Palestra histórica do Dr. Ubirajara Rodrigues sobre o Caso Varginha

Tempo de leitura: 2 min.

ArquivoConfidencial, um canal no YouTube, publicou um vídeo super interessante de uma palestra ministrada pelo advogado, conferencista e escritor brasileiro, Dr. Ubirajara Franco Rodrigues.

Veja abaixo a descrição escrita pelo canal ArquivoConfidencial, seguida pelo vídeo:

Vídeo raríssimo, com imagens nunca antes publicadas! Palestra do Dr. Ubirajara Franco Rodrigues na 2ªCONAX (Segunda Convenção Arquivo X) que aconteceu dia 3 de agosto de 1996 em São Paulo no auditório Elis Regina do Anhembi.

Nesta palestra o Dr. Ubirajara conta inclusive como conheceu o ufólogo Vitório Pacaccini, seu parceiro de pesquisas no caso Varginha.

Introdução do Evento – Palestra do Dr. Ubirajara Franco Rodrigues sobre: 1. Caso Baependi 2. Caso Geraldo Bichara 3. Caso Varginha 4. Enganos fotográficos

Colaboração: João Marcelo

Mais sobre o Dr. Ubirajara, como descrito pela Wikipedia:

Ubirajara Franco Rodrigues desde muito cedo se interessou por ufologia. Uma experiência protagonizada por seu falecido pai, José Júlio, despertou sua atenção para o tema e uma publicação sobre sequestros alienígenas o fez perceber que algo sério envolvia o assunto.

Ainda adolescente iniciou sua carreira de ufólogo, chegando a ser um dos mais destacados do mundo, com sistemáticas investigações de ocorrências no sul de seu estado, onde há uma rica casuística. O resultado deste trabalho foi publicado no livro “Na Pista dos UFOs”, embora o ponto alto de sua trajetória seja o episódio que deu origem ao seu segundo livro, “O Caso Varginha”.

Ubirajara foi apresentado ao cenário ufológico nacional pela pioneira Irene Granchi, em 1979, de lá para cá o ufólogo vem defendendo uma postura séria e objetiva. Contabiliza em seu currículo muitos casos pessoalmente examinados, sendo o mais importante deles o famigerado Caso Varginha, ocorrido em janeiro de 1996.

Os resultados de suas pesquisas, depois divididas com outros estudiosos, são surpreendentes revelações. Foi co-editor e consultor da Revista UFO, para a qual, após se desligar, concedeu entrevista que ficou notória no cenário ufológico por ter admitido que, hoje, tem uma postura cética quanto à maioria das ocorrências ufológicas já pesquisadas por seus colegas e inclusive por ele mesmo, resultando em um mal-estar geral e algumas controvérsias.

Sim, sabemos que “nem tudo que reluz é ouro” e na ovnilogia esta é uma constante ainda maior. A imaginação humana aliada a outros propósitos escusos macula o estudo de um fenômeno que é real.

Mas devemos estar sempre cientes que há sim um número de avistamentos e casos – embora seja um minúsculo percentual quando comparados ao que é reportado diariamente, e eu diria 1% – que são dignos de estudo e representam algo ainda não totalmente compreendido pela raça humana, seja ele o que for.

Enquanto a verdade não é encontrada, continuamos. E quando ela for encontrada, provavelmente teremos muito mais ainda a informar.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
alienígenasCaso VarginhaDr. Ubirajara RodriguesextraterrestresOVNIspalestraUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.