NASA dá luz verde para missão de trazer um pedaço de Marte à Terra

Tempo de leitura: 2 min.

O orçamento proposto da NASA financia um futuro em que os terráqueos pisarão em Marte. Enquanto isso, ela dá o próximo grande passo, planejando trazer um pouco de Marte até a Terra.

Uma ilustração mostra como um sonda poderia lançar um foguete de Marte, carregando amostras de rocha e solo da superfície. (NASA)

O administrador da NASA, Jim Bridenstine, divulgou um plano de US $ 25,2 bilhões que enviaria astronautas de volta à Lua até 2024 como parte do programa Artemis da agência espacial e, por fim, se prepararia para uma missão tripulada ao planeta vermelho.

O pedido de orçamento da Casa Branca para a NASA destina mais de US $ 3,3 bilhões para um sistema de pouso lunar para seres humanos – o primeiro financiamento direto para esse sistema desde as missões Apollo nas décadas de 1960 e 1970.

O orçamento para o ano fiscal de 2021 também fornecerá quase US $ 2,7 bilhões para a ciência planetária, incluindo US $ 233 milhões para o desenvolvimento da missão Mars Sample Return. Isso marca a luz verde oficial de um esforço há muito esperado para coletar amostras de rochas e solo marcianos e enviá-las de volta à Terra para análise.

O jipe-sonda Mars 2020, que será lançado neste verão (hemisfério norte), inclui equipamentos para selar as amostras em tubos estreitos e deixá-las nas proximidades da cratera Jezero até que uma sonda menor da missão Mars Sample Return passe para pegá-las para o módulo de pouso. Em seguida, o módulo de pouso as colocará em um foguete, o qual será lançado da superfície marciana.

Se for bem-sucedida, a missão realizará o primeiro lançamento de foguete em outro planeta que não a Terra.

Thomas Zurbuchen, administrador associado da Diretoria de Missões Científicas da NASA, disse:

Esse retorno de amostra é um elemento muito crítico porque é a primeira viagem de ida e volta para outro planeta.

O anúncio foi bem recebido por cientistas que há muito procuram uma peça preciosa de nosso vizinho empoeirado e com ferrugem…

O pedido da Casa Branca não é final; o congresso determina o orçamento anual da NASA. Ainda assim, se tudo correr como planejado, a missão Mars Sample Return seria lançada em 2026 e, com o auxílio de uma terceira missão satélite, retornaria sua primeira carga marciana até 2031.

(Fonte)

Colaboração: MaryH

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!


amostras de soloMarteNASAOVNI Hoje
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.