Asteroide quase atinge a Terra em novembro (2017) e os astrônomos não viram ele chegando

Tempo de leitura: 2 min.
A impressão de um artista de uma enorme rocha espacial que se aproxima da Terra (Imagem: Science Photo Library / Getty)

Um enorme asteroide passou muito próximo da Terra no mês passado e os astrônomos só o viram depois dele ter passado.

O Asteroide 2017 VL2 tem o tamanho de uma baleia, o que significa que é grande o suficiente para acabar com uma grande cidade.

Ele mede entre 6 e 32 metros de largura e a apenas um terço da distância entre o nosso planeta e a Lua.

A rocha espacial passou no dia 9 de novembro (2017) e só foi observada em 10 de novembro.

Se atingisse a Terra, ele eliminaria qualquer coisa dentro de um raio de cerca de 6,5 quilômetros.

Por sorte, não voltará até 2125.

O planeta Terra terá outro encontro com um asteroide de 4,8 quilômetros de largura, pouco mais de uma semana antes do Natal.

Uma gigantesca rocha espacial chamada de 3200 Phaethon deve se passar “bastante perto” do nosso planeta em 17 de dezembro, revelaram os astrônomos russos (só que não passará tão perto quanto este passou).

Acredita-se que este enorme asteroide cause a linda chuva de meteoros, que acontecerá entre 13 e 14 de dezembro, fazendo com que centenas de meteoros brilhantes iluminem o céu noturno enquanto queimam na atmosfera terrestre.

Mas a NASA também descreveu isso como um “asteroide potencialmente perigoso cujo caminho perca a órbita da Terra em apenas 3,2 milhões de quilômetros”, o que é muito pouco em termos galácticos.

Ele tem cerca de metade do tamanho de Chicxulub, a rocha espacial que eliminou (em tese) os dinossauros e tem uma órbita muito incomum, que faz com que ele passe mais perto do Sol do que qualquer outro asteroide já encontrado.

Em uma declaração, o uni escreveu: “Aparentemente, este asteróide já foi um objeto muito maior, mas suas muitas abordagens ao Sol fizeram com que ele desmoronasse em pedaços menores que eventualmente formaram essa chuva de meteoro.

Se esse for o caso, o asteroide (3200 Phaethon) em si poderia ser o resíduo de um núcleo de cometa. A órbita extremamente alongada do asteroide, graças a que às vezes chega ao Sol mais próximo do Mercúrio e às vezes se afasta mais do que Marte, é outro argumento a favor desta teoria.

(Fonte)

Mas falando de casos como o do nosso “companheiro” que quase nos acertou em novembro, os astrônomos não tem domínio total para saber onde estão todas as rochas que perambulam pelo nosso sistema solar, e tampouco temos a tecnologia para desviar uma grande rocha, mesmo se conseguirmos detectá-las vindo em nossa direção.

Assim, um dia desses poderemos ter outro evento surpresa como foi o de Chelyabinsk, na Rússia, em 2013… ou pior, infelizmente.

n3m3

asteroideastronomiaimpactoTerra
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (40)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • lucas wilhans

    Passou Raspando……

    • Popplio

      Se atinge nem estaríamos mais aqui kkk.

  • WOT

    desabilitar meu adblock é serio!!!!! vamos capitalizar então !! QUE O DEUS DO CAPITALISMO SEJA LOUVADO !!!!!!!! mib

  • Pazifico

    Passou perto!!!

  • Lênio™

    Entre 6m e 32m? Mas é uma estimativa muito simplista pra quem obtém informações de corpos celestes muito mais distantes.

    • Kaczmarczik

      talvez seja apenas uma ideia aproximada que eles tenham do objeto…

      • Lênio™

        Sim mas, raciocine comigo. Os astrônomos tem informações muito mais precisas de objetos distantes enquanto esse que estava muito próximo eles fazem uma estimava tão primária?

        • Kaczmarczik

          entendo, ou talvez eles tenham sido pegos de surpresa ou… Estavam tentando esconder que sabiam desse meteoro

          • Lênio™

            Pensei a o mesmo.

            • Kaczmarczik

              pois é…. Às vezes o silêncio diz mais do que mil palavras!!!

  • Francisco Antônio Muniz Gomez

    Bem um dia acerta, várias oportunidades nós sabemos que teremos que isso vai acontecer num belo dia . Ou sim, é uma certeza.

  • Kaczmarczik

    – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – Bom Dia a Todos!! – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
    ________________ Realmente, um perigo constante que vem do espaço esses corpos celestes errantes!!! Mas possivelmente são muito mais meteoros, cometas e asteroides que passam raspando a Terra sem que sejamos avisados e por isso não somos constantemente informados pelos cientistas como deveríamos ser!!!!
    – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

    • Omega Centauro

      Fazem isso para evitar pânico na humanidade.

      • Kaczmarczik

        obviamente, por isso só avisam depois que o perigo passou… Imaginemos quando um do tamanho da Lua esteja vindo em rota de colisão com a Terra o que esses cientistas irão dizer…

        • Joao Paulo Jesus Flores

          Não creio que exista um asteroide ou cometa do tamanho da Lua

          • Kaczmarczik

            apenas fui irônico diante do cinismo dos cientistas em não nos avisarem quando mais precisamos

            • Joao Paulo Jesus Flores

              A sim, isso isso isso

  • Pepe Rey

    Nossa tecnologia é inferior ou os cientistas estavam comendo pizzas, como podemos confiar que o Nibiru não existe ou não está vindo em nossa direção? Estamos a deriva,

    • Popplio

      Nibiru se chama na verdade de Niku ,e ele existe mais daqui não dá para ver porque ele tá próximo de Netuno e Urano,numa orbitante mais alongada um pouco distante do nosso sistema solar,e o bicho demora muitos anos para dá uma volta completa ao redor do sol.

      Eu vir no canal Buscador da verdade no youtube sobre isso.

      • Joao Paulo Jesus Flores

        Como digo várias vezes ” Nibiru é meu Peru”, que infelizmente perdeu o melhor jogador para a copa

        • Popplio

          Sai.

  • Nonato Pinheiro

    Ultimamente, como temos meios de comunicação mais ativos e muitos cientistas olhando para o Firmamento, então chegam a nós esse tipo de notícias, às vezes alarmantes. Outrora não havia isso; e os humanos quando viam os fenômenos ocorridos no Céu os interpretavam como ameaças de castigos de Deus. Sempre houve isso! Agora, com os aparelhos de última geração, os humanos podem detectar e dar um explicação do que está ocorrendo. .. porém se vêem impotentes diante das forças celestes. Pode ser que chegue um dia em que possamos nos desviar dessas pedradas! Que tal?

  • WJunior

    Caramba.. ele passa 3 vezes no plano eclíptico do planeta Terra. Pode sofrer influência de outras gravidades e vir direto na próxima, haja cálculos, haja sorte…

  • new.ufology

    Lembrei do comentário que fiz semana passada sobre aquele grande asteróide anunciado só pra 2880 (acho que era isso) e que poderia se colidir com a Terra, e na ocasião, comentei sobre não me preocupar com estes asteróides da lista de convidados, anunciados com antecedência. Os que me preocupam são sempre os PENETRAS, aqueles asteróides que chegam sem aviso e entram em cena sem convite… e então, um belo dia, todo mundo vai acordar com um BREAKNEWS em todos os canais. Um grande visitante inesperado acaba de cair. Sem qualquer data prevista. Escrevam aí.

    • Cãopetente em obras

      Como foi na Rússia em 2013. O que me espantou na ocasião foi a naturalidade da população (bem diferente do que a elite propaga que é o caos endêmico) onde motoristas de uma via ao verem o objeto luminoso caindo puxam o quebra-sol do carro. Kkkk é de outro mundo esses russos.

  • Popplio

    Esse phaethon se aproxima bem mesmo daquela tal data dos maias 21 de dezembro isso dá ate medo que ao invés de ter sido em 2012 seja nesse ano de 2017 um pouco mais cedo,pois nos não podemos saber da data correta só ele sabe quando o mundo acabará.

    Mais digo uma coisa as profecias de Israel estão cumpridas porcausa de Trump,o fim vem agora,uma das mais importantes profecias se cumpriu agora vcs podem ficar de cabelo em pé gente .

    • Cãopetente em obras

      Titio Trump jogou gasolina no incêndio intolerante que reina no Oriente Médio.

      • Mordecai

        A profecia está cumprida depois disso,só falta agora o fim do mundo.

  • Joao Paulo Jesus Flores

    Ão contrário do que dizem os profetas o fim do mundo si um dia vier acontecer, nós pegará de surpresa

  • Journey

    danado, passou perto bastante vez da gente

  • Popplio

    Grande meteoro cruzou o céu do estado da Flórida nos Eua,isso tá ficando constante ,acho que estamos perto de uma chuva de meteoros que vai nos extinguir.

    • KAM

      Bom dia, outro dia vi um aqui no Brasil e era grande, mais acho que estamos seguros.

      • Cãopetente em obras

        O problema é se cair numa região metropolitana, como São Paulo ou Rio. Mesmo com a tecnologia atual, os astrônomos não conseguem rastrear boa parte desses objetos impedindo qualquer medida a ser tomada.

        • KAM

          É mais fácil de cair um meteoro nos outros planetas do que agente acertar na MEGA, acho incrível é o que nos tem protegido até agora além de Jupter e a lua, as vezes fico pensando se tem algo lá fora nos protegendo de desastres eminentes. Seila, também acho que não só trabalho da nossa atmosfera, Se alguém puder reponder minha dúvida é: Se a gravidade puxa tudo para baixo, porquê lá em cima esse objetos são repelidos? E sério mesmo se alguém poder me responder.

          • Cãopetente em obras

            Eles não são repelidos. Os objetos seguem uma trajetória baseada no maior centro de gravidade do sistema solar que é o Sol. As gravidades de outros astros tem influência, mas o Sol que predomina sua influência neste sistema, onde qualquer objeto que não siga em sua direção segue uma trajetória centrípeta e ao mesmo tempo a falsa força-centrífuga.

            O mesmo ocorre com a Lua, onde ela é influenciada pela Terra, mas também pelo Sol, impedindo que ela se choque com o nosso planeta ou escape dele.

            Um detalhe é que a Lua se afasta da Terra a cada ano pois sua trajetória não é constante, seguindo um padrão mas sendo atraída por outras forças.

  • sergio_ntl@hotmail.com

    Tb se fosse um asteroide a nível de extinção também só avisariam quando a elite mundial já estivesse abrigada.

  • Menomo

    Não se preocupem. Quando cair um meteoro na Terra será nos EUA. Pelo menos nos filmes é sempre nos EUA. Dá tempo de cavar um buraco e se esconder.

    • Mordecai

      KKKKkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.