Possíveis restos mortais de dinossauro são encontrados na Índia, com carne ainda pressa nos ossos

Tempo de leitura: 2 min.
Os supostos restos de um dinossauro pequeno e bem preservado. Crédito de imagem: Pen News.

Uma descoberta incompreensível foi recentemente revelada, pois os especialistas acreditam ter descoberto o esqueleto de um suposto dinossauro com “carne” ainda presa aos seus ossos.

Os cientistas ficaram intrigados com a descoberta dos restos de uma criatura misteriosa, muito parecida com um dinossauro e com carne ainda presa aos seus ossos.

Conforme observado pelo Inquisitr, um eletricista estava varrendo o chão dentro de uma subestação que havia sido abandonada por 35 anos em Jaspur, uma pequena cidade em Uttarakhand, na Índia, quando ele descobriu acidentalmente os restos de uma criatura semelhante a um dinossauro.

Mas não pode ser um dinossauro, certo? Os dinossauros foram extintos há pelo menos cerca de 65 milhões de anos.

Bem, de acordo com resultados preliminares, estamos errados. A criatura descoberta em Jaspur se assemelha a um terópodo, uma sub-espécie de dinossauro caracterizada por ossos ocos e membros de três dedos. “, explica Aaryan Kumar, um estudante de paleontologia da Universidade de Deli.

O Dr. Parag Madhukar Dhakate, um Conservador do Serviço Florestal da Índia, disse:

Os dinossauros não-aves foram extintos nos últimos 65 milhões de anos, mas se assemelham a terópodes, uma subordem de dinossauros que incluiu carnívoros bípedes.

Os terópodes eram ancestralmente carnívoros, embora vários grupos de terópodes evoluíram para se tornarem herbívoros, omnívoros, piscívoros e insetívoros. Terópodes apareceram pela primeira vez durante o final do período Triássico há 231,4 milhões de anos.

Pergunta Aaryan Kumar, aluno de Ph.D. em Paleontologia da Universidade de Deli.

Um esqueleto de dinossauro não pode estar em tão bom estado de conservação após milhões de anos sem fossilização. A única maneira remotamente possível é que foi preservada quimicamente para um museu. Mas se for esse o caso, como acabou onde foi encontrado?

Entre as especulações, sugeriu-se que a criatura pode ser o feto de um animal geneticamente modificado, talvez uma cabra.

Por enquanto, o espécime foi enviado para análise ao Dr. Bahadur Kotlia, paleontólogo da Universidade de Kumaun, onde será realizada uma datação por radiocarbono para determinar sua idade.

Muitos autores alegaram que nem todos os dinossauros foram extintos e que há evidências de seres humanos e dinossauros que coexistem na Terra.

Uma das melhores evidências de seres humanos que coexistem com dinossauros pode ser encontrada em um antigo templo cambojano.

Se olharmos uma escultura encontrada no templo Cambodiano de Ta Prohm, notaremos uma escultura de um Estegossauro ou pelo menos algo que se assemelha a um.

Estranhamente, este templo foi construído ao redor do século XII, levando muitos autores e pesquisadores a sugerirem que os dinossauros e a humanidade coexistiram há pouco.

(Fonte)

Há muitas indicações pelo mundo afora de que nossa história precisa ser, no mínimo, revisada.

Deveria a história do mundo ser reescrita?

dinossauroÍndiaTerópodes
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (49)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • Kaczmarczik

    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * Boa Noite a Todos!!! * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *
    ____________ Uma raridade encontrar um fóssil de dinossauro com carne ainda presa ao osso!!! Na certa tentarão fazer alguma experiência com o fóssil, como clonagem por exemplo!!1
    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

    • José Carlos Gouvêa

      Talvez com o derretimento dos polos, muitos fósseis, há de surgir, com carne e tudo.

      • Kaczmarczik

        e o risco de cientistas fazerem experiências genéticas com tais fósseis “carnudos” aumentará com certeza…

  • Marujo

    Tem roupa na corda: Globo reverberando reportagem do New York Times: Investigação do Pentágono sobre ufos é descoberta.

    • Kaczmarczik

      Boa noite @disqus_BfW5YPtbJU:disqus !!! Como foi a volta ao mundo pelos sete mares, já que faz tempo que você não comentava no OH????

  • KOALA

    Os dinossauros não se extinguiram repentinamente, foi um processo lento que se arrastou por um grande período de tempo. Muitas espécies sobreviveram até próximo de 10.000 atrás. Outras espécies resistiram até recentemente.

    • José Carlos Gouvêa

      Eles não se extinguiram por completo, alguns evoluíram para o que conhecemos hoje em dia como, os “repetilianos”…

      • KOALA

        Isso.

  • Daniela Paiva

    A foto parece que o dinossauro está fazendo suas necessidades fisiológicas !

  • João Silva

    A matéria trata de tecidos moles encontrados preservados em ossos de um eventual
    dinossauro. Até ai tudo bem.
    Depois é sugerido uma preservação química como possibilidade de conservação, admitindo que os tecidos adjacentes estavam em bom estado quando encontrados, sendo que os dinossauros gigantes foram extintos há 65 milhões de anos.
    Então temos um pulo para uma especulação de ser o “feto de um animal geneticamente modificado, talvez uma cabra”.
    A peça é enviada para análise onde aguarda-se os resultados e temos outro pulo onde muitos autores alegaram que nem todos os dinossauros foram extintos – e não cita um único autor.
    Dai temos outro pulo, ainda mais amplo: Dá como melhor evidência da coexistência entre humanos e dinossauros uma escultura num templo Cambodiano do século XII.
    Se essa é a melhor evidência, não vi evidência nenhuma.
    Dinossauros não coexistiram com humanos por uma simples questão: cadeia alimentar.
    Além do que não se encontra no registro fóssil nada que sustente essa idéia.
    Assim como a história, as áreas do conhecimento são constantemente revisadas, não sendo dogmática, exemplo: Por muito tempo um boato estava disseminado na comunidade neurobiológica de que humanos modernos possuíam 100 bilhões de neurônios. Era uma “lei” até que uma neurocientista – Suzana Herculano, brasileira, questionou de onde haviam determinado este número e não havia uma referência. Era um boato cientificamente aceito. Ela desenvolveu um método de
    contagem de neurônios e o resultado foi 86 bilhões. Destes 86, apenas 16 bilhões de neurônios estão presentes no córtex cerebral.

    • cyrocs

      Bom dia a todos.

      João Silva,
      Bom comentário, devemos aguardar o parecer dos paleontólogos. A “evidência” do
      templo de Ta Prohm é ridícula, embora muitas vezes citada por criacionistas.
      Vejam o link (trocar os # por .) :

      conhecimentohoje#com#br/Recentes935.htm#estegossauro do camboja

      • cyrocs

        CORRIGINDO !!!!!
        Trocar os $ por .

        conhecimentohoje$com$br/Recentes935.htm#estegossauro do camboja

        • João Silva

          Obrigado pelo link, ótimo artigo.

    • José Carlos Gouvêa

      Então há de ser um CABRASSAURO…

    • Thiago chipset Andrey Ferreira

      Assim como o boato de que usamos apenas 10% do potencial do nosso cérebro! tem gente que acredita que isso é um fato.
      Excelente comentário comentário João Silva.

    • PREDADOR

      100 bilhões está correto ela achou 86 bilhões mas fez a pesquisa num brasileiro mediano….. se ela tivesse feito numa criança japonesa ou coreana acho que iria encontrar 100 bilhoes esses 14 bilhoes a menos explicam-se pelo fato de muitos brasileiros terem involuido – acho que o pesquisado era um tipico amante de funk e crack kkkkkkk …. esse estudo da Dra. Suzana ta furado kkkkk

      • João Silva

        No artigo que citei abaixo ao Thiago chipset Andrey Ferreira, Herculano faz referência que não é a quantidade de neurônios o fundamental, mas sim as conexões entre eles (dendritos). Basicamente as conexões são “refrescadas” quando estimuladas e, quando não há estímulo, estas conexões se perdem. Sobre Suzana Herculano: ela atuava por aqui mas com os cortes de verbas inviabilizaram a continuidade de suas pesquisas – ela chegou a por grana do próprio bolso. Atualmente ela está nos States, desenvolvendo pesquisas neurobiológicas. Quanto a involução, parece ser um processo global, não restrito apenas aqui.

  • Roberto Felix Correia

    Provavelmente mais um rato morto, igual àquele que o Aunsan disse que era um ET, e depois os caras confessaram que fizeram uma brincadeira com um rato mumificado…
    Se fosse algo real, já estaria na imprensa séria faz tempo…

    • Cãopetente em obras

      Concordo que possa ser alguma mutação ou algo. Um fóssil desse sem sinal se desgaste nos tecidos é difícil sem qualquer meio natural que o preserve-o. O filhote de mamute na Sibéria só foi encontrado em boas condições pelo gelo presente na região.

  • Cãopetente em obras

    Não duvido que possa existir espécies da era Jurássica vivas ainda, mas dadas as condições principalmente onde o fóssil foi encontrado dúvido que seja algo factível como uma.

    Sem qualquer sinal aparente de desgaste por bactérias e outros animais, as condições, o local e como foi achado não levam a evidências positivas. Se for, que se esclareça e divulguem ao mundo.

    • sanduul

      boa..kkkk

  • Abel Aureliano Seraphin Junior

    Será um desgarrado do interior da Terra?

  • 666Dark

    NÃO !!

    • Hannah_Cat

      Encontraram o seu cachorrinho perdido, 666Dark! Rrsrsr 😛

      • 666Dark

        Esse é pior do que fake de ovni.
        Não, o meu cachorrinho tem chifres, hehehehee…

        • Journey

          cachorrinho com chifres kkkkkkkkkkkk

      • Journey

        kkkkkkkkk

  • Porfiliao

    Os dinossauros podem muito bem estar vivendo no mundo interior, nosso planeta esconde muitos segredos!

    • Journey

      pode ser, msm a terra nao sendo oca , pelo menos na minha opiniao , deve existir espaços enormes lá embaixo que poderia oferecer condições de vida , abrigo e proteçao para muitas espécies.

  • aland_55

    Outra evidência arrasadora são as pedras de Ica, com gravuras de humanos junto com dinossauros. O primeiro registro a respeito é de 1535 feito por um padre espanhol. Alguns alegam que são falsas, algumas podem ser, mas não as originais.

  • Joe Montana

    Poderia este suposto dinossauro ter encontrado um buraco de minhoca, e ter se transportado para o futuro?

    • sanduul

      nao

      • Joe Montana

        Porque simplesmente não, pelo que eu entendi os restos foram encontrados em uma subestação de energia, o que me lembra campos magnéticos que segundo a matéria que fala sobre o navio de guerra foi o que gerou o desaparecimento e reaparecimento do mesmo.

        • sanduul

          é que voce fez uma pergunta bonitinha aí tirei a alegria..kkkk kkk

          acho improvavel animais entrarem em “buracos” ou coisas estranhas… o senso de instinto fala mais alto nessa hora…

          a criatura pode ate ser fake… vamos esperar novidades para saber o que é…

    • 666Dark

      Não, ele não cabe no buraco, hehehehe…

      • Hannah_Cat

        A não ser que este buraco também seja de “minhoca dinossaura” 😛

  • Ricardo Gomes Ribeiro

    Para mim parece um rato…

    • Hannah_Cat

      Pode mesmo ser perfeitamente um rato (destruído). Daqui há alguns dias aparece aqui um artigo informando do que se trata realmente este “dinossauro”…

  • Adriano Oliveira

    Não me parece um dinossauro.

  • Roberto Felix Correia

    Na boa, gente, restos mortais de valor arqueológico ninguém pega assim e coloca num saquinho de meias compradas na C&A… Só a “aparência amadora” da conservação dos tais restos já demonstra claramente o embuste…
    Era melhor ter feito como aquele cara, que montou os ETs dele com pedaços de animais e colocou no freezer. Ficava mais “Mac Giver”…

  • Sergio Piccoli

    Era só o que faltava…

  • João Silva

    Realmente é bem interessante mas não encontrei nada sob escopo acadêmico. Falando em academia já está bem difícil o reconhecimento do registro dos primeiros americanos em Lagoa Santa. Obrigado pelo material Sanduul.

    • sanduul

      de nada Joao

  • Joao Paulo Jesus Flores

    não conhecemos nada da nossa própria historia

  • Anderson

    Na Antárctica era o unico lugar que pensei que encontraria algum animal da Pré-história
    Mais nada descobriram