Teremos foto de OVNI em alta resolução em 2 anos, diz Avi Loeb

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
Ouça este artigo...

O professor de Harvard, Avi Loeb, tem sido sincero sobre tornar a busca pela vida extraterrestre mais a séria. Em uma busca surpreendente, ele muitas vezes exortou seus colegas a levar a pesquisa de OVNIs mais a sério.

Imagem meramente (e obviamente) ilustrativa.

Agora, Loeb diz que espera coletar uma “foto de alta resolução” de um OVNI nos próximos dois anos, de acordo com uma nova entrevista com o The Guardian.

Loeb disse ao jornal:

“Eu realmente quero que a próxima geração seja livre para discutir isso, e para se tornar parte do mainstream. Minha esperança é que, ao obter uma foto de alta resolução de algo incomum, ou encontrando evidências para isso, o que é bem possível no próximo ano ou dois, vamos mudar isso”.

No ano passado, o site Futurism falou com Loeb sobre seu livro “Extraterrestrial: The First Sign of Intelligent Life Beyond Earth” (“Extraterrestre: O Primeiro Sinal de Vida Inteligente Além da Terra”, em tradução livre), que apresentava a tese de que um objeto interestelar que passou pelo nosso sistema solar em 2017 pode ter sido uma sonda alienígena em vez de uma rocha espacial achatada. Na época, Loeb disse que muitos de seus colegas mantinham a pesquisa de OVNIs à distância e geralmente descartavam as descobertas como eventos naturais ou coisas da teoria da conspiração.

Ele disse:

“A comunidade científica pode abordar um tópico mesmo que outras pessoas se dirigem de uma maneira que não seja científica e não faça muito sentido.”

Loeb é diretor do Projeto Galileo, em que uma equipe de mais de 100 cientistas está estabelecendo uma rede de telescópios sofisticados para escanear os céus a procura de extraterrestres. De acordo com o The Guardian, o primeiro telescópio de Loeb começará a operação do telhado do Observatório de Harvard neste verão (do hemisfério norte), equipado com câmeras infravermelhas rolando 24/7, um sensor de rádio, um sensor de áudio e um magnetômetro para detectar objetos não visuais.

Loeb disse ao The Guardian:

“Estamos indo por uma estrada não tomada, então pode haver frutas penduradas, que ninguém mais colheu…”

Loeb diz que capturar fortes evidências de OVNIs, incluindo a imagem de alta resolução que ele espera obter nos próximos dois anos, atrairá cientistas mais jovens intimidados pela multidão mais velha e cínica. Se ele conseguir, talvez finalmente tenhamos que levar a pesquisa de OVNIs mais a sério.

(Fonte)


ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Apoie o OVNI Hoje: Cada Doação é Essencial!

Agradecimentos aos colaboradores do mês: ❤️Eneias Vieira ❤️Silas Raposo ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️Cristina Vilas Boas

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

Avi Loebfoto de OVNIOVNI HojeProjeto Galileo
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.