Nova pesquisa: O exoplaneta mais próximo da Terra pode hospedar vida

Tempo de leitura: 2 min.

“É um dos planetas mais interessantes conhecidos no bairro solar.”

Imagem ilustrativa do exoplaneta que pode parecer com a Terra.

Usando instrumentos astronômicos de ponta, uma equipe internacional de pesquisadores confirmou a existência do Proxima b, um planeta semelhante à Terra que orbita a estrela mais próxima do nosso sistema solar, o Proxima Centauri.

Alejandro Suarez Mascareño, principal autor de um artigo sobre a pesquisa publicada esta semana na revista Astronomy & Astrophysics, disse em uma declaração:

Confirmar a existência do Proxima b foi uma tarefa importante e é um dos planetas mais interessantes conhecidos no bairro solar.

Eles descobriram que Proxima b tem 1,17 vezes a massa da Terra, menor que a estimativa mais antiga de 1,3 vezes. Ele orbita sua estrela em apenas 11,2 dias. Confirmar a massa de um planeta distante com tanta precisão “é inédito”, disse Michel Mayor, vencedor do Nobel de 2019, que lançou as bases para a tecnologia que tornou possível a descoberta.

O Proxima b foi descoberto pela primeira vez em 2016 usando o HARPS (High Precision Radial Velocity Planet Searcher), um espectrógrafo de caça a planetas montado em um dos telescópios do Observatório Europeu do Sul, no Observatório La Silla, no Chile.

Os cientistas conseguiram aprimorar o planeta com o ESPRESSO, um espectrógrafo de nova geração também no observatório do Chile, que possui três vezes a precisão do HARPS.

Francesco Pepe, professor de astronomia da Universidade de Genebra, na Suíça, e líder do ESPRESSO e coautor do artigo, informou:

Nós já estávamos muito felizes com o desempenho do HARPS, que foi responsável pela descoberta de centenas de exoplanetas nos últimos 17 anos.

Estamos realmente satisfeitos que a ESPRESSO possa produzir medições ainda melhores, e é gratificante e justo recompensar o trabalho em equipe que dura quase 10 anos.

Embora Proxima b orbite sua estrela a uma distância tão próxima, ele ainda recebe aproximadamente a mesma quantidade de energia que a Terra recebe do Sol. E isso deixou os astrônomos empolgados com o potencial de encontrar vida alienígena.

Mas há algumas más notícias: o Proxima Centauri tende a bombardear todos os planetas nas proximidades com uma quantidade feroz de raios X – o Proxima b recebe cerca de 400 vezes a quantidade que a Terra recebe do Sol.

Isso leva à pergunta do coautor do artigo, Christophe Lovis, pesquisador que trabalhou no ESPRESSO, no comunicado.:

Existe uma atmosfera que protege o planeta desses raios mortais?

Lovis espera que a próxima geração de espectrógrafos – o sucessor do ESPRESSO, ‘RISTRETTO’, que já está em construção – nos ajude a encontrar esta resposta.

No entanto, para que possamos examinar mais de perto o Proxima b, o Proxima Centauri está a “apenas” 4,2 anos-luz do Sol – o que significa que ainda levaria vários milhares de anos para chegarmos lá usando a tecnologia de propulsão de hoje.

(Fonte)

Colaboração: Diana Artemis


Os cientistas ficam mudando sua opinião a respeito desse planeta “próximo” de nós, com alguns dizendo que lá é impossível ter vida, enquanto outros acham que há uma grande possibilidade.

Já eu, não me espantaria se, mesmo se sua estrela o bombardeia com altos níveis de radiação (pelo que sabemos), que Proxima b seja o lar de uma civilização avançada. Afinal, a Terra também é bombardeada pelo nosso Sol por raio-X, radiação UV, etc., mas nosso campo magnético e atmosfera nos tem protegido disso até agora. Além disso não sabemos absolutamente nada sobre a resistência de outras formas de vida fora da Terra para enfrentarem essas condições que para nós parecem nocivas. É até possível que muitas dessas formas de vida se alimentem daquilo que para nós é veneno.

Minha aposta é que há de tudo lá fora.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
astronomiaexoplanetaOVNI HojeProxima bProxima Centaurivida extraterrestre
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.