Espaço aéreo restrito da Casa Branca é violado – caças são acionados

Tempo de leitura: 2 min.

A Casa Branca foi fechada e os aviões de combate foram mobilizados após uma violação do espaço aéreo restrito em Washington, DC, na manhã de terça-feira, segundo autoridades policiais.

Uma pequena aeronave violou o espaço aéreo da região da capital nacional, disseram dois oficiais de defesa.

O Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte (de sigla em inglês, NORAD) enviou helicópteros da Guarda Costeira para escoltar a aeronave, disseram as autoridades. Os jatos da NORAD também responderam.

A conta oficial da NORAD no Twitter, @NORADCommand, postou cerca de 9h30:

Os altos funcionários interagências estão monitorando a situação em uma teleconferência nacional de eventos. Nossos caças estão no local e estão respondendo. A aeronave não é considerada hostil no momento.

A Casa Branca foi fechada pouco antes das 9h. Esse bloqueio foi suspenso cerca de 20 minutos depois, informou a NBC News. O gramado norte da Casa Branca foi evacuado. O Serviço Secreto dos EUA disse que o pessoal da Casa Branca foi instruído a permanecer no local.

Um porta-voz do Serviço Secreto disse:

A Casa Branca foi trancada esta manhã devido a uma possível violação do espaço aéreo restrito na Região da Capital Nacional.

O Capitólio dos EUA e seus prédios de escritórios foram evacuados por precaução por cerca de meia hora. A Polícia do Capitólio enviou uma notificação de uma ameaça em potencial logo após as 8h30 da manhã e as evacuações foram ordenadas. As pessoas foram autorizadas a voltar após cerca de 45 minutos.

Não foram divulgados detalhes imediatamente sobre o motivo pelo qual o piloto entrou no espaço aéreo restrito ou quais as penalidades que ele ou ela pode enfrentar.

O espaço aéreo em Washington e nos arredores de Washington, D.C., é mais restrito do que em qualquer outra parte do país, afirma a Federal Aviation Administration (FAA). As restrições cobrem a área em um raio de 48 quilômetros do Aeroporto Nacional Ronald Reagan Washington.

“Se for determinado que uma aeronave representa uma ameaça iminente à segurança, força mortal é possível”, estipula um curso de treinamento da FAA para pilotos.

Os pilotos que violam o espaço aéreo restrito podem sofrer penalidades e multas, independentemente da violação ter sido intencional.

O presidente Barack Obama foi “realocado brevemente” em julho de 2009, quando um avião monomotor voou brevemente para o espaço aéreo restrito. Dois caças F-16 e dois helicópteros da Guarda Costeira interceptaram o avião. O proprietário do aeroporto de Maryland, onde o avião pousou, disse que o piloto teve “um erro de navegação”.

(Fonte)

Colaboração: MaryH


Uma pena que o invasor, aparentemente, não era de outro mundo, como já ocorreu em Washington DC, no ano de 1952. Se mais detalhes relevantes surgirem, será publicado aqui OH.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
Casa BrancaEUAinvasão do espaço aéreoovniufoWashington DC
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.