Relógio do Juízo Final está a 100 segundos para meia-noite

Ouça este artigo...
Tempo de leitura: 2 min.
Relógio do Juízo Final está perto da meia-noite. Crédito: Bulletin of the Atomic Scientists.

A atualização deste ano para o Relógio do Juízo Final, uma avaliação anual de quão perto a humanidade pode estar de se autodestruir, viu o marcador sinistro permanecer inalterado para 2021, deixando nossa civilização a preocupantes 100 segundos para meia-noite.

Desenvolvido pelo Bulletin of the Atomic Scientists em 1947, a medição é revisada a cada janeiro com uma visão geral de como o planeta está lidando com os desafios que o enfrenta e o que pode ser feito para garantir que não sejamos eliminados por nossas próprias mãos. E, como se pode imaginar, o coronavírus foi um fator chave na avaliação deste ano.

Em um comunicado à imprensa anunciando sua atualização de 2021, a organização declarou que o manejo incorreto da pandemia constitui um “‘alerta’ de que governos, instituições e um público enganado permanecem despreparados para lidar com as ameaças ainda maiores representadas pela guerra nuclear e pela mudança do clima”. Além disso, eles observaram que 2020 não viu nenhum progresso significativo no sentido de lidar com essas duas questões iminentes. Esses três elementos juntos levaram a organização a manter o Relógio do Juízo Final em 100 segundos para a meia-noite, que permanece o mais próximo da aniquilação teórica da humanidade que a medição já atingiu.

“COVID-19 é um terrível aviso contra a complacência em face de ameaças globais a todas as vidas humanas”, declarou a ex-presidente da Libéria e ganhadora do Prêmio Nobel da Paz, Ellen Johnson Sirleaf, que atua no conselho BAS que supervisiona o Relógio do Juízo Final, “é somente por meio de ação coletiva e liderança responsável que podemos assegurar um planeta pacífico e habitável para as gerações futuras”.

Considerando o quão devastador o coronavírus tem sido e o potencial para uma agitação considerável devido ao impacto econômico da pandemia, é realmente surpreendente que o grupo não tenha movido o relógio ainda mais perto da meia-noite.

Quanto a como a humanidade pode combater essas ameaças que o planeta enfrenta, o grupo ofereceu uma série de “recomendações-chave” que eles acreditam que podem ajudar. No entanto, esses proverbiais “apelos à ação” são geralmente os mesmos que foram emitidos repetidamente nos últimos anos, como o fim da proliferação nuclear e um esforço sério para combater as mudanças climáticas.

À luz de como o relógio continua marcando perto da meia-noite, parece que suas exortações continuam a cair em ouvidos surdos, deixando a dúvida se a pandemia realmente servirá como um “alerta” ou se é uma proverbial placa de sinalização no caminho para “o fim”.

(Fonte)

Colaboração: Adalberto Dorneles


E por que eles não moveram o ponteiro para mais perto da meia-noite? Muito simples: num planeta já conturbado com tantos acontecimentos impactantes, não querem alarmar ainda mais a população.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Participe dos comentários mais abaixo… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo, ou use a chave PIX “OVNIHoje” (sem as aspas):

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward de Lima, Maria Dorotea Soares, Leopoldo DeLa Rocca, Fabiano de Faria, Sila Raposo, Eduardo Figueiredo, Paulo Sanchez.

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
humanidadePlaneta Terrarelógio do juizo final
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.