NASA está intencionalmente ateando incêndios no espaço

Tempo de leitura: 2 min.


As viagens espaciais trazem muitos riscos, os quais tornam o trabalho de um astronauta muito perigoso. Com várias possibilidades, de vazamentos a falhas críticas do sistema, o risco de incêndios é certamente uma ameaça.

Crédito: NASA

Para uma viagem espacial mais segura, a NASA estuda o comportamento das chamas no espaço, iniciando incêndios em microgravidade.

Segundo a NASA, os astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) usavam o Rack Combustion Integrated (CIR), um equipamento multiuso que pode ser usado para uma ampla gama de experimentos de combustão.

No espaço, devido à falta de gravidade, a chama queima esfericamente à medida que o gás quente se expande para longe do epicentro.

Na Terra, o gás quente queima e sobe enquanto o denso ar frio é gravitado. Isso dá origem a ambos, a forma da chama e o efeito tremeluzente que estão ausentes em condições de microgravidade.

A forma esférica das chamas no Zero G parece um enxame em expansão de vaga-lumes de um único ponto no espaço.

As experiências atuais, chamadas de Advanced Combustion via Microgravity Experiments (ACME), têm como objetivo desenvolver técnicas de combustão com baixo consumo de combustível e minimizar a quantidade de subprodutos como fuligem deixados para trás. Algumas experiências testam o uso de vários sistemas de administração para a introdução de oxigênio e outros compostos na combustão.

Um dos experimentos mais importantes realizados com o CIR foi o experimento de extinção de chamas (FLEX), de acordo com Daniel Dietrich, cientista do Glenn Research Center da NASA. O experimento analisou a eficácia dos supressores de incêndio nos quais queimaram gotículas de combustível. Os pesquisadores, durante esses experimentos, descobriram coincidentemente que as chamas frias continuavam queimando mesmo após a extinção da chama em determinadas condições.

Daniel Dietrich também disse:

As reações químicas de baixa temperatura que podemos estudar em instalações como a estação espacial são muito importantes em sistemas de combustão reais como motores.

Como os detalhes conhecidos da combustão na Terra são incompletos, esses experimentos nos ajudam a entender melhor a chama e salvaguardar todos os processos de combustão na vida diária. A NASA certamente quer assistir a chama queimar para salvar o mundo em chamas.

(Fonte)


Assista abaixo o interessante vídeo mostrando o comportamento das chamas me microgravidade:

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
chamasfogoincêndios no espaçoISSNASA
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.