Buraco de tamanho recorde abre na camada de ozônio

Tempo de leitura: 2 min.

Os cientistas relataram que um grande buraco apareceu acima do Ártico devido às temperaturas extraordinariamente baixas.

A camada de ozônio da Terra – que absorve uma grande quantidade da radiação ultravioleta prejudicial vinda do Sol – chegou às manchetes nos anos 80, quando se descobriu que os CFCs (clorofluorocarbonetos) em sprays de cabelo, geladeiras, sistemas de ar condicionado e outros produtos similares estavam causando com que ele dissipasse.

Felizmente, países de todo o mundo passaram a proibir esses produtos químicos, em um esforço para reduzir ou até reverter os danos que estavam causando e, na maioria das vezes, tiveram sucesso.

Isso não significa que a camada de ozônio ainda não esteja vulnerável.

Nesta semana, foi revelado que um buraco de tamanho recorde se abriu acima do Ártico, graças a um período de temperaturas anormalmente baixas na região polar norte.

Felizmente, a menos que se mude muito mais para o sul, é improvável que ele cause um risco aos seres humanos, e espera-se que desapareça novamente nas próximas semanas.

Vincent-Henri Peuch, do Serviço de Monitoramento de Atmosfera Copernicus, informou:

O buraco é principalmente uma curiosidade geofísica.

Monitoramos condições dinâmicas incomuns, que impulsionam o processo de depleção química do ozônio. [Essas dinâmicas] permitiram temperaturas mais baixas e um vórtice mais estável do que o habitual sobre o Ártico, o que desencadeou a formação de nuvens polares estratosféricas e a destruição catalítica de ozônio.

Os cientistas observaram que a aparência do buraco não está relacionada à redução das emissões de gases do efeito estufa devido ao bloqueio do coronavírus.

Ainda não está claro se é uma anormalidade causada pelas tendências atuais das mudanças climáticas.

(Fonte)


Na verdade, ninguém sabe exatamente quais são os fatores que afetam a camada de ozônio. Como comprovamos agora, menos emissões de gases na atmosfera não afetam positivamente esse fenômeno. Em suma: a biosfera parece fazer o que quer, independente das ações humanas, e como qualquer um de nós quando estamos infestados por pragas, damos um jeito de pelo menos amenizá-las.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

camada de ozôniomistérioOVNI Hoje
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.