Virgin Galactic dá grande salto para viagem espacial turística – Portal Espacial está agora aberto

Tempo de leitura: 3 min.


Sir Richard Branson finalmente revelou o Spaceport que ele usará para enviar turistas espaciais em órbita no ano que vem. Seu empreendimento espacial Virgin Galactic planeja cobrar 200.000 Libras (aprox. R$ 970.000) por bilhete para o lançamento de passageiros do porto do Novo México, nos EUA.

SpaceShipTwo transportará passageiros acima da atmosfera da Terra Credito: PA: Press Association

Em uma declaração esta semana, a Virgin Galactic disse que o primeiro espaçoporto comercial projetado especificamente para o mundo está ‘operacionalmente funcional’.

A empresa, de propriedade do empresário bilionário Branson, anunciou a transferência de todas as suas operações de vôos espaciais para o porto, apelidado de Spaceport America.

A Virgin Galactic vinha realizando voos de teste desde Mojave, Califórnia – incluindo o primeiro lançamento bem-sucedido de seu avião foguete turístico no espaço em dezembro do ano passado.

Mais de 600 pessoas já pagaram £ 64,2 milhões (aprox. R$ 312 milhões) de depósitos à empresa para garantir seus ingressos nos primeiros vôos espaciais.

A empresa também revelou o interior de seu prédio ‘Gateway to Space‘ no espaçoporto. A estrutura chamativa inclui dois andares focados principalmente em operações de voos espaciais e um novo piso de espaços comuns projetados especificamente para futuros clientes.

Credito: PA:Press Association

Como resultado da conclusão do trabalho interior, a empresa disse que a instalação espacial pode agora “suportar as necessidades de voo da Virgin Galactic“. A empresa disse que a área comunitária é especificamente projetada para os astronautas compartilharem sua experiência com pilotos, engenheiros de foguetes e agentes do Controle da Missão.

Credito: PA:Press Association

Branson afirmou anteriormente que iria voar nos aviões espaciais de sua empresa este ano, com os primeiros vôos comerciais subindo alguns meses depois.

Um porta-voz disse ao The Sun:

Estamos trabalhando para a operação comercial em 2020′.

Esse é um objetivo bastante ambicioso, e deve-se ficar com um pé atrás, já que Branson atrasou repetidamente suas primeiras previsões de voo.

O bilionário fundou a Virgin Galactic em 2004, e inicialmente previu que o primeiro voo espacial seria lançado em 2009. A data foi repetidamente adiada devido a problemas técnicos.

Um voo inaugural de sucesso tripulado por dois pilotos finalmente aconteceu em meados de dezembro de 2018.

Se tudo for planejado, os fãs do espaço serão lançados a mais de 80 quilômentros acima da Terra – um ponto em que a NASA define viajantes como astronautas.

Credito: PA:Press Association

Os passageiros embarcarão na SpaceShipTwo, um avião espacial projetado para transportar seis passageiros e dois pilotos. A nave é transportado por um grande avião antes de se separar e subir para uma altitude maior.

Credito: PA:Press Association

Com um preço elevado, o vôo de 90 minutos está sendo destinado a celebridades e entusiastas ricos, bem como pesquisadores.

Branson disse que “em última instância” ele gostaria de ver o preço cair até US $ 40.000 (aprox. R$ 160.000) na próxima década.

No mês passado, a Virgin Galactic anunciou sua fusão com a Social Capital Hedosophia, listada na Bolsa de Valores de Nova Iorque, para se tornar a primeira e única empresa de voos espaciais comerciais de capital aberto.

Comentando sobre o desvelamento do novo espaçoporto, a empresa disse:

A Virgin Galactic tem se esforçado para permanecer fiel a essa tradição, escolhendo um conceito elegante e focado na experiência para o próprio sistema de lançamento espacial.

Da mesma forma, a escolha da empresa para operar a partir do Spaceport America no Novo México deveu-se em grande parte à decisão do estado de comissionar a arquitetura de referência para o primeiro porto espacial comercial do mundo.

As instalações espaciais prestam homenagem ao passado em seu respeito pela antiga paisagem circundante, ao mesmo tempo em que abraçam poderosamente o futuro por meio da eficiência energética e da sustentabilidade.

Ele também foi projetado especificamente para permitir que a Virgin Galactic crie uma experiência inigualável à medida que seus clientes se preparam para as jornadas de sua vida antes de se formarem como astronautas…

(Fonte)

Colaboração: Jacque


Será que agora essa estória absurda sobre a “Terra plana” irá, de uma vez por todas, ser esquecida?

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo:

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
gateway to spaceRichard Bransonspaceport americaspaceshiptwoVirgin Galacticvoo espacial
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.