Ex-oficiais da USAF apresentarão evidências de OVNIs afetando armas nucleares

Tempo de leitura: 2 min.

Documentos do governo dos EUA desclassificados e depoimentos de testemunhas de membros reformados da Força Aérea dos EUA serão apresentados como evidência de incursões em andamento por objetos aéreos não identificados em locais de mísseis nucleares ao longo de várias décadas.

Imagem ilustrativa

Estes serão citados para apoiar a alegação de que os mísseis nucleares foram inexplicavelmente desativados enquanto um OVNI pairava silenciosamente nas proximidades. Quatro ex-oficiais envolvidos em tais encontros discutirão esses e outros incidentes no National Press Club e exortarão o Congresso dos EUA a investigar e realizar audiências públicas.

O ex-oficial da Força Aérea, Robert Salas, era o comandante de serviço de uma instalação de controle de lançamento subterrânea atribuída à Base da Força Aérea de Malmstrom, no estado de Montana, em 24 de março de 1967. Ele declarou publicamente, durante um período de 25 anos, que tudo dez de seus ICBMs (mísseis nucleares) tornaram-se inoperantes e oito dias antes, em 16 de março de 1967, um incidente semelhante ocorreu em outra instalação de controle de lançamento de mísseis.

Numerosos outros incidentes relacionados a OVNIs com possíveis implicações para a segurança nacional foram publicamente reconhecidos por ex-funcionários públicos – cujos esforços resultaram na criação de um grupo secreto de investigações de OVNIs do Pentágono, o Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aeroespaciais (AATIP).

Esta coletiva de imprensa apresentará depoimentos de testemunhas e outras evidências de muitos desses incidentes.

A primeira coletiva de imprensa de UFOs and Nukes (OVNIs e Armamentos Nucleares), realizada em 27 de setembro de 2010, que Robert Salas co-patrocinou com o pesquisador Robert Hastings, foi amplamente coberta pela mídia em todo o mundo.

Quem irá participar da nova coletiva:

Robert Salas, ex-capitão da USAF e comandante da equipe de mísseis nucleares

Robert Jamison, ex-capitão da USAF e oficial de seleção de mísseis nucleares

David Schindele, ex-capitão da USAF e comandante da tripulação de mísseis nucleares

Robert Jacobs, ex-tenente da USAF e oficial fotográfico de teste de mísseis

Como será:

Um painel de ex-oficiais da Força Aérea dos EUA discutirá seu envolvimento em incidentes OVNIs em instalações de lançamento de mísseis nucleares e locais de teste durante a era da Guerra Fria. Depoimentos de testemunhas que comprovam a realidade da atividade OVNI em locais com armas nucleares estarão disponíveis.

Quando:

Terça-feira, 19 de outubro de 2021

8h30-11h00 (horário da Costa Leste dos EUA)

Onde:

National Press Club

Salas MWL combinadas

Evento aberto apenas a convidados específicos, mídia credenciada e equipe do Congresso

Transmissão ao vivo:

Contato:

Robert Salas salasrobe@protonmail.com +1 (805) 294 5154

(Fonte)


Devemos notar aqui que este tipo de “intervenção por OVNI”s nos armamentos nucleares não ocorreu somente nos Estados Unidos, mas também na antiga União Soviética, e provavelmente continua a acontecer.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

USE O CUPOM OVH10 E GANHE 10% DE DESCONTO!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
armamentos nuclearesNational Press ClubOVNIsRobert SalasUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.