Devemos nos preocupar se existem híbridos alienígenas entre nós?

Tempo de leitura: 3 min.

Por Dean Caporella

Sempre que o tópico de seres alienígenas híbridos é levantado, ele provoca diferentes respostas das pessoas. Alguns são atraídos pelo assunto. Alguns consideram isso um absurdo. Outros aceitarão que há coisas acontecendo neste planeta que não podem ser explicadas.

Crédito: Jacquelin Smith

Jacquelin Smith nunca sentiu que pertencia a este planeta. Ainda jovem, sua mãe disse que ela era diferente. Ela tinha habilidades elevadas que não conseguia explicar.

Sua história é familiar. Na verdade, pode haver literalmente milhares e milhares de pessoas que fazem parte da agenda dos seres híbridos alienígenas.

E quando injetamos a palavra “agenda” em qualquer coisa, as conotações imediatas são de que não vai funcionar muito bem para um lado.

Mas Smith diz que não precisamos nos preocupar com o programa híbrido alienígena. No final, tudo é parte de um processo evolutivo que os híbridos estão ajudando a introduzir.

Essas energias estão sendo integradas para criar o novo humano para que possamos explorar nosso potencial.

E qual é esse potencial?

Smith em entrevista ao Aliens Revealed Live diz:

“A telepatia e a clarividência e a ‘clari-audição’, e todos esses dons, todos nós temos.

Assim, à medida que as pessoas despertam e se conscientizam de que são cidadãos cósmicos, elas podem explorar mais facilmente os talentos e habilidades que possuem.”

E essas habilidades dentro de nós incluem sentidos aguçados que a maioria de nós experimentará em momentos isolados em nossas vidas, mas nunca pensamos muito sobre eles. Normalmente nós os descartamos como “apenas uma daquelas coisas”.

Juntando a equação dos seres híbridos alienígenas

Foi só quando Smith estava na casa dos trinta e dos quarenta anos que ela realmente começou a entender quem ela realmente era.

Você já sentiu que simplesmente não se encaixa? A maioria de nós sentiu. É esse sentimento que mencionei acima e que pensamos por um momento fugaz. Então desaparece.

“Levei vários anos para começar a juntar as peças e a perceber que era uma híbrida.

E então eu realmente comecei a entender isso mais profundamente quando eu estava na casa dos trinta e dos quarenta anos – para entender quem eu realmente era.

Senti como se nunca tivesse pertencido a este lugar e estava apenas tentando descobrir quem eu era.

E então com isso, à medida que ia juntando as peças, percebi que era uma híbrida.

Eu os chamo de meus pais das estrelas. Eles realmente vieram até mim e me deram informações.

Mas eu também me lembro quando eu estava realmente no ventre de minha mãe, que eles a levaram a bordo da nave estelar e me injetaram.

Eu chamo isso com um coquetel de DNA de sete raças diferentes. E então isso alterou geneticamente quem eu era. E aumentou minhas habilidades. Para poder fazer o que estou aqui para fazer na terra.

Mas foi um sentimento muito solitário. Como se eu não pertencesse à Terra. Essa Terra não era minha casa. E como muitos experimentadores sentem, eu senti como se alguém tivesse me deixado aqui e decolado. Me deixou aqui sozinha.

Esse foi o sentimento que tive que superar quando criança e adolescente.”

Aproveitando a potência de um híbrido

O processo evolutivo que Smith descreve como essencial para nos ajudar a evoluir, em última análise, a ponto de podermos aproveitar essas habilidades, está no cerne do programa de seres híbridos alienígenas.

As habilidades de Smith variam de psíquica a cura e comunicação telepática.

Ela diz que teve que controlar suas habilidades, especialmente quando estava em público.

“Eu sempre fui telepata. Por isso, sempre foi natural para mim escolher a forma mais direta de comunicação.

Minhas habilidades com os animais. Eu posso ver e saber o que eles estão pensando e sentindo e posso olhar através de seus corpos e dizer o que está acontecendo.

Eu posso fazer a mesma coisa com humanos. E trabalhando com pessoas, sou capaz de sintonizá-las em um nível muito mais profundo. Tanto no nível da alma quanto em outros níveis.

Além disso, quando criança e mais tarde como adulto, e estou falando de cinética, tive a experiência de andar pelo corredor de um supermercado onde as latas começavam a voar para fora das prateleiras. E houve lâmpadas queimando.

Tenho que me vigiar no computador se minha frequência aumenta. Eu apaguei telefones e coisas assim.

Portanto, tem sido interessante aprender como aproveitar essas energias e meu foco está em servir.”

Memórias bloqueadas de nave estelar e um senso de humor

Em sua entrevista para o Aliens Revealed Live, Smith falou sobre como seus guardiões alienígenas bloquearam qualquer memória que sua mãe teria de estar em uma nave estelar.

“Ela não tinha memórias conscientes. Eles haviam bloqueado essas memórias.

Não acho que minha mãe teria lidado muito bem com essas memórias. Então, eles realmente a impediram de lembrar disso.”

Smith se descreve como uma híbrida combinada.

“Então, eu tenho raça Quayvar que eu chamo de minha raça estelar original e é a partir do que chamamos de sétimo universo para fora da terra.

É tudo etérico, não é físico. E meus pais famosos nesta vida são os Zetas brancos e altos e é na nave deles em que estive a maior parte da minha infância. Eles são os únicos que aprimoraram minhas habilidades.”

Na entrevista a seguir, Jacquelin Smith cobre os vários conselhos que presidem os assuntos intergalácticos.

Ela também fala sobre o senso de humor inato que os alienígenas possuem, especialmente os seres Louva-a-deus com os quais ela se comunica, a revelação e os números de experimentadores explodindo ao redor do mundo.

[Para instruções de como ativar a legenda em português do(s) vídeo(s) abaixo, embora esta não seja precisa, clique aqui.]

(Fonte)


As alegações acima, bem como tantas outras na casuística da ovnilogia até mesmo não relacionadas a híbridos alienígenas entre nós, são difíceis de acreditar, pois saem totalmente daquilo que nos aparenta ser a “normalidade”. Mas talvez em algum lugar entre essa “normalidade” e o “inacreditável” reside a verdade, ocultada de todos… Ou talvez até mesmo nas coisas mais fantásticas.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

alienígenasextraterrestreshíbridos alienígenasjacquelin smithOVNI Hoje
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.