrobiologia e teologia de Davison concentra-se no papel de Jesus:

“A questão mais significativa que existe é provavelmente se alguém responderia teologicamente à perspectiva de vida em outro lugar em termos de ter havido muitas encarnações, ou apenas aquela sobre a qual os teólogos falam em Jesus. Eu também tenho pensado sobre a doutrina da criação, especialmente em termos de como ela lida com temas de multiplicidade e diversidade.”

Brook Migdon

É uma questão interessante e, observa Davison, que tem sido discutida ao longo de muitas décadas, ainda mais quando as viagens espaciais começaram a ser imaginadas.

C.S. Lewis (1898–1963), que escreveu uma trilogia de ficção científica, teve algumas reflexões sobre o assunto:

“Primeiro, Lewis publicou um ensaio intitulado ‘Religion and Rockets’ (‘Religião e Foguetes’ em tradução livre) que pode ser encontrado em um livro menos conhecido, ‘The World’s Last Night: And Other Essays‘ (‘A Última Noite do Mundo: e Outros Ensaios’, em tradução livre). Os fãs fiéis de Lewis podem se surpreender ao descobrirem que o autor parece bastante aberto à possibilidade de descobrir vida extraterrestre, algo que ele acreditava ser uma questão maior: ‘Como podemos, sem arrogância absurda, acreditar que fomos favorecidos de maneira única?‘ Se os humanos encontrassem vida animal alienígena (ele acreditava que descobrir vida vegetal alienígena seria teológicamente insignificante), disse Lewis, eles precisariam determinar se esses seres alienígenas eram racionais, têm ‘senso espiritual‘ e são caídos como os humanos.

Se todos os três fatos estivessem presentes nessas formas de vida extraterrestres, e se descobrissemos que nenhuma forma de redenção os alcançou, então a tarefa humana poderia ser evangelizá-los. Lewis sugeriu que pode ser que ‘a redenção, começando por nós, seja trabalhar a partir de nós e através de nós [para os seres extraterrestres]‘. Ele continua: ‘Aqueles que são, ou podem se tornar Seus filhos, são nossos verdadeiros irmãos, mesmo que tenham conchas ou presas. É o parentesco espiritual, não biológico, que conta‘.

Jonathan Merrit

A poeta católica Alice Meynell (1847-1922) expressou uma visão semelhante:

“Mas nas eternidades,

Sem dúvida vamos comparar juntos, ouça

Um milhão de Evangelhos alienígenas, em que disfarce

Ele pisou nas Plêiades, na Lira, na Ursa.”

Alice Meynell

Apesar de algumas das alegações que ouvimos, na verdade é uma notícia antiga que a maioria das pessoas religiosas ficaria bastante confortável com a ideia de inteligências extraterrestres:

“José Gabriel Funes, diretor do Observatório do Vaticano, afirmou recentemente em entrevista que a crença em alienígenas é compatível com a crença em Deus. Isso não é exatamente novidade – outro astrônomo do Vaticano, Guy Consolmagno, publicou um panfleto sobre o assunto há três anos, e Vox Nova nos aponta para um tratado de Nicolau de Cusa (1401-1464) que diz essencialmente a mesma coisa.”

Gabriel Mckee

E mesmo que os extraterrestres sejam ateus, bem, aí está, uma oportunidade única de evangelismo!

(Fonte)


O problema virá se não for nada disso (entendedores entenderão). Mas, obviamente não temos provas concretas de nada, pelo menos ainda.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
OVNI Hojereligiãovida extraterrestre
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.