Saiba porque os ETs não captam nossas ondas de rádio e nem nós as deles

Tempo de leitura: 4 min.

O Instituto SETI tem por anos, em vão, tentado captar possíveis sinais de rádio vindos de civilizações alienígenas, como também a METI recém enviou uma mensagem nossa à uma estrela próxima, na esperança de lá existir uma civilização avançada que possa ouvi-la.

Mas será que estas tentativas de comunicação com a inteligência extraterrestre são realmente válidas?

Descubra lendo o artigo abaixo, escrito por James Benford, CEO do Microwave Sciences e diretor do Sail Subcommittee for Breakthrough Starshot:

EISCAT Tromsø com as instalações de teste ao fundo EISCAT3D. Credito: Craig Heinselman.

Ainda outra “Mensagem”

Recentemente, os defensores do METI (Mensagens para Extraterrestres) enviaram uma “mensagem” composta por números primos seguidos de 36 peças de música para a estrela de Luyten. Foi uma colaboração da METI International, liderada por Doug Vakoch, com o Instituto Catalão de Estudos Espaciais. Esta estrela está a 12,4 anos-luz da Terra e tem um exoplaneta potencialmente habitável (GJ 273b).

A mensagem foi enviada das instalações da EISCAT, perto de Tromsø, na Noruega, usando uma antena de microondas. As peças de música são de 10 segundos, portanto, contêm apenas 1500 bits, por isso são bastante simples.

Essa transmissão deliberada da Terra pode ser detectada nas distâncias das estrelas próximas? Qual é a realidade das afirmações de que as mensagens de baixa potência enviadas até o momento são “praticamente detectáveis”? Tais afirmações qualitativas não são úteis em uma ciência quantitativa. Veremos que a mensagem é fraca e é muito pouco provável que seja detectada, mesmo que seja apontada às estrelas mais próximas.

Quão detectável a mensagem realmente será? Ela poderá ser ouvida?

Não. Este grupo está de fato só sussurrando para as estrelas.

Baseio isso no que sabemos sobre a transmissão da Vakoch: potência 2MW, prato de 32 metros, frequência 929-930.2MHz, taxa de bits 125 bits / s, codificada para PCM de 8 bits e para uma frequência de 6,4 kHz, repetindo o sinal de 33 minutos, três vezes em três dias.

A análise desta European Incoherent Scatter Scientific Association – EISCAT (Associação Científica Européia de Dispersão Incoerente) METI, que explica diferenças de potência, abertura e frequência, é que a densidade de potência a longo alcance (EIRP, potência irradiada isotrópica efetiva) é apenas 1/100 de Arecibo e um décim do que usado por Alexander Zaitsev em suas mensagens. Portanto, as várias observações e conclusões que John Billingham e eu fazemos há 3 anos sobre as “mensagens” não observáveis ​​de Zaitsev também são verdadeiras para esta transmissão fracassada (“Costs and Difficulties of large-scale METI, and the Need for International Debate on Potential Risks”, John Billingham and James Benford, JBIS 67, pg. 17, 2014).

A conclusão é: isso não será detectável como uma mensagem por radiotelescópios, como temos na Terra. A energia pode ser detectada com radiotelescópios maiores do que qualquer um, integrando o sinal, mas não há muito tempo de integração e a integração destrói o conteúdo da transmissão de Vakoch. Portanto, não será recuperável como uma mensagem da Inteligência Extraterrestre se seus radiotelescópios forem comparáveis ​​ou substancialmente maiores que os nossos. (Pode-se, é claro, presumir a existência de uma Supercivilização a apenas 12 anos-luz de distância com radiotelescópios amplamente maiores. Mas se o nosso vazamento fosse detectado por eles, como dizem os METI-istas, sua maior radiação de vazamento certamente seria detectável por nós. Mas não a vemos.)

Dave Messerschmitt, que está no Conselho Consultivo da METI International, mas não foi consultado sobre esta mensagem, observa:

Este sinal METI é um simples esquema de conversão on-off, que data da invenção do telégrafo em 1837 . Tem a virtude de extrema simplicidade e transparência. No entanto, existem técnicas de modulação e codificação conhecidas hoje que operam perto dos limites fundamentais da taxa de dados versus energia, como é descrito no meu artigo “Design for Minimum Energy for Interstellar Communications“.

Para a mesma potência média (e consumo de energia), tais projetos de sinal podem aumentar consideravelmente a distância sobre a qual as informações podem ser extraídas de forma confiável. Eles têm outros benefícios, como uma descoberta mais fácil e menos susceptibilidade a fontes locais de interferência de radiofrequência. No entanto, os sinais de eficiência energética serão essencialmente inobserváveis ​​pela análise de espectro de longo prazo. Em vez disso, a análise transitória (energia de curto prazo) é mais eficaz para esses sinais…

Observe também que o seguinte deve ocorrer para a inteligência extraterrestre detecte esse sinal fraco:

1) Seu sistema deve olhar para uma parte muito pequena do céu onde está o nosso Sol, ou seja, eles devem estar interessados ​​em nosso sistema. (Para obter alta sensibilidade, a área da antena deve ser grande, de modo que o ângulo de segmentação é muito pequeno). Eles podem estar interessados porque detectaram nossa atmosfera fora do equilíbrio, assim é possível a vida aqui. Isso tem sido verdade por bilhões de anos.

Ou eles poderiam ter detectado nossa radiação de vazamento. Mas a largura de banda de fontes de vazamento incoerentes, como a TV e o radar, é muito ampla e o poder também não está focado em tais sinais para escapar do Sistema Solar, e muito menos para alcançar outras estrelas, antes de ser indistinguível do ruído.

2) Eles teriam que adivinhar a taxa de bits da mensagem, processando o sinal armazenado com sucessivas taxas presumidas…

3) Eles teriam que deduzir que estamos usando simples encaminhamento on-off em vez de outro de nossos muitos métodos de modulação, portanto, deveriam analisar o sinal recebido contra uma lista de tais estratagemas.

Embora tudo o que antecede possa ocorrer, isso não é certo.

Um respeito digno pela opinião da humanidade …

Eles são Star Whisperers (algo como “Cochichadores para as Estrelas”). Eles não mostram um respeito decente pela opinião da humanidade, para citar um certo documento histórico, em falar pela Terra.

O que vemos aqui é mais uma tentativa dos METI-istas de anunciar-nos às estrelas com sinais fracos que não têm nenhuma possibilidade séria de serem recebidos e interpretados. Após várias dessas transmissões na última década, eles continuam a fazer afirmações falsas e enviar sinais bobos, sem prestar atenção ao fato científico de que suas mensagens não podem ser ouvidas. E eles continuam a anunciar assuntos como os seguintes:

“Eu diria, em nome dos Klingons, que prefiro ouvir boa música do que o apito vazio do radar do SFO (Aeroporto de São Francisco).” – Seth Shostak

Seth Shostak certamente sabe que o radar de curto alcance do aeroporto de São Francisco, que é fraco em potência, com uma antena de ganho muito baixo, não pode ser ouvido além da Lua. Ele certamente sabe disso se fizer algum cálculo quantitativo. Eles afirmam, muito falsamente, que nos anunciamos por radiação de vazamento ou transmissões intencionais nos últimos anos. Isso não é verdade. Portanto, estas são simplesmente afirmações de excitar o público. Esta não é uma posição intelectualmente defensível.

Eu aconselho os METI-istas a restringir-se de tentar sinalizar a Inteligência ET. Não estão tendo acesso à instalações de potência alta, como Arecibo, porque não possuem raciocínio para o envio de mensagens. Eles não têm pretensão de falar pela Terra.

Em 2014, John Billingham e eu fizemos várias sugestões em nosso artigo referenciado acima. Chegou o momento de abordar a questão da METI em escala internacional, estabelecendo simpósios internacionais sobre a transmissão da Terra para a Inteligência ET. Defendo uma moratória sobre METI até chegar a um consenso internacional sobre anunciar-nos às estrelas.

(Fonte)


E eu, humildemente, digo que tudo isso tem sido e continuará sendo um exercício em futilidade, que não obterá resultado algum. De qualquer forma, tudo indica que “alguém” já sabe que estamos aqui. Aliás, se as notícias já correram pela galáxia entre as civilizações avançadas do que acontece por aqui, eles querem é ficar longe de nós até que criemos juízo.

Enquanto isso, parece, eles ficam na surdina, só nos observando, seja lá que forem.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

mensagem extraterrestreMETIrádioSETI
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (32)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • RadicalLivre

    …parafraseando o Bardo: Muito barulho por nada.

    • Cãopetente em obras

      Imagina o sinal chegando em uma planeta habitado seja o que aparece em O Contato. O mal estar do governo iria ser engraçado após dissimular a existência de vida extraterrestre.

  • Alfita

    Concordo plenamente com as palavras do nosso amigo Nenê, ainda não somos merecedor de termos contato direto com seres de luz, sendo que aqui na Terra tudo que está acontecendo não vem agradando nem o lado espiritual e nem o lado dos mais evoluídos que vivem em seus planetas nativos.. Muitos seres humanos caminhando para o lado das energias ruins e escuras, sendo controlado pelos ruins que aqui habitam e controlam nossas mentes e acho bastante difícil alguém de lá se arriscar aparecer por aqui sabendo da família que este planeta possuí..

    Boa madrugada > Bom dia https://uploads.disquscdn.com/images/493674a30df218aecfcbb9c7795ab58b5d3f6dfdfb89ad9825077e18c2ffe6af.jpg

  • Spyn Hakn

    Eles estão esperando que consigamos chegar lá. Não por mensagem de rádio, mas fisicamente. Até lá seremos apenas estudados, monitorados e guiados por eles (ou Eles).

  • Pazifico

    Bom dia!
    Sabe o vizinho chato, perturbador e que fica se achando o tempo todo, mas ninguém da atenção para “ele”!
    Obs.: Onde escrito “ele”, leia-se “nós”!
    Inté!

  • Rodrigo Antunes II

    “…taxa de bits 125 bits / s, codificada para PCM de 8 bits e para uma frequência de 6,4 kHz…”
    Ou seja, o som é uma porcaria!

  • KOALA

    Se não combinar com eles a frequência de transmissão e o tipo de modulação fica difícil, viu.

    • Cãopetente em obras

      Sinal de fumaça deve ser mais visível, kk.

      • KOALA

        Verdade. kkkkk

      • KAM

        kkkkk, boa.

  • Faraó

    Saiba por que os ETs não captam nossas ondas de rádio e nem nós as deles?
    Porque agora estamos todos na onda do Spotify e pen drive.

  • Joao Paulo Jesus Flores

    Talvez quando o radio-telescópio da china for inaugurado finalmente ouviremos algo

  • Wilson Torresini

    Penso que uma refração de ondas do som, através de uma estação espacial ou painel, pudesse replicar esse alcance com maior intensidade, mas isso é bastante complexo.

    • WJunior

      som?

      • Wilson Torresini

        kkk ei vi agora, me confundi com a música que foi mencionada no inicio do texto.

      • Wilson Torresini

        Obrigado.

  • Tmago

    Acho q as ondas de rádio não estão no mesmo idioma. rsrsrsrs Desculpem a brincadeira, mas essa falsa procura é zombaria com o povo.

  • KAM

    As mensagens até vão, mais respostas por este meio nunca chegaram porque eles já tem as respostas, mais as antenas tem que ficar ali na quele lugarzinho, para que o pouco que rende este projeto, seja desviado para os projetos obscuros.

  • KAM

    É mais fácil eles usar as antenas para barganhar alguns escravos do que ficar achando que ela vai trazer algum benefício pra nós

  • coice de mula

    Eles não respondem. Porque??
    Talvez porque seja muito difícil receber uma resposta de algo que não existe.

  • Claudete da Silva Pinto

    Se eles sabem que nada vai acontecer, então é uma total falta de respeito e zombaria como diz o nosso amigo Tmago em seu comentário.

  • Okan

    “Nada atravessa o domo.”

  • coice de mula

    Bem, vamos imaginar que nossos amigos interestelares estejam lá.
    Há um problema que não foi ventilado nesta matéria. Ocorre que este sinal, foi enviado na direção de uma estrela distante 12,4 anos luz.
    Sendo assim, os hipotéticos ETs receberiam o sinal por volta do ano 2030, e se puderem responder rapidamente, com sinais de rádio, esta resposta somente chegaria aqui por volta do ano 2042.
    Lamento muito, mas teremos que aguardar pelo menos uns 25 anos para saber.

    • Journey

      vdd coice.
      Vendo eles a nossa forma de contato com certeza eles iriam usar da msm tecnologia para responder a nós.
      É muito tempo , ö ansiedade eterna viu.
      Abçs amigo

      • coice de mula

        Grande Journey!! É isso: ansiedade eterna.
        O meu ceticismo, deve-se muito a um fato que a ciência humana atual, por mais avançada que pareça, nos impõe: somos prisioneiros do tempo e do espaço!
        Forte abraço!! (agora com coices mais aveludados… KK )

        • Journey

          kkkkkkk coices aveludados. Valeu tb acho que somos prisioneiros do tempo. Valeu

        • lucas wilhans

          Meu Amigo Coice Concordo Na Parte Que Somos Prisoneiros Nesse Espaço.

          • SENAM

            Ver crop circle Resposta de Arecibo que levou um tantão de anos para vir a resposta.
            Abç

      • SENAM

        Comentei acima e ta valendo praqui Tb.
        Abç.

        • Journey

          mas eu acredito Senam!!?
          outro

    • SENAM

      Igual à resposta de Arecibo.
      Abç

  • SENAM

    Se esqueceram da resposta de Arecibo ou o crop circle foi farsa também?
    Abç