Histórias de OVNIs de Hollywood estão se tornando muito mais realistas

Tempo de leitura: 3 min.

O Pentágono admite que os OVNIs são reais. Então, Hollywood está fazendo uma enxurrada de filmes e programas de TV sobre como devemos procurar por eles.

Os OVNIs estão por toda parte, e Hollywood notou. Falar sobre OVNIs não é mais algo for ado convencional, com o ex-cantor do Blink-182, Tom DeLonge, fazendo com que os militares dos EUA admitam que têm vídeos de OVNIs.

A telas pequenas e grandes sempre mostraram alienígenas e OVNIs. De filmes como Contatos Imediatos do Terceiro Grau ao A Chegada e até a franquia Os Vingadores, alienígenas bizarros e seus veículos chegaram à Terra e isso fez com que audiências em todo o mundo questionassem a existência de extraterrestres. Mas há um foco maior nos caçadores de OVNIs em Hollywood.

Robbie Graham, crítico de mídia e autor de “Silver Screen Saucers: Sorting Fact from Fantasy in Hollywood’s UFO Movies” (Discos Voadores da Tela de Cinema: Separando os Fatos da Fantasia nos Filmes de OVNIs de Hollywood), disse:

Eu acho que é justo dizer que sim, e que esse ressurgimento da popularidade é um resultado direto das revelações do Pentágono em 2018, que capturou a atenção da grande mídia (nos EUA) como nenhuma história de OVNI há décadas. Isso ajudou a legitimar os OVNIs como um tópico do debate dominante e abriu novas linhas de investigação científica e política para os produtores de TV que sempre procuram novas abordagens para esse assunto durador e popular.

Pesquisas recentes indicam que pouco mais da metade dos americanos acredita que OVNIs existem e um terço acredita que são naves espaciais alienígenas. Graham não está totalmente convencido de que os OVNIs serão a próxima grande novidade. Mas ele ressalta que os jovens estão sendo atraídos para o assunto como nunca antes.

Graham declarou:

Parece que a ufologia não é tão idiota como era antes, graças a um influxo nos últimos anos de pesquisadores relativamente jovens e modernos que foram atraídos para o assunto por meio de sua nova legitimidade. A ufologia já foi o jogo de uma pessoa idosa; agora é um jogo de jovens.

Em 2017, o ex-vocalista do Blink 182, Tom DeLonge, anunciou publicamente sua empresa de OVNI/tecnologia/mídia, To the Stars Academy, junto com um artigo do New York Times anunciando um programa secreto do Pentágono projetado para estudar fenômenos anômalos. Jovens entusiastas de OVNIs voltaram-se para as redes sociais, #UFOTwitter se tornou uma hashtag real e o discurso OVNI outrora invisível se tornou incrivelmente público.

Aiden Gillen disse ao Motherboard em uma entrevista:

Eu acho que as pessoas estão mais abertas a considerá-lo um fenômeno real do que apenas a psicologico.

Suponho que você poderia ter dito isto também nos anos 50 e 60, na era da ciência, que as pessoas estariam mais abertas à ideia de que não estamos sozinhos no universo. Também tenho plena consciência de como é improvável que nos encontremos.

Gillen, conhecido por interpretar o papel de Littlefinger em Game of Thrones da HBO, interpreta o Dr. J. Allen Hynek no Projeto Blue Book do History Channel, que retorna na próxima semana.

Aidan Gillen como Dr. J. Allen Hynek, na série Projeto Blue Book.

Projeto Blue Book é uma série de TV fictícia sobre o infame programa de investigação de OVNIs da Força Aérea dos anos 50 e 60 com o mesmo nome.

Gillen disse que os humanos são naturalmente curiosos sobre OVNIs:

É inevitável que você vai se perguntar. Isso é algo que as pessoas têm feito desde que começamos a nos sustentar como espécie. ‘O que há lá em cima?’ Sempre tem sido: ‘O que há lá em cima?’

Embora Gillen não pense que o governo deva gastar grandes quantias em dinheiro perseguindo OVNIs, pois há problemas mais urgentes, ele acha que falar sobre OVNIs não é mais um tabu.

Ele explicou:

Eu acho que há algo que está ficando legal a respeito dos OVNIs. É mais fácil falar ou fazer referência [sobre eles]. Eu sinto que Contatos Imediatos do Terceiro Grau é um dos filmes mais legais dos anos 70, e quando esse papel apareceu, eu pensei: “Isso é muito legal..

Embora dramas de TV como o Projeto Blue Book sejam fictícios, os programas temáticos sobre OVNIs ainda têm um longo caminho a percorrer.

Graham disse:

Eles retratam apresentadores perseguindo luzes no céu em jipes enquanto usavam óculos de visão noturna e walkie-talkies (rádios) barulhentos. É absurdo e desprovido de valor educacional. No entanto, não precisa ser assim, e essa onda de programas de TV sobre OVNIs factuais provavelmente refletirá um tom mais sério que a grande mídia começou a adotar com esse tópico. Certamente, os OVNIs estão ‘vendendo’ como nunca antes. Eles são uma propriedade quente na área da TV no momento e todo mundo quer uma fatia.

(Fonte)


Uma pena a grande mídia no Brasil não estar acompanhando esses desenvolvimentos da mesma forma que está ocorrendo nos EUA.

Talvez este ano as coisas mudem, com mais informações vindo à tona.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
Aidan GillanHollywoodOVNI HojeOVNIsProjeto Blue BookRobbie GrahanUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.