Região misteriosa no espaço faz com que espaçonaves reduzam a velocidade

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.

Uma estranha anomalia na atmosfera terrestre foi detectada. Encontrada a 400 quilômetros acima do Pólo Norte, um “buraco em forma de funil” que se abre no campo magnético da Terra aparece apenas uma vez por dia. E só pode ser visualizado ao meio-dia, hora local, quando o Sol está em seu ponto mais alto no céu.

Imagem meramente ilustrativa. Crédito: NASA

Embora possa não parecer muito preocupante, o campo magnético sobre o Pólo Norte impede que as partículas do Sol cheguem à Terra, mas essa lacuna recém-descoberta pode causar um problema para satélites e espaçonaves.

Os cientistas da NASA que o avistaram também notaram que ele está interferindo nos sinais de rádio e GPS da região.

E, estranhamente, qualquer aeronave que passa pela área parece diminuir a velocidade quando o buraco se abre.

A NASA disse que está tentando descobrir porque o buraco aparece, mas ainda não foi capaz de fazê-lo.

Um teste será realizado lançando um foguete de sondagem da Noruega.

Mark Conder, principal investigador e físico da University of Alaska Fairbanks, disse:

“A cerca de 400 quilômetros acima da Terra, as espaçonaves sentem mais resistência, como se tivessem atingido uma lombada.


Você não pode simplesmente aumentar a massa em uma região por um fator de 1,5 e não fazer mais nada, ou o céu vai cair.”

De acordo com a NASA, uma possibilidade para o buraco envolve efeitos elétricos e magnéticos na ionosfera, a camada da alta atmosfera da Terra que é ionizada pelo Sol, o que significa que contém partículas eletricamente carregadas.

A eletrodinâmica pode sustentar o ar mais denso indiretamente ou pode causar aquecimento que gera ventos verticais para manter o ar denso no alto. O foguete CREX-2 possui uma série de instrumentos projetados para medir esses efeitos.

Agora que o Sol está mais ativo, a NASA espera iniciar seu estudo da cúspide polar o mais rápido possível.

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Danilo Tercariol ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:


anomalia atmosféricaNASAOVNI HojePólo NorteTerra
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.