Estaria a Terra cercada por um enorme túnel magnético?

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.

Um novo artigo apresentou uma nova teoria radical para explicar estruturas magnéticas misteriosas no céu.

Nossa visão do cosmos está repleta de enormes filamentos magnéticos invisíveis? Crédito da imagem: NASA / Terry Virts


De acordo com a Dra. Jennifer West, Pesquisadora Associada do Instituto Dunlap de Astronomia e Astrofísica, duas estruturas enigmáticas que vemos em lados opostos do céu – o esporão polar norte e a região do ventilador – estão de fato conectadas por uma vasta rede cósmica de filamentos magnéticos.

Esses filamentos, ela argumenta, formam um ‘túnel’ que circunda todo o sistema solar.

Ela disse:

“Se olhássemos para o céu, veríamos essa estrutura em forma de túnel em quase todas as direções que olhássemos. Isto é, se tivéssemos olhos que pudessem ver a luz do rádio.”

Por décadas, os cientistas ficaram intrigados com a natureza dessas duas estruturas; no entanto, esta é a primeira vez que alguém consegue mostrar que elas podem de fato estar conectadas.

West disse:

“Há alguns anos, um de nossos co-autores, Tom Landecker, me contou sobre um artigo de 1965, dos primeiros dias da radioastronomia.

Com base nos dados brutos disponíveis neste momento, os autores (Mathewson e Milne), especularam que esses sinais de rádio polarizados poderiam surgir de nossa visão do Braço Local da galáxia, de dentro dele.

Esse artigo me inspirou a desenvolver essa ideia e vincular meu modelo aos dados muito melhores que nossos telescópios nos fornecem hoje.”

De acordo com suas descobertas, este enorme ‘túnel’ magnético no espaço poderia ter cerca de 1.000 anos-luz de diâmetro – uma estimativa que parece consistente com os dados existentes sobre as estruturas interconectadas.

Do jeito que as coisas estão, suas descobertas exigem mais confirmação, mas os resultados são tentadores.

O astrônomo Bryan Gaensler, da Universidade de Toronto, disse:

“Quando Jennifer me disse isso pela primeira vez, achei que era muito improvável de haver uma explicação possível.

Agora estou animado para ver como o resto da comunidade astronômica reage.”

(Fonte)

Colaboração: Lênio


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Franklin Viana ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:


astronomiasistema solarTerratúneis magnéticos
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.