É descoberta outro sistema planetário com possibilidade de vida

Tempo de leitura: 2 min.

Cientistas da Universidade de Granada (UGR) descobriram que a estrela GJ 273, uma das mais próximas do planeta Terra e conhecida como Luyten, abriga um sistema planetário tão complexo quanto o próprio Sistema Solar e poderia ter a capacidade de abrigar vida.

Interpretação artística do sistema GJ 273. Crédito: Danielle Futselaar.

Em um artigo publicado na prestigiosa revista internacional Astronomy & Astrophysics, os pesquisadores mostram a complexidade do sistema planetário ao redor da estrela Luyten, que pode ser formada por vários planetas.

Francisco J. Pozuelos, pesquisador da Universidade de Liège (Bélgica) e principal autor da publicação, explica:

E pode até abrigar a água como resultado das estatísticas e simulações que realizamos, embora ainda não tenhamos outras evidências diretas.

Essa complexidade do sistema planetário de Luyten, semelhante à do sistema solar, faz dele um excelente candidato para a busca de traços de vida em futuras missões espaciais.

Um sistema planetário com dois planetas confirmados

O sistema planetário da estrela Luyten é de especial interesse, pois é o quarto sistema planetário mais próximo do Sol, que orbita em torno de uma estrela anã M a 12,23 al (1 al, expresso como ‘ano-luz’) e abriga um planeta na zona habitável, logo atrás de Proxima Centauri (a cerca de 4,24 al), Ross-128 (a 10,99 al) e GJ 1061 (a 11,96 al). O sistema possui dois planetas confirmados (nomeados GJ 273b e GJ 273c) e outros dois a serem confirmados (cujos nomes serão GJ 273d e GJ 273e).

Estes últimos foram analisados ​​neste trabalho e, de acordo com seus autores, a análise dinâmica global, incluindo esses dois planetas candidatos, torna o sistema altamente estável e, portanto, altamente provável.

Nesse cenário, os autores preveem que esses dois candidatos teriam massas um pouco menores que Netuno, variando entre 9 e 12 vezes a massa da Terra, que no jargão astrofísico é conhecido como ‘mini-Netuno’.

Dois planetas parecidos com a Terra

Além disso, dos planetas já confirmados, o GJ 273c tem uma massa semelhante à da Terra, enquanto o GJ 273b é considerado uma super-Terra. O último é interessante, já que sua órbita está próxima à borda interna da zona habitável de sua estrela hospedeira e sofre com o aquecimento das marés (o mesmo fenômeno que as marés existem na Terra devido à interação gravitacional com a Lua e o Sol).

Em verde está a zona habitável de uma estrela, onde a água se encontraria no estado líquido.

Juan Carlos Suárez, cientista da UGR e co-autor deste trabalho, explica:

O aquecimento das marés faz da GJ 273b um planeta altamente interessante, pois é compatível com o desenvolvimento e a existência de uma biosfera.

Outra semelhança com o complexo Sistema Solar é a presença de depósitos de corpos menores, como preveem os pesquisadores. São asteroides, como os encontrados no cinturão de asteroides (entre Marte e Júpiter) ou no cinturão de Kuiper (além de Netuno) no Sistema Solar, cujo impacto na presença de água ou na produção de produtos orgânicos pode ser importante, como postulado para o sistema solar.

Os cientistas prevêem esses depósitos em torno de Luyten, que, se confirmados, podem desempenhar um papel importante no surgimento e manutenção da vida em GJ 273b.

(Fonte)


Somente mais um sistema planetário entre bilhões e mais bilhões em nossa galáxia. Para que tanto “terreno” se não for para apoiar a vida consciente, seja ela de que forma for?

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
astronomiaGJ 273Luytensistema planetáriovida extraterrestre
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.