Sementes misteriosas são enviadas para famílias aleatoriamente nos EUA

COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
Tempo de leitura: 2 min.
Que tipo de sementes são essas? Crédito de imagem: Twitter / @VaAgriculture

As autoridades de três estados estão investigando porque as pessoas têm recebido pacotes de sementes misteriosas vindas da China.

Segundo relatos, as sementes – que chegam em pequenos pacotes sem indicação do motivo pelo qual foram enviadas ou que tipo de sementes contêm – estão aparecendo em caixas de correio nos estados de Washington, Utah e Virgínia, com a única pista de suas origens: a escrita chinesa no lado de fora.

Desde então, as autoridades alertaram as pessoas para não abrirem os pacotes, caso sejam perigosas.

O Departamento de Agricultura do Estado de Washington informou:

Recebemos relatos de pessoas recebendo sementes pelo correio da China que não encomendaram.

As sementes são enviadas em pacotes geralmente declarando que o conteúdo é uma joia. As sementes não solicitadas podem ser invasivas, introduzir doenças nas plantas locais ou prejudicar o gado.

Qualquer pessoa que receber as sementes deve relatá-las às autoridades relevantes.

O Departamento de Agricultura e Serviços ao Consumidor da Virgínia, disse:

As espécies invasoras causam estragos no meio ambiente, deslocam ou destroem plantas e insetos nativos e danificam severamente as plantações.

Tomar medidas para impedir sua introdução é o método mais eficaz de reduzir o risco de infestações por espécies invasoras e o custo para controlar e mitigar essas infestações.

(Fonte)


Num mundo já agitado por tantas tensões, quem será o “espírito de porco” (que me desculpem os suínos pelo uso da palavra) que tenta deixar a situação ainda mais tensa? Se fosse coisa boa teriam uma clara identificação nos pacotes do que se tratava, e mesmo assim não seriam mandados de forma aleatória. Devemos lembrar também que o relacionamento entre a China e os EUA não estão na melhor fase.

O ano de 2020 de longe já ganhou o prêmio de ano mais sinistro do século… pelo menos até agora.

…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar. Cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

As doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Paulo Sanchez ||| Edward Vaz Jr. ||| Silas Raposo ||| Franklin Viana ||| Karin Gottert ||| Leopoldo Della Rocca

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta, portante aja com responsabilidade.
  • O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
ChinaEUAmistériosementes
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.