Reptilianos surgiram em experimentos interdimensionais da CIA

Tempo de leitura: 3 min.

Em 1958, o executivo de radiodifusão, Robert Monroe, passou por uma série de eventos bizarros. Aos 43 anos, ele começou a sentir uma forte vibração no peito. De repente, a sensação ficou tão intensa que ele foi forçado a se deitar.

Experimentos abriram portais para outras dimensões onde residem humanoides reptilianos.

Uma vez reclinado, o empresário tipicamente racional se viu pairando fora de seu corpo. Ele imediatamente entrou em pânico pensando que tinha morrido, mas o medo paralisante o devolveu abruptamente à sua forma física. Episódios semelhantes logo se seguiram, nos quais ele flutuou sem peso pela sala.

Um preocupado Monroe visitou vários médicos e psicólogos, mas cada profissional médico determinou que ele estava perfeitamente saudável. Aliviado por seus diagnósticos positivos, o executivo de telecomunicações decidiu aprimorar sua habilidade recém-adquirida. Em pouco tempo, ele deixou sua confortável carreira corporativa e dedicou sua vida à exploração da consciência.

Sincronização Hemisférica

Nas três décadas seguintes, Robert estudou atentamente as experiências fora do corpo. Seu objetivo principal era reunir evidências científicas que provassem a existência de realidades alternativas. Na esperança de tornar a viagem cósmica mais facilmente alcançável, ele desenvolveu uma tecnologia chamada Sincronização Hemisférica. Também conhecido como Hemi-Sync, este sistema utiliza padrões de áudio contendo batidas binaurais para criar harmonização dos hemisférios esquerdo e direito do cérebro.

Neurologistas clínicos independentes conduziram testes extensivos em participantes engajados na técnica experimental. Para seu choque, os resultados eram claramente visíveis em cada varredura de EEG realizada. Ambos os lados do cérebro foram simultaneamente medidos iguais em amplitude e frequência.

O trabalho de Monroe foi pioneiro no caminho para estados alterados tangíveis.

Portais para outras dimensões

Monitorando de perto as descobertas inovadoras do explorador astral estava o governo dos EUA. Um dia, em 1978, representantes da Agência Central de Inteligência contataram Monroe. Oficiais de alto escalão o convidaram a ingressar em um projeto militar altamente confidencial. Eles queriam implementar sua prática de expansão da mente nas tentativas de enviar soldados para sessões de visão remota profundas. Se os subordinados tiverem sucesso, os Estados Unidos teriam uma enorme vantagem sobre os inimigos soviéticos. As tropas poderiam ser catapultadas para as linhas do tempo do passado, presente e futuro ou até mesmo para o multiverso. Dada a vasta experiência de Robert e vários aplicativos patenteados, ele foi a escolha perfeita para esta operação pioneira.

Na esperança de obter mais credibilidade no estudo dos fenômenos paranormais, Robert concordou em se juntar a eles.

Como os envolvidos estavam abrindo portais para outras dimensões, os pesquisadores nomearam apropriadamente a designação de Gateway Process (Processo de Portal).

De acordo com arquivos desclassificados, o programa é:

“…um sistema de treinamento projetado para trazer maior força, foco e coerência à amplitude e frequência de saída de ondas cerebrais entre os hemisférios esquerdo e direito de modo a alterar a consciência, movendo-a para fora da esfera física de modo a, em última análise, escapar até mesmo das restrições de tempo e espaço. O participante então ganha acesso aos vários níveis de conhecimento intuitivo que o universo oferece.”

As descobertas relacionadas no artigo de análise final do Comandante Wayne M. McDonnell incluíram informações detalhadas sobre a natureza da realidade. Os investigadores verificaram que vivemos em um universo holográfico e que a vida desperta é uma matriz eletromagnética projetada.

Reptilianos emergem

Para entrar nos reinos sobrenaturais, os viajantes com fones de ouvido sentaram-se na escuridão isolada enquanto ouviam vários tons em hertz específicos. Os participantes não tinham contato ou comunicação uns com os outros. Após o término da jornada, os voluntários relatavam o que vivenciaram com os membros da equipe. De acordo com Robert, os sujeitos frequentemente encontram entidades interdimensionais. Os mais frequentemente testemunhados foram humanoides reptilianos. Os espectadores se referiram às criaturas misteriosas como ‘os crocodilos’ devido às suas características de crocodilo.

Curiosamente, Monroe já estava bastante familiarizado com a raça inquietante. Durante incontáveis ​​expedições, ele observou criaturas sáurias idênticas. Por mais de trinta e cinco anos, o investigador etérico reuniu percepções sobre esses seres surpreendentes. Aqui está o que ele descobriu:

  • Os nefastos reptilianos controlaram e escravizaram a humanidade por milênios.
  • Eles existem e operam na 4ª dimensão e são visíveis apenas para indivíduos que podem ver além de nosso espectro extremamente limitado de luz visível.
  • Reptilianos se alimentam de nossa força de vida espiritual, que Monroe chamou de ‘loosh‘.
  • A energia vibracional negativa/baixa é essencial para a sobrevivência dos reptilianos.
  • Essas entidades parasitas veem a Terra como uma enorme fazenda onde colhem o medo, o ódio, a ansiedade, a raiva e a depressão humanos.
  • Sua inteligência é igual ou superior à do ser humano.
  • Esta raça esquiva semelhante a um lagarto se considera superior e governante da humanidade.

Robert Monroe buscou empreendimentos transcendentais até falecer em 1995. Suas crenças nunca mudaram e ele frequentemente alertava sobre os vampiros espirituais sinistros.

Os experimentos revolucionários da Gateway continuaram ao longo da década de 1980. Centenas de viagens astrais foram concluídas com sucesso e registradas por pessoal interno. Documentos selecionados relativos aos empreendimentos sobrenaturais não foram revelados até 2003. Houve muito pouca atenção pública após o lançamento inicial do relatório.

Alguns denunciantes afirmam que o projeto federal secreto nunca terminou. Mais de quarenta anos se passaram desde o início do programa. Com os avanços tecnológicos modernos, é provável que o método tenha evoluído de maneiras muito além da nossa compreensão.

Precisamente o que mais foi finalmente descoberto pelos participantes continua sendo um dos maiores mistérios de nosso tempo.

(Fonte)


Não estou passando por uma fase apropriada da vida para comentar o artigo acima, pois, de repente, parece-me que ele faz um pouco de sentido, embora eu não tenha prova alguma da veracidade do que é relatado. Mas, lá no fundo, não quero crer que a realidade humana seja subjugada por uma raça tão nefasta. Mas se for, espero que o outro lado, o do bem, esteja lutando contra isso e no final vença.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

CIAHemi-SyncOVNI HojereptilianosRobert Monroeviagem astral
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.