Força Aérea dos EUA foi pega acobertando os OVNIs

Tempo de leitura: 3 min.
John Greenwald. Crédito: express.co.uk

Pesquisadores de OVNIs afirmam que há provas conclusivas de visitas alienígenas, mas estas são retidas do público através de classificações secretas em meio ao medo de que o conhecimento acabe com a religião e o estado de direito, levando à anarquia.

Enquanto muitos céticos culpam esta suposição como sendo originária de pessoas que leem muitos romances ou assistem filmes de ficção científica, novas afirmações sugerem que um “acobertamento de OVNI” rápido e completo foi realizado pela Força Aérea dos EUA (USAF).

Elas se centram em torno da afirmação do governo dos EUA de que não tem “interesse” na questão dos OVNI, porque não representa qualquer ameaça para a segurança nacional.

Naturalmente, uma vez o governo realizou uma série de grandes investigações sobre o fenômeno OVNI, desde 1947, até os anos cinquenta e sessenta, devido aos altos níveis de observações naquelas décadas, começando com Roswell em 1947.

Roswell tem estado no coração da cena OVNI desde que em julho daquele ano, quando os militares anunciaram sensacionalmente em um comunicado de imprensa, terem encontrado os restos de um disco voador acidentado no deserto próximo. Mas no dia seguinte, retraíram a declaração, dizendo que era de fato um balão de ar danificado da Força Aérea dos EUA .

Mais tarde, as testemunhas se apresentaram para dizer que haviam visto corpos alienígenas dentro da “nave acidentada”, que junto com os destroços foram levados a uma misteriosa base militar secreta.

Houve reivindicações a favor e contra, inclusive que os corpos eram manequins de teste de choque e que tinha sido um balão secreto que espiava os russos.

Toda a confusão se transformou numa das maiores teorias de conspiração do mundo até hoje, provocando uma série de estudos paralelos no governo dos EUA apelidado de Projeto Blue Book (Livro Azul).

A investigação de 22 anos terminou em dezembro de 1969, depois de concluir que não havia evidências para apoiar as reivindicações de visitas alienígenas.

Uma vez que o estudo extensivo, que analisava uma série de casos e avistamentos, acabou, a posição era clara – nem o governo, nem o exército dos EUA, tinham algum interesse no assunto dos OVNIs, ou assim foi alegado.

Mas John Greenwald, que fundou uma base de dados on-line de mais de 1,4 milhão de documentos governamentais e militares anteriormente secretos do chamado Black Vault, afirma ter provado o contrário.

Ele afirma ter estado envolvido em pesquisas que descobriram a “exposição de um acobertamento de OVNIs”.

Ele encontrou um trecho num manual de treinamento da Força Aérea recebido através de um pedido de Liberdade de Informação.

Ele disse:

Descobri, há cerca de oito a dez anos, um regulamento da Força Aérea, Instrução da Força Aérea 10-206.

Ele trata do que fazer se os pilotos virem algo estranho no céu, e como eles devem reportá-lo.

A regra era uma pequena lista de coisas para procurar – por exemplo, se eles viessem um rastro de míssil no céu, isso era delineado como algo que eles precisariam reportar.

Nesta lista muito curta estava o trecho, ‘Objetos Voadores Não Identificados’.

Obviamente, estamos falando de 30 ou mais anos depois que sua investigação foi interrompida.

Mas, ele disse que as coisas ficaram ainda mais estranhas:

Trabalhei a Instrução da Força Aérea 10-206 em alguns documentários que fiz para o History Channel e National Geographic Channel, mas não prestaram muita atenção quanto a isso.

No entanto, ele disse que alguns anos depois, um jornalista entrou em contato.

Ele disse

Eu disse ao repórter que a Força Aérea já não se interessa mais neste tópico, e ainda aqui está um manual muito recente que referencia os OVNIs.

Quando o repórter entrou em contato com o Pentágono para obter uma resposta, as autoridades parecem ter reagido da forma que os pesquisadores experientes de OVNI já esperavam –  o repórter foi “apedrejado”.

No entanto, não parou por aqui. O Sr. Greenwald disse que foi novamente contactado pelo repórter, o qual falou que houve uma novidade.

Greenwald disse:

Ele foi on-line para baixar as instruções diretamente da Força Aérea, e lá já não tinha mais menção aos OVNIs.

O Capítulo Cinco, no qual a Instrução 10-206 poderia ser encontrada, foi revisado. Os OVNIs foram completamente omitidos. Agora a seção tinha a ver com furacões.

Pensei, quando o repórter disse tudo isso pelo telefone, que talvez ele estivesse enganado; ele clicou na instrução errada, porque esses manuais podem ficar muito confusos.

Eu pensei: ‘Uma vez que chegar em casa, vou olhar e dirigi-lo na direção certa’, sem pensar que a Força Aérea dos Estados Unidos reescreveria completamente esta instrução.

Fiquei muito surpreso ao ver que eles mudaram.

Ele disse que tudo foi feito dentro de 72 horas desde quando o repórter que telefonou ao Pentágono.

Ainda não está claro se isso foi feito como uma cobertura sinistra, ou apenas na esperança de que mais repórteres veriam o documento e o telefonariam com mais perguntas.

Mas Greenwald continua a tentar obter todos os documentos secretos sobre os OVNIs, na esperança de que possam lançar mais luz sobre o assunto fascinante que intriga tantos.

O Express.co.uk contactou a USAF para comentar e aguarda uma resposta.

(Fonte)

E assim continua o jogo de empurra-empurra.

n3m3

acobertamentoForça Aérea dos EUAJohn GreenwaldovniOVNIsufoUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (13)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • lucas wilhans

    Não É De Hoje Isso.

  • KOALA

    Não tem como negar, o acobertamento existe, é fato. Motivos? São muitos. Desde interesses militares até religiosos.

  • SENAM

    DESACOBERTAMENTO JÁ…

  • WJunior

    Quanto à declaração do exército mundial (não só USAF); Declaração geral é: “Sim existem fenômenos que geralmente contornam aviões e aeroportos mas não sabemos do que se trata, concluímos que não apresenta perigo as nossas aeronaves e não estamos mais interessados em desvenda-los” (acreditem se quiser).
    Mas agora sabemos que a crescente paixão e fácil acesso aos drones e VANTs ameaçam a segurança aérea.
    Então temos uma situação imediata de definir o que são brinquedos RCs (ameaças) e Presença de OVNIs (não ameaças). Isto é responsabilidade da defesa aérea e pelo menos o estudo destes fenômenos tem que sair de trás das cortinas…

  • Marcelino Melo

    Após o fim do Blue Book com a farsa que foi o Relatório do Comitê Condon, em 1969 concluindo em linhas gerais que não havia nada de interessante nos UFOS nem para a Ciência, nem para Segurança da Aviação e muito menos para a Segurança Nacional dos EUA, intensificaram um procedimento onde o termo UFO e OVNI deveriam ser abolidos de quaisquer registros oficiais, relatórios, documentos, que pudessem indicar que a Força Aérea, o Pentágono, o Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte – NORAD, estivessem ainda observando registrando ou investigando OVNIS.

    Exemplos:
    O termo OVNI /UFO foi alterado para UAP ( Unidentified Aerial Phenomena) ou FANI ( Fenômeno Aéreo Não Identificado) utilizado hoje por pesquisadores civis . Mas há evidências que códigos específicos foram criados para o registro de UFOS por entidades militares, logo abaixo documentos descobertos pelo pesquisador canadense Victor Viggiani , o NORAD utiliza em seus registros o termo ” Unknown Tracks” Trilhas Desconhecidas, para registrar UFOS! Então se quiser perguntar ao NORAD sobre registros de UFOS, pergunte certo! Pergunte sobre o número de Trilhas Desconhecidas, que registram no espaço aéreo da América do Norte.
    Segundo dois e-mails revelados pelo Wiquileaks ano passado, entre um certo Bob Fish que trabalhou no Programa Apollo, e John Podesta, a Força Aérea Americana investigava atividade de UFOS no mar, próximo a Cuba nos anos 70, e um operador do sistema de defesa aeroespacial teria dito que registrou um legitimo “Fastwalker”, um objeto desconhecido vindo do espaço exterior e realizando uma correção de curso de 30 graus, antes de entrar na nossa atmosfera.

    https://drive.google.com/file/d/0B9Ha0yLRWqIJOGkwd05aNGRlbG8/view

    https://drive.google.com/file/d/0B9Ha0yLRWqIJbkRTZ2psOEM5V2M/view
    https://drive.google.com/file/d/0B9Ha0yLRWqIJZll2c0RrQ0pYVzA/view

    • KOALA

      Eu vi um UAP! Eu vi um UAP!
      Perdão, estou só treinando. rsrs

      • Kaczmarczik

        horrível essas denominações UAP e FANI, melhor continuarmos com UFOs e OVNIs

        • KOALA

          Verdade. O OVNI velho de guerra é melhor.

          • Kaczmarczik

            com certeza!!!

  • Tmago

    Anarquia e religiões não são os verdadeiros motivos p o acobertamento, até porque o q causaria um pouso “derrepentemente”, de alienígenas na Terra ? Há coelhos, cobras e hienas escondidos nesse mato e nem desejo mais saber qual é o motivo, só sei q não dará tempo de sofrer. Já sofremos diariamente com esses “motivos” q declaram ser a “causa” do não desacobertamento, bastam ver nos jornais de hoje, onde uma “religião” foi atacada c “anarquia” q geraram mais de 150 “vítimas fatais”. E isso é somente um dos grãos de areia d’um imenso “deserto de dor” !

  • Claudete da Silva Pinto

    São tantas as desculpas, e com certeza o desacobertamento quando acontecer não vai ser através desse governo dentro do governo, mas através dos próprios alienígenas ou daqueles que lutam para que a verdade apareça, que arriscam suas vidas,suas famílias e seus empregos na busca pela verdade.

  • Joao Paulo Jesus Flores

    Com toda a certeza espero que a revelação ocorra logo

  • Kaczmarczik

    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * Boa Noite a Todos!!! * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *
    _______________ Uma das coisas mais ingênuas que um investigador de OVNIs pode fazer é ligar para o governo ou agência governamental que investiga o assunto extraterrestre, e que seja ligada a governos, perguntando por arquivos onde o assunto investigado é citado, e isso sem antes registrar ou salvar tais arquivos!!!! Claro que o arquivo seria alterado já que o repórter boca-larga no afã de favorecer o desacobertamento acabou causando um acobertamento ao avisar sobre um ponto falho nos arquivos governamentais!!!! Mas quanto ao fato de governos saberem sobre a realidade extraterrestre, sim eles sabem e muito, tanto que investiga fatos relacionados a OVETs/ETs, afinal, eles têm muito a ver com segurança nacional!!!!!
    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *