China e Rússia concordam em colaborar na base lunar

Tempo de leitura: < 1 min.
Crédito da imagem: depositphotos

Os governos da Rússia e da China concordaram em assinar um memorando de entendimento que diz que os dois países irão colaborar em uma próxima base lunar.

Especificamente, relata o SpaceNews, o memorando sugere que a Rússia assinará contrato para ajudar a China com suas planejadas Estações Internacionais de Pesquisa Lunar (ILRS). É um ponto impressionante – mas não surpreendente – que origina da parceria da Rússia com as nações que contribuem para a Estação Espacial Internacional, que pode ter um grande impacto no cenário geopolítico da exploração espacial.

Nova Parceria

O objetivo da ILRS é estabelecer uma presença robótica de longo prazo na Lua no início de 2030 e uma presença humana sustentada no final dessa década. A Rússia, que expressou anteriormente que a ISS está se tornando inutilizável durante seus últimos anos de operação, emprestará sua própria experiência em viagens espaciais ao projeto, relata a SpaceNews, embora os detalhes do acordo provisório não tenham sido finalizados.

Bleddyn Bowen, especialista em relações internacionais da Universidade de Leicester, disse à SpaceNews:

“Este [memorando de entendimento] se encaixa na tendência maior, que é a Rússia se movendo para uma órbita mais próxima da China.”

Relações tensas

As relações entre a NASA e a Roscosmos da Rússia têm sido tensas ultimamente, e este novo acordo pode diminuir ainda mais o papel da NASA como líder global entre os programas espaciais.

Isso é agravado pelo fato de que a Agência Espacial Europeia também está de olho na ILRS para ver se deseja aderir ao programa, relata o SpaceNews – um movimento que isolaria ainda mais a NASA, que está banida de colaborar com a China no espaço.

(Fonte)

Colaboração: Roberto C.C.


n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
base lunarChinaexploração da LuaILRSRússia
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.