OVNI liberando objetos é filmado por moradores de duas cidades e 2 distritos no Mato Grosso do Sul – Brasil

Tempo de leitura: 2 min.


Um OVNI liberando objetos foi pauta do seguinte artigo de Danielle Matos, no site campograndenews.com.br. (Lembre-se que OVNI não significa necessariamente nave alienígena.):

Moradores das cidades de Aquidauana e Anastácio e distritos de Coronel Camisão e Piraputanga filmaram um OVNI (objeto voador não identificado) no céu de Mato Grosso do Sul na madrugada desta quarta-feira (15). Os vídeos mostram um objeto girando no céu com luzes que piscam sem parar e trajetória constante. Alguns moradores alegam ter ouvido até sons semelhantes ao barulho de um avião.

Um dos vídeos foi registrado, por volta das 19h30, numa chácara localizada entre a cidade de Aquidauana e o distrito de Piraputanga. 

Imagens também foram feitas na região central de Aquidauana. O OVNI se destacava no céu mesmo com a forte iluminação da via.

Outro registro aconteceu próximo ao Morro do Chapéu, no distrito de Coronel Camisão. Lilian Corrêa dirigia pela MS-450 quando observou o objeto no céu.

A distância antre Anastácio e Piraputanga é de cerca de 40 km. 

Consultado pela reportagem o historiador e astrônomo amador, Douglas Bortolanza Lara, disse que o objeto pode ser um lixo espacial, reentrando na atmosfera. “Tem as características de reentrada de lixo espacial, ou seja, fragmento de foguete, satélite ou qualquer equipamento feito e lançado pelo homem”, conclui.

Já o membro do Clube de Astronomia Carl Sagan e acadêmico de física da UFMS(Universidade Federal do Mato Grosso do Sul) afirma que, pelas características do registro, descarta-se a possibilidade de ser lixo espacial. “O objeto não pode ser lixo espacial porque se fosse ele não ficaria sobrevoando o céu. Lixo espacial tem comportamento semelhante a meteoritos e trajetória de parábola, então eles caem”.

(Fonte)


Estou com o membro do Clube de Astronomia Carl Sagan e acadêmico de física, de que o objeto não tem a característica nem um pouco similar à de lixo espacial. Uma explicação melhor seria a de que era uma aeronave convencional, liberando tochas ou fogos de artifício, somente ao “bel prazer”.

avistamento de OVNIMato Grosso do Sulovniufo
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.