Relatório militar afirma que soldados russos aprenderam telepatia com os golfinhos

Tempo de leitura: 2 min.

Soldados russos de elite podem detonar computadores, tratar soldados feridos e ler documentos em idioma estrangeiro trancados dentro de um cofre usando o poder de suas mentes, segundo um relatório da revista oficial do Ministério da Defesa.

* Conteúdo da matéria com veracidade comprovada, de fontes originais fidedignas. (Em se tratando de tese ou opinião científica, só pode ser garantida a veracidade da declaração da pessoa envolvida, e não o fato por ela declarado.) (Missão do OVNI Hoje)

Usando ‘parapsicologia’, um termo genérico para qualquer habilidade psíquica, os soldados podem detectar emboscadas, queimar cristais, espionar e interromper as ondas de rádio, de acordo com um relatório do coronel da reserva Nikolai Poroskov.

As técnicas foram desenvolvidas durante um longo período na União Soviética dos anos 1980, estudando telepatia de golfinhos, segundo o relatório. Também foi alegado que os soldados agora podem se comunicar com os golfinhos.

O artigo, intitulado ‘Super Soldado para as Guerras do Futuro’, foi rapidamente menosprezado por especialistas. Mas a sua aparição na edição de fevereiro da revista Armeisky Sbornik (Coleção do Exército) do ministério da Defesa da Rússia é, não obstante, notável.

O relatório diz:

Com um esforço de pensamento, você pode, por exemplo, parar programas de computador, queimar cristais em geradores, escutar uma conversa ou interromper programas e comunicações de televisão e rádio.

Aqueles capazes de ‘metacontato‘ podem, por exemplo, conduzir interrogatórios não-verbais. Eles podem ver através do soldado capturado: quem é essa pessoa, seus lados fortes e fracos e se eles estão abertos ao recrutamento.

Os soldados poderiam até mesmo “ler um documento em um cofre, mesmo que fosse em uma língua estrangeira que não conhecemos”, disse o relatório.

A capa do ‘Armeisky Sbornik‘ de fevereiro. ‘Ministério da Defesa da Rússia

Soldados também foram treinados em “contramedidas psíquicas”, segundo o relatório – técnicas que ajudam soldados a permanecerem fortes durante interrogatórios de telepatas em exércitos rivais.

O relatório também diz que as forças especiais russas usaram essas “técnicas de parapsicologia de combate” durante o conflito na Chechênia, que ocorreu de meados da década de 1990 até o final dos anos 2000.

O presidente da comissão de combate à pseudociência da Academia Russa de Ciências, Yevgeny Alexandrov, disse à agência de notícias RBK que a “parapsicologia de combate” é uma invenção e é reconhecida como uma pseudociência.

Ele disse:

Tais trabalhos realmente existiram e foram desenvolvidos, mas foram classificados. Agora eles saem para a luz. Mas, como em muitos países do mundo, tais estudos são reconhecidos como pseudo-científicos, tudo isso é um absurdo completo.

Toda a conversa sobre a transferência de pensamento à distância não tem uma base científica, não existe um único caso registrado; é simplesmente impossível.

No entanto, Anatoly Matviychuk da revista militar russa “Soldados da Rússia” disse à RBK que a parapsicologia é real.

Ele disse:

A técnica foi desenvolvida pela Academia Soviética de Ciências, na tentativa de descobrir as características fenomenais de uma pessoa.

Um grupo de especialistas trabalhou sob a liderança do Estado Maior das Forças Armadas da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas. As realizações desse tempo ainda existem e há tentativas de ativá-las.

(Fonte)

Colaboração: Lênio


Se até Einstein parecia acreditar em telepatia, por que outros cientistas não acreditam?

Agora, quanto aos soldados russos serem capazes de fazerem tudo que é alegado no documento, isso já é outra história.

golfinhosparapsicologiasoldados russostelepatiaUnião Soviética
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (13)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • Marmota_de_Chuquinha

    E meu sábado começa com a foto de um careca molhado junto com golfinhos…

  • Spock

    Esses cientistas do estado comunista russo de outrora brincaram com coisa muito séria!
    Nas bocas pequenas sabe-se que extraíam o líquido próprio dos cérebros desses animais e aplicavam de alguma maneira nos soldados-cobaias!
    Mas não adianta… os antiquíssimos monges tibetanos (só os instruídos) sabiam que o uso da mente de forma desordenada (no caso do uso dificílimo da telepatia) acarretava coisas desagradáveis.
    Não duvido que muitos soldados-cobaias russos no uso dessas faculdades sangravam copiosamente pelas narinas e ouvidos… e até aneurismas ocorriam por conta desse despreparo.
    \//_

  • João=Deus Da Destruição Do Mal

    tenho certeza que esses cientistas malucos realmente fizeram isso, agora acho que não deu certo hehhe

  • Marcelino

    As pesquisas parapsicológicas para utilização de faculdades psíquicas como arma de guerra ocorreram dentro de uma grande disputa real entre EUA e Rússia durante quase 20 anos, com os russos saindo na frente.
    Resultados concretos da utilização dessas habilidades em práticas de espionagem, teletransporte, aporte, telepatia foram obtidos por ambos os países , este artigo russo extrapola um pouco isso, exagera na propaganda, mas houve avanços no campo da Visão Remota e Telepatia segundo os próprios pesquisadores e agentes envolvidos em ambos os países . A China também investiu pesado nesse campo investigando o fenômeno psíquico de Aporte em crianças superdotadas! Pseudociência? Dizem agora? Então porque projetos de Parapsicologia ainda são recomendados dentro das forças armadas americanas, como prova documento oficial , um relatório sobre Teletransporte de 2004, do Dr. Eric Davis consultor da Força Aérea dos EUA na ocasião? Porque o programa AATIP sobre UFOS do Pentágono e a CIA investigaram Visão Remota, UFOS e fenômenos paranormais no famoso Skinwalkwer Ranch entre 2007 e 2012? Os russo pararam suas pesquisas parapsicológicas? A China? Duvido muito, há dois patamares de programas científicos no mundo, um público e outro privado/militar. As descobertas e avanços da ciência secreta de projetos militares permanece limitada a grupos específicos e grandes corporações tecnológicas longe da grande maioria dos pesquisadores e das universidades públicas e entidades de pesquisa que não possuem a dádiva de possuírem a famosa “necessidade de saber”.
    Há agora evidências concretas de pesquisadores trabalhando em certos projetos e programas e estudando coisas que para a maioria dos cientistas é loucura! Pseudociência! Dinheiro jogado fora!
    Tive contato com uma pessoa, um físico interessado em UFOS, que conversou diretamente com um pesquisador envolvido nas pesquisas do programa UFO do Pentágono, e ele disse que o que os caras estão fazendo em termos de pesquisas no campo da Física e UFOS é loucura, propulsão de campo? Antigravidade? Teleportação? ! Loucura.
    Logo, existe uma grande possibilidade real de existir a “Ciência” dos doutores da impossibilidade ( L. Neme sempre cita) e uma “Ciência’ dos doutores da possibilidade de ir além dos limites da própria ciência, em projetos e programas envoltos em sigilos e compartimentação de informação ao extremo ! Qual desses campos científicos se desenvolverá mais? Aposto no segundo. O segundo campo está bem na frente, talvez, muito á frente .

  • aland_55

    O segredo é muita vodka.

  • 666Dark

    Pois é, eles estavam bem evoluidos em 1980 e agora em 2019 são quase deuses se seguirmos o que está escrito aqui. Como os russos são muito bonzinhos, até agora não destruiram metade do mundo com suas habilidades. Nóis merece…essas capacidades.

  • Sammy

    Maior poderio militar do mundo é o americano, o resto é propaganda enganosa.

  • Holandês Voador

    E o véu so cai, antes foi a CIA dizer que usava visualizacao remota em suas operações, agora a Rússia, herdeira direta da URSS em liberar provas de guerra psíquica, imagine o que mais esses países escondem.

  • Drande Tuto

    Aposto que a intuição é telepatia, são avisos alertas comunicados a nós por seres ou pessoas ou seja quem for , e nos livram muitas vezes, as vezes nos ferram, acho que depende de onde está nossa vibração. Já ouvi vozes na cabeça, nunca mais duvido pois me livraram de morrer duas vezes, na verdade são pontos da minha personalidade que moldam-me socialmente. Por isso creio abertamente nessas possibilidades, mas com o soldado certo, com o humano certo, e sim creio na telepatia dos extras que nos fazem de “bobinhos” adicionando idéias o tempo todo, para o bem e para o mal.

  • André Mello

    The Men Who Stare At Goats (2009)

  • Juliano

    O Rupert Sheldrake escreveu um livro chamado Cães que sabem quando seus donos estão voltando para casa” onde relata centenas de experimentos bem sucedidos do que parece ser um dom telepático nos cães em relação aos seus donos. É a partir desses experimentos que ele desenvolveu sua teoria dos Campos Mórficos, onde haveria uma espécie de campo mental que conecta tanto grupos de seres de uma mesma espécie quanto seres de espécies diferentes, segundo o grau de proximidade.
    Aqui é o vídeo de um desses experimentos com cães, onde sincronizam duas câmeras, uma na casa com o cão e outra filmando a sua dona a km de distância, a qual fica aguardando os experimentadores ordenarem o momento de retornar para casa. E exatamente nesse momento o cão sai do lado do sofá e se dirige para a porta para esperar sua dona.
    https://www.youtube.com/watch?v=aA5wAm2c01w

  • Etphonehome

    Me considero uma pessoa bem pé no chão, mais para cética. Porém, há uns 30 anos atrás tive uma experiência que me faz ter certeza de que telepatia existe mesmo. Havia um vidente em minha cidade, de nome Arael ou Ariel. Uma amiga me chamou e fui com ela. A única coisa que era pedida era a data do aniversário. Chegando na consulta, ele pegou minhas mãos e começou a falar absolutamente TUDO que eu vivia naquele momento. E não tinha nada de corriqueiro para que ele adivinhasse no chute. Para se ter uma ideia, falou até de um paninho que eu estava bordando com moranguinhos!!!! E estava mesmo! E a amiga com quem eu fui não sabia quase nada de mim, nem nunca foi na minha casa. Na verdade era mais uma conhecida, e muito recente. Pois esse homem descreveu com precisão uma casa que eu herdei anos depois, perguntou porque eu havia parado de estudar piano???!!!! E realmente eu havia parado há pouco tempo. Enfim, falou tantas coisas que eu estava vivendo e outras que iriam acontecer em função do que se passava na época, que sai de lá transtornada e nunca mais voltei. Muito, muito tempo depois voltei ao prédio e indaguei dele, mas ele já não atendia lá e o porteiro não o havia conhecido. Até hj fiquei com isso na cabeça. Inclusive naquele dia ele me falou que eu teria um filho e com tal idade, e aconteceu exatamente na idade que ele falou. Isso quase 10 anos antes.

  • KAM

    Acredito em telepatia e que até ocorreu um estudo sobre isso, mais desenvolver com perfeição não, se esse fosse o caso mesmo dos russo já teriam dominado outros países.