Quatro fatos que podem mudar tudo!

Tempo de leitura: 3 min.

Por Michael Grosso, Ph.D

O governo dos EUA finalmente revelou a verdade sobre uma presença desconhecida em nosso espaço aéreo, os chamados objetos voadores não identificados, OVNIs ou UAPs, sigla para fenômenos aéreos não identificados em inglês. Eles são inteligentes e aparentemente gostam de brincar com os humanos no céu, dançando em torno de nossos aviões a jato mais avançados.

Este pode muito bem ser o fato mais interessante descoberto na história da humanidade. Como nenhum outro, está repleto de implicações enormes. Ela compete com a Covid-19, a iminente catástrofe climática e a ascensão do fascismo [na Europa e na Austrália].

A presença alienígena não está indo embora. Há mais alguma coisa que possamos dizer que sabemos sobre essa presença alienígena? Sabemos que desde a década de 1940 ela se interessa por nossa indústria de armas nucleares. Robert L. Hastings documenta em detalhes essa conexão perturbadora em “UFOs and Nukes: Extraordinary Encounters at Nuclear Weapons Sites” (2008). A Inteligência não identificada está observando nossas instalações de armas nucleares. Pode parecer aos alienígenas que corremos perigo extremo.

Uma pergunta. Eles estão preparados para intervir em caso de crise nuclear?

Então, algo não identificado está presente conosco na Terra; tecnologicamente muito além de nós. Em segundo lugar, essa inteligência desconhecida está preocupada com nosso arsenal atômico destruidor de mundos.

Há também um terceiro fato de grande significado, especialmente claro nos estudos de abdução de John Mack. As aparências – a suposta nave e pessoal humanoide – mudam e assumem formas adequadas ao tempo, cultura e personalidade das testemunhas a quem aparecem. Em suma, a Entidade que assombra nosso planeta é um metamorfo por excelência. Sua substância parece ser luz, que pode ser ligada ou desligada em um flash; remodela-se; pode se materializar em todos os tipos de “naves” e humanoide – ou deus, anjo ou demônio.

Há um quarto fato implícito na natureza mutante da entidade. A presença ativa de inteligência extraterrestre na Terra permite novas maneiras de interpretar eventos famosos na história da religião. Dois exemplos vêm à mente.

No livro do Êxodo, somos informados de uma voz de Deus que falou a Moisés de uma sarça ardente, instruindo-o a conduzir os israelitas da escravidão à liberdade. A voz e a luz de uma sarça “em chamas” é um motivo de avanço espiritual encontrado em muitas formas e credos, e aparece com bastante frequência entre os OVNIs.

Para o meu segundo exemplo, avance rapidamente para Fátima, Portugal, 1917, e 70.000 pessoas reunidas na Cova da Iria esperando por um milagre predito por crianças que afirmavam ter comunhão com a Virgem Maria.

Bem, as 70.000 testemunharam o Sol na forma de um disco luminoso mergulhar na Terra e então disparar de volta para o céu em zigue-zague. O “Milagre do Sol”, pensava-se. O que as 70.000 testemunhas espantadas viram foi um disco de luz não identificado descer e subir no típico padrão de OVNI em zigue-zague. Os céticos e anti-religiosos comunistas ficaram espantados, especialmente quando todos os relatos de cura chegaram. E se o Judaísmo e o Cristianismo, porque não outros em qualquer crise ou transição espiritual?

O grande ponto: agora parece haver um corpo extraordinário de fatos sobre os quais podemos ter poucas dúvidas. Listei apenas quatro deles, mas existem outros. Os quatro fatos, mais uma vez, devem concentrar nossas mentes:

1. Existe uma entidade inteligente e supertécnica em nosso espaço aéreo que não pode ser superada ou controlada. A tecnologia parece superfísica; quase como se a energia central fosse psicocinética.

2. A entidade surgiu à vista quase em conjunto com o surgimento e uso de armamento nuclear (meados do século XX). Os OVNIs parecem curiosos e preocupados.

3. A entidade é um metamorfo. Possui o poder mágico de aparecer em diferentes formas, adaptando-se às necessidades culturais e existenciais específicas, e de desaparecer à vontade.

4. O que precede nos força a perguntar que papel esta entidade inteligente desempenhou na história das religiões.

Desde que Jacques Vallee e John Keel comentaram sobre as características OVNI dos fenômenos de Fátima, eu me perguntei: Estaria alguma entidade evoluída ou clube cósmico orquestrando experiências visionárias que apóiam a vida de certas religiões? Eu me pergunto como os leitores se sentem ao registrarem esses fatos estranhos, seja com uma sensação de admiração ou de angústia? Ou, . . . ?

(Fonte)


Sobre Michael Grosso:

Michael Grosso, Ph.D. é um estudioso independente e parte de um grupo cada vez maior de estudiosos e pensadores críticos da visão materialista prevalecente do mundo. Ele ensinou ciências humanas e filosofia no Marymount Manhattan College, na City University of New York e na City University of New Jersey.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

alienígenasextraterrestresMichael GrossoOVNI HojeOVNIsreligiõesUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.