Aproximação de Apophis oferece um olhada adicional antes de 2029

Tempo de leitura: 2 min.
Montagem gráfica de como seria o asteroide Apophis ao entrar na nossa atmosfera. Mas, segundo os cientistas, isto não acontecerá tão logo.

Os astrônomos terão a oportunidade de estudar a enorme rocha espacial quando ela passar por nós em março.

Batizado de forma ameaçadora em homenagem ao deus egípcio do caos, o Apophis mede 340 metros de diâmetro e foi avistado pela primeira vez por astrônomos no Observatório Nacional de Kitt Peak, Arizona, em junho de 2004.

O que o tornou particularmente notável na época foi o fato de que parecia ter 2,7% de chance de atingir a Terra em 2029; no entanto, isso foi revisado para apenas 1 em 150.000.

Mesmo assim, quando passar pela Terra em oito anos, passará tão perto de nosso planeta que os cientistas terão uma oportunidade única de estudá-lo de perto.

O ano de 2029 também não será a única oportunidade de observar o Apophis – ele também passará relativamente perto da Terra em 5 de março deste ano, dando aos cientistas outra chance de estudá-lo com antecedência.

Certamente não haverá nada com que se preocupar – desta vez, ela chegará a apenas 40 vezes a órbita da Lua – no entanto, em 2029, ela se aventurará a apenas 30 mil quilômetros de nosso planeta.

A cientista Marina Brozovic, do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA na Califórnia, informou:

“Isso é algo que ocorre uma vez a cada 1.000 anos, então, obviamente, está gerando muito interesse.”

Apesar de não representar nenhum risco, estudar a rocha espacial pode nos ajudar a aprender mais sobre asteroides em nosso sistema solar e como podemos evitar uma colisão com outro “candidato” mais perigoso no futuro.

Paul Chodas, do Centro de Estudos de Objetos Próximos da Terra (CNEOS) do JPL, disse:

“Apophis é um representante de cerca de 2.000 Asteroides Potencialmente Perigosos (de sigal em inglês, PHAs) atualmente conhecidos.

Observando o Apophis durante seu sobrevoo de 2029, ganharemos importantes conhecimentos científicos que poderão um dia ser usados ​​para a defesa planetária.”

(Fonte)


Talvez em 2029 os cientistas poderão estudá-los ainda mais de perto, já que o Apophis parece estar acelerando, e isto pode mudar sua trajetória.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
Apophisaproximação de asteroideasteroideastronomia
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.