Explosões nucleares da antiguidade? Nosso passado precisa ser reanalisado

Tempo de leitura: 4 min.

O passado da humanidade é verdadeiramente misterioso, e grande parte disso foi intencionalmente escondido pelas forças ocultas que não queriam que conhecêssemos a verdade. Mas há duas antigas obras indianas, Maabárata e Ramayana, que nos dão muitas respostas às muitas perguntas sobre o nosso passado.

A história da humanidade é extremamente complexa e controversa. Existem cientistas que negam veementemente a existência de civilizações altamente avançadas, do ponto de vista tecnológico, no passado distante da Terra.

No entanto, as descobertas feitas ao longo do tempo sugerem tão claramente que a vida na Terra começou e chegou ao fim muitas vezes.

Se você perguntar quando arma nuclear foi usada pela primeira vez na história da humanidade em um conflito armado, a maioria das pessoas responderia sem a menor dúvida: em 6 de agosto de 1945, quando o bombardeiro estadunidense Enola Gay jogou a bomba atômica em Hiroshima .

Duas fotos aéreas de nuvens de cogumelos de bomba atômica, em duas cidades japonesas em 1945.

A história da arma nuclear moderna começa com a carta enviada por Albert Einstein em 2 de agosto de 1939 ao presidente Franklin D. Roosevelt. Logo o governo dos EUA lançou o projeto para construir um núcleo de armamento conhecido como o ‘Projeto Manhattan’.

Já que enormes quantidades de urânio eram necessárias para construir uma arma nuclear, uma instalação de enriquecimento foi construída em Oak Ridge – no estado do Tennessee pelo processo de difusão de gás, e Ernest Lawrence, da Universidade da Califórnia, criou o processo de separação magnética de isótopos de urânio.

A primeira arma nuclear foi testada em 16 de julho de 1945, no deserto do Novo México

Em 16 de julho de 1945, às 5h29m45, o Projeto Manhattan atinge um final explosivo, quando a primeira bomba atômica é testada com sucesso em Alamogordo, no Novo México.

Quando a primeira bomba explodiu no deserto do Novo México, a areia se transformou em uma enorme superfície de vidro verde. Em temperaturas extremamente altas, a areia se transforma em vidro, o que ajudou os arqueólogos a entenderem melhor o que aconteceu na Terra há milhares de anos.

 

Maabárata

O Maabárata, um dos épicos mais importantes da Índia antiga, contém inúmeras histórias sobre alguns povos misteriosos que haviam atingido um grau tecnológico avançado na Índia antiga, sendo o outro o Ramayana. O Maabárata é composto de 100.000 versos divididos em 18 partes ou livros.

Estes textos antigos são mais do que uma narrativa histórica, eles são uma combinação de fatos, lendas, histórias e mitos. Entre esses textos históricos, encontra-se uma clara referência de pelo menos uma explosão nuclear que teria ocorrido cerca de 12.000 anos atrás!
Nuclear

O Maabárata é o épico nacional da Índia. Em Purana, a Brahmastra é considerada como uma arma muito destrutiva.

Originalmente essas lendas foram ignoradas pelos historiadores porque consideraram isso como a imaginação de quem escreveu o famoso épico Maabárata. As coisas tomaram um rumo estranho quando os arqueólogos descobriram a antiga cidade de Mohenjo Daro, no início dos anos 1900.

Mohenjo Daro foi construída ao por volta do ano de 2600, A.C. e abandonada por volta de 1.700 A.C., descoberta por arqueólogos em 1922 durante a construção de uma estrada de ferro, quando os trabalhadores começaram a cavar perto da colina.

As últimas escavações feitas na área ocorreram entre 1964-1965 por uma equipe liderada por George Dales. Na década de 1980, os arqueólogos usaram técnicas menos invasivas para reunirem mais informações.

Há muitos lugares na Terra que parecem ter sido destruídos por uma explosão nuclear, mas o mais surpreendente de todos é Mohenjo Daro.

Mohenjo Daro – Explosão nuclear?

Localizado hoje no território do Paquistão, Mohenjo Daro é parte de um conjunto de assentamentos pertencentes à chamada civilização Harappa, também conhecida como a civilização do Vale do Indo.

Um daqueles que dedicaram suas vidas ao estudo destas ruínas é o inglês David W. Davenport, que após 12 anos de pesquisa publicou em 1979 num livro intitulado “Atomic Destruction – 2000 BC” (Destruição Atômica – 2000 A.C.). O volume foi construído na hipótese de que Mohenjo Daro não deteriorou com a passagem do tempo, mas o seu fim foi consequência de uma deflagração nuclear.

Interpretação artística: Mohenjo Daro antes da destruição.

 

Após análises e pesquisas, os arqueólogos descobriram que Mohenjo Daro foi destruída depois de uma explosão nuclear. Esta conclusão vem do facto de que existem camadas espessas de argila e vidro verde no interior da cidade.

Este vidro verde só ocorre no caso de explosões atômicas. Além disso, os esqueletos dos habitantes da cidade estavam espalhados por toda parte, como se uma catástrofe global tivesse ocorrido há milhares de anos.


Mohenjo Daro hoje.

As análises de laboratório mostraram que Mohenjo Daro tinha sido submetida a temperaturas superiores a 1500 graus Celsius. Esta imensa temperatura só pode ser explicada por uma explosão nuclear de proporções apocalípticas.

Outro aspecto interessante é que a radioatividade na cidade perdida, Mohenjo Daro, ainda excede 10 vezes o nível normal hoje.

Outro sinal curioso de uma guerra nuclear antiga na Índia é uma cratera gigante perto de Bombaim. A cratera Lonar, quase circular de 2. 154 metros de diâmetro, localizada a 400 quilômetros a nordeste da cidade, tem pelo menos 50.000 anos de idade e pode estar relacionada a uma guerra nuclear antiga.

Estas descobertas incríveis, em grande parte contestadas pelo mundo moderno e pelo mundo científico, indicam a existência de civilizações impressionantemente poderosas e desenvolvidas que viveram no passado distante da Terra.

Lonar – cratera gigante perto de Mumbai, Índia

Se queremos aceitar ou não, nos 4,5 milhões anos que a Terra tem existido, é possível que outras civilizações avançadas do ponto de vista tecnológico e espiritual existiram.

Claro, os cientistas não sabem o que dizer quando se trata de explicar como poderia ter sido produzida esta explosão atômica. Ao lermos o famoso épico Maabárata, descobrimos uma descrição do que aconteceu em Mohenjo Daro.

Um dia, por razões desconhecidas, uma bola de fogo foi vista no céu. Ela enviou um feixe muito poderosa para Mohenjo Daro, e em poucos segundos tudo estava acabado. A explosão queimou ambos os seres humanos e animais, e tudo foi silenciado.

O que realmente aconteceu? Estariam o Maabárata e o Ramayana descrevendo as explosões de bombas nucleares que ocorreram no passado distante da humanidade? Se assim for, de onde vieram?

Poderia ser que pelo menos um holocausto nuclear ocorreu cerca de 12.000 anos atrás?

(Fonte)

Realmente, nosso passado precisa ser reanalisado e nossos livros de história reescritos. O artigo acima mostra somente uma de muitas indicações de que estão nos repassando a história errada.

Seriam os armamentos descritos no Maabárata reais, ou somente fruto da imaginação de mentes belicosas humanas?

n3m3

antiguidade humanaexplosão atômicaexplosão nuclearÍndiaMahabharataMohenjo Daro
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (61)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • EtevaldoS

    Penso que um meteorito causaria o mesmo efeito de uma explosão nuclear.

    • Amapola

      E muitos meteoritos?

    • Spock

      Mas e a radioatividade?
      \//_

      • Navegador Maluco

        Lógica Vulcana! Da boa! kkkkkk

      • EtevaldoS

        Meteorito radioativo. Por quê não?

      • sanduul

        radioatividade é extremamente comum no planeta e fora.. o que diferençia é a intensidade.

        o que o etevaldo disse pode ser uma boa teoria…

        BANANAS

        Bananas são outra fonte de alimento natural de material radioativo. A
        concentração radioativa no sector das bananas é uma pCi / kg de
        radônio-226 e 3520 pCi / kg de potássio-40. O consumo de bananas também
        fornecer benéficas propriedades medicinais. De acordo com BBCNews, o
        consumo de alimentos ricos em potássio, como bananas é eficaz na
        regulação da pressão arterial. Bananas contêm produtos químicos que
        inibem a enzima de conversão da angiotensina, que actua para contrair os
        vasos sanguíneos e aumentar a pressão sanguínea.

        BATATAS

        Batatas brancas também contêm uma concentração significativa de
        materiais radioactivos naturais. A concentração radioativa em batatas
        brancas é 1-2,5 pCi / kg de radônio-226 e 3400 pCi / kg de
        potássio-40.Segundo o Departamento de Agricultura dos EUA, as batatas
        são fonte muito rica de muitas vitaminas e minerais essenciais, como
        vitamina C, ácido fólico, flavonóides e kukoamines. Kukoamines são
        compostos químicos encontrados em batatas brancas que têm efeitos
        redutores da pressão arterial no corpo humano.

        MANTEIGA DE AMENDOIM

        A manteiga de amendoim tem algumas das mais baixas concentrações de
        radiação a uma mera 0,12 pCi / g vem de uma combinação de 40 K, 226 Ra e
        228 Ra. Seria mais provável que você matar a partir dos 3,3 gramas de
        gordura saturada e 12,3 gramas de gordura insaturada por duas colheres
        de sopa.

        BATATAS BRANCAS

        Batatas brancas também contêm uma concentração significativa de
        materiais radioactivos naturais. A concentração radioativa em batatas
        brancas é 1-2,5 pCi / kg de radônio-226 e 3400 pCi / kg de
        potássio-40.Segundo o Departamento de Agricultura dos EUA, as batatas
        são fonte muito rica de muitas vitaminas e minerais essenciais, como
        vitamina C, ácido fólico, flavonóides e kukoamines. Kukoamines são
        compostos químicos encontrados em batatas brancas que têm efeitos
        redutores da pressão arterial no corpo humano.

        CENOURAS

        Cenouras e batatas juntamente lhe renderá 6800 pCi / kg, como cenouras
        transportar uma quantidade equivalente de potássio radioativo de
        batatas.

        FEIJÃO

        Outra razão para odiar feijão; Radon-226 e potássio-40 estão presentes
        em concentrações significativas no feijão. A concentração radioativa em
        feijão é de 2 a 5 PCI / kg de radônio-226 e 4640 pCi / kg de
        potássio-40. O consumo de feijão pode levar a muitos benefícios
        medicinais. De acordo com a Universidade de Maryland Medical Center,
        feijão também são uma fonte muito rica de ferro, que pode pode
        beneficiar indivíduos em uma dieta rica em ferro para o tratamento de
        anemia ferropriva.

        • Navegador Maluco

          Bacana sua pesquisa! Só faltou dizer uma, talvez a mais radioativa de todas:
          A água! As concentrações de 226Ra, 228Ra e 210Pb foram analisadas em 35 amostras de água mineral
          engarrafada consumidas pela população dos Estados de São Paulo e Minas Gerais. Foram
          observadas concentrações de 226Ra variando de <2,2 a 647 mBq/L, enquanto as concentrações de
          228Ra variaram de 12 a 741 mBq/L. Foram determinadas nas mesmas amostras, concentrações de
          210Pb de até 85 mBq/L. Estes resultados foram utilizados na estimativa das doses efetivas
          comprometidas e das doses coletivas devido à ingestão destas águas. Doses efetivas de até 1,3×10-1
          mSv/a, 3,6×10-1
          mSv/a e 4,3×10-2
          mSv/a foram estimadas, considerando-se a ingestão de 226Ra,
          228Ra e 210Pb, respectivamente. A dose efetiva média total foi de 5,6×10-2
          mSv/a, representando
          menos que 2,3% da dose efetiva média atribuída anualmente à radiação natural. A partir deste valor,
          a dose efetiva coletiva nos indivíduos do público que ingerem água mineral engarrafada foi
          calculada considerando-se dois cenários: a) o consumo das águas minerais engarrafadas por toda a
          população brasileira, 138 homem-Sievert; b) a ingestão destas águas pela população da região
          Sudeste do Brasil, 90 homem-Sievert.

          • sanduul

            isso ai guri… ingerimos radiaçao todos os dias

            • Navegador Maluco

              E da boa! KKkkk Essa realmente é! Sem ela não existiríamos!

  • Amapola

    ” Nosso passado precisa ser reanalisado urgentemente. ”
    Precisa mesmo!
    Para os valentes, mais um vídeo.
    Alcyon Plêiades 58: Antiga guerra nuclear e risco atual, DNA cósmico, aliens governo, bunkers
    Bom domingo a todos.

  • New Noob Novato

    Toda explosão nuclear deixa isótopos radioativos um pouco acima do normal facilmente detectáveis por equipamentos de medição nuclear… O decaimento atômico demora milhares e milhares de anos para igualar-se

    • Navegador Maluco

      Esses vestígios ainda existem em vários lugares do planeta.

  • PEDAL DEMOS

    É óbvio que civilizações avançadas já existiram, e de tempos em tempos, “alguém”, detona com tudo para começar tudo de novo, do zero, com um novo Deus, um novo livro sagrado, um novo salvador, por aí vai. Assim, o ciclo continua a mesma coisa, o ser humano, continua sendo guiado como otário, para lá e para cá.

    • Navegador Maluco

      Mais ou menos por ai mesmo! Acho que não fugiria muito disso, a não ser pelo fato do verdadeiro Criador Supremo não interferir diretamente nas coisas como muitos afirmam, se assim o fosse, Ele mesmo não seguiria sua cartilha, anularia a lei básica que ele próprio criou, o ‘”LIVRE ARBÍTRIO”.

  • Major Tom Starman

    Na Bíblia, em Gênesis 19, 24 está escrito: “Então o Senhor fez chover ENXOFRE E FOGO do Senhor desde os céus, sobre Sodoma e Gomorra;” – Pesquisadores arqueólogos encontraram vestígios de radioatividade na região onde se acredita terem existido estas duas cidades, onde hoje é o território da Jordânia, próximo ao mar morto.

    • Navegador Maluco

      Isso mesmo, já abordei esse tema aqui várias vezes! Fizeram Kabum Atômico em Sodoma e Gomorra! Kkkk

      • Major Tom Starman

        pode ser que o Ets fizeram a mando do Criador

        • Navegador Maluco

          Qual deles? Aquele que cria a vida ou aquele que a destrói? Um deles é o polo positivo, e outro o pólo negativo. O Criador Supremo é apenas um, Ele é um Criador e não um arquiteto.

          • Eduardo Silva

            Sim, ele é um criador e não um arquiteto. Até porque, se arquiteto fosse, teria “arquitetado” a área de lazer bem longe da rede de esgoto, não é mesmo?

            • Navegador Maluco

              Kkkkkkkkkk genial! Concordo com você!

          • Major Tom Starman

            Só há um único Deus..criador de tudo e de todos…e ele não permitiria uma interferência externa pra destruir algo aqui na Terra….as guerras que ocorrem entre nós humanos durante tantos e tantos séculos deixaram e deixam o coração de Deus muito triste, em ver a sua criação se auto destruir…mas uma raça de aliens atuando aqui para fazer algo tão grande, como destruir uma cidade, só iria acontecer com a permissão de Deus!

            • Navegador Maluco

              Mas ai é que está o ponto! Nunca interferiu diretamente no livre arbítrio dos seres humanos, e não o faz em relação a outros seres também, tais seres não interferiram a mando dele, houve confusão ou “manipulação” em relação a isso, como ainda acontece nos dias de hoje, exemplo disso: Fátima Portugal, e nova temática religiosa que vem surgindo no mundo, “Os adoradores de OVNIS”, cultos a Ashtar Sheran e outras tantas divindades que estão surgindo, só porque ainda não se apresentaram publicamente, e possuem habilidades e tecnologias mal compreendidas, não significa que sejam ”deuses”, apenas seres altamente evoluídos com mais conhecimento.

              • Major Tom Starman

                culto aos ets é uma coisa….não se pode associar tudo o que ocorre em nosso planeta como ação de aliens…em Sodoma e Gomorra, se caso foi ação de extras terrestres, só seria possível com a permissão de Deus. Em Fátima não foi ação de Ets. Provavelmente o fato de o sol ter se movido no céu não foi um movimento no seu eixo, ele não se moveu pelo espaço, mas aqui na Terra as pessoas tiveram essa sensação, acredito que a temperatura possa ter aumentado e a luminosidade do sol tb aumentou…alí, nesse evento, não foi ação de ovnis

                • Navegador Maluco

                  Se é o que diz!

              • Adriane Costa

                Sobre os deuses os q tem representaçao em imagens eu acredito q todos sao os msm, mas sofreram mudanças pelo tempo e por conta da separaçao das linguas, o misterio pra mim é o Criador invisivel, ja li q isso surgiu no Zoroastrismo e ele era uma deidade bem-mal e influenciou o judaismo, isla e cristianismo, e coincidencia ou ñ tem relato q ele falou com o profeta por meio do fogo, bem parecido com Moises, pela pesquisa q fiz sabe-se muito pouco sobre essa religiao, despertou minha curiosidade pela origem na persia onde tem varias representaçoes de seres alados com barbas

  • RGJ

    O mesmo aconteceu no passado em Marte, já foram detectadas duas grandes áreas onde foram detonadas explosões atômica. Se aqui mesmo no nosso planeta, os nossos cientistas se negam a encararem os fatos, imagine em outros planetas. Isto só mostra que, no nosso passado, chegamos a níveis tecnológicos em que viajávamos pelas estrelas e até colonizávamos outros mundos, pois éramos tecnologicamente capazes; A pergunta a ser feita seria :” Chegamos ao ponto de criarmos um conflito entre nossa própria civilização, ou entramos com conflito com outras civilizações? “.

    • Navegador Maluco

      Ótima pergunta meu amigo!

      • Toinho

        Em minha modesta opinião é de que nossos colonizadores celestes, ajudados por outras civilizações planetárias, construíram aqui um campo avançado de experiencias o que culminou em destruição não só de tudo criado por aqui como também de colonizações em outros planetas e a destruição do planeta que ficava entre Marte e Júpiter (Cinturão de Asteroides).

    • SENAM

      D’AONDE podem vir muitos dos “OVNIS” da atualidade com seres muito parecidos e que podem passar despercebidos no nosso meio…e nós não aprendemos…mas como aprender sem conhecimento. Será que foi assim no passado …e no passado …e etc?
      Abç

  • HGWELLSS

    Bem , já disse inúmeras vezes , aqui que nossa raça é uma entre inúmeras raças que povoou o planeta
    e que nossa história não é única no planeta , para chegar a esta hipótese não precisa ser nenhum expert , basta observar os rastros deixados , encontradas por arqueólogos e registrados aqui como ARQUEOLOGIA PROIBIDA !
    O que nos cega é o passar do tempo , pois há muito que descobrir em torno da vida no planeta TERRA !
    E mais , tenho certeza de que uma minoria conhece muito bem a verdadeira história e que de certa forma ela poderia tirar os grilhões que nos escraviza , a começar pela energia limpa e gratuita que nosso próprio planeta gera , que seria um dos frutos desse desacobertamento !

    Um excelente domingo a todos e um fraternal abraço do amigo de sempre !

    Walter Loo !

    • Navegador Maluco

      Exatamente! Disse tudo!

  • aland_55

    Se realmente houveram, como parece, tais civilizações antes da nossa e se acabaram, não parece que estamos no mesmo caminho? O pior é que é que tais fatos já estão inseridos na mente como fatalidades inevitáveis. Há entre nós, uma divisão intencional provocada pelos negativos. Usam estratégias tais como amá-los e aceitá-los, permitindo todo tipo de atrocidades. O objetivo é impedir uma frequência positiva que poderia mudar o planeta, quebrando o ciclo.

  • Spock

    Na mitologia da antiga Índia:
    Existem as tabuletas Naacal de difícil acesso. São tabuletas provenientes das sete Rashi ou cidades sagradas da Índia. São acondicionadas em caixas de madeira em algum monastério.
    A informação em forma de mitologia é que… “Desde tres vezes vinte giros do sol, conduzia-se a guerra entre os filhos da terra-mãe e os malvados senhores da terra dos cinco anéis do lado oposto do mar. E os filhos da terra-mãe tinham poderosos aliados em Lanka e nas outras terras por eles conquistadas. E os aliados voavam dentro dos vimana e dispunham de armas invencíveis. E Ra-Mu, o senhor de terra-mãe fornecera a eles a Ardra que produz a névoa através do qual os malvados senhores da cidade dos cinco anéis não podiam ver e também o Lakshia, a poderosa flecha que pode ser seguida no seu curso. E o Darama, a arma que despedaça e o Jambaka cheio de espíritos malignos. E a arma de mão de nome Murchchdana que suspende todas as sensações e que pode levar à morte mas que não podia ser usada pelos inimigos que se apossavam dela. Outra arma era o Soumanva que controla a mente. Só que os tais filhos da terra-mãe também tinham inmigos nas sete cidades e Rava-Nu era um deles. Foi Rava-Nu que lançou sobre Lanka o Tvashtar que possui o poder do arquiteto dos deuses. A vingança de Ra-Mu foi terrível mas ele não concretizou pois temia usar a Sandarta que era a arma definitiva mas que poderia destruir o mundo inteiro.”

    Muitas dessas designações eu tive uma ligeira dificuldade em transpor para ooos nossos conceitos… entretatnto quem tiver mais tempo de pesquisar que somatize aqui:

    Ra-Mu >>> Evidente que se trata de Rama.
    Rava-Nu >>> Só pode ser Ravena.
    Lanka >>>> Estamos a falar da ilha de Ceilão ou Sri Lanka.
    Vimana >>> Era o caça da época ou a máquina de voo!
    Ardra >>>> Essa aqui eu não consegui decifrar.
    Lakshia >>>> Entendi como sendo um míssil.
    Darama >>>> Talvez… apenas talvez se trate de granadas.
    Jambaka >>>> Difícil uma transposição!!!!
    Murchchdana >>> Está mais para histórias em quadrinhos. Mas podia se tratar de algum tipo de pistola cuja munição não era pólvora!
    Soumanva >>>> Alguém tem idéia de uma arma atual dos EUA que possam controlar mentes?
    Tvashtar >>> Sem dúvida nenhuma é uma bomba atômica.
    Sandarta >>>> Essa me foi um desafio!!! Existem lendas sim na Índia antiga sobre pedra suspensas. Talvez essa Sandarta seja a raiz dessas lendas. Imagino que o grau de periculosidade dessa arma era tão grande que não foi usada por se tratar… raciocinei eu… de uma forma de antimatéria!
    Ufa.
    \//_

    • Navegador Maluco

      Muto bom Sr Spock! A mente Vulcana entrando em ação! Haja tecnologia utilizada naquele tempo! E todas elas associadas ao puro misticismo, a divindades supremas e sua supremas magias celestiais, resumo da coisa toda: TECNOLOGIA MAL COMPREENDIDA, pelo autores que a testemunharam em sua época.

      • PALEOSETI

        E a grande questão sobre os milagres, surge:
        1) Poder divino
        2) Magia
        3) Tecnologia

        • Navegador Maluco

          As questões estão todas elas divididas, os casos também, vou te dar um exemplo bem comum em um paralítico voltar a andar, será que o milagre vem da fonte externa ou interna? Será que isso seria a ação do curandeiro que tem poderes mágicos, ou o paralítico se auto-curou? Não nos foi negadas certas habilidades as quais deveríamos ter? No caso de explosões atômicas no passado seria mesmo um milagre? Seria sim, o milagre do conhecimento em se produzir um artefato de destruição (um fogo mágico que destrói). Poder Divino creio eu que deva existir além daquilo que conhecemos, pois só conhecemos o que é relativo ao nosso mundo em nosso tempo. Existem outras dimensões nas quais talvez o tempo nem exista como o temos por padrão.

          • PALEOSETI

            P E R F E I T O.

            • Navegador Maluco

              Grato amigo! Fique na paz e na luz sempre!

        • Joao Paulo Jesus Flores

          Como dizem neh, a tecnologia quando está muito avançada é indistinguível da magia

        • Adriane Costa

          Pode ser os tres! Ou a tecnologia é o poder divino e a magia numa forma nao compreendida ainda.

    • EtevaldoS

      “Soumanva >>>> Alguém tem idéia de uma arma atual dos EUA que possam controlar mentes?”
      Televisão.

      • Navegador Maluco

        Internet! Controle nas nuvens!

        • Navegador Maluco

          Sinais subliminares enviados por ondas de rádio frequência, partindo da Rede mundial de informações (Internet), via rádio através das emissoras de TV e Rádio modulado, tudo redirecionado pelos satélites espalhados por todo planeta.

    • dora petris

      Muito bem Spock, gostei da sua análise. Acredito que seja por aí mesmo.
      Parabéns!!

  • Luiz J Apolo

    Esse efeito pode ser causado por meteoros mas eu acredito que antigas civilizações tinham uma
    tecnologia fantástica em ciências e física atômica. Os antigos Lemurianos e Atlantes já tinham desenvolvido armas desse tipo, os textos antigos mostram isso através de metáforas e parábolas e isso da uma impressão de cunho mitológico e de fantasia.

  • Navegador Maluco

    Belíssima matéria! Já tinha estudado muito sobre isso, mas para os que ainda não sabem é bem interessante. Não tenho muito a acrescentar a não ser em dizer aquilo que todos já sabem, os governos mentém, os poderosos enganam e manipulam as massas, o que não é novidade alguma.

  • Amapola

    ” Carregada com todo o poder do universo, uma coluna incandescente de fumaça e fogo, tão brilhante quanto dez mil sois, elevou-se com todo o seu esplendor…

  • Amapola

    “” Será que estamos à beira de um terrível holocausto com efeitos imprevisíveis? “”
    Parece que sim, se não fizermos nada.
    Ver:
    Alcyon Plêiades 58:

    • Navegador Maluco

      É a dança cósmica não é mesmo? Uma força constrói e a outra destrói, e ai o ciclo todo recomeça novamente, destruição e reconstrução, tudo se encaixa perfeitamente na agenda cósmica.

      • Amapola

        Exatamente !
        Viste o final do vídeo?
        Todo o poder do grande Senhor Shiva, em sua dança cósmica e atômica. Espetacular e aterrador ao mesmo tempo.
        Uma aula para ser bem estudada e compreendida. Abraço.

        • Navegador Maluco

          Olá tudo bem? Não assisti a esse vídeo, mas prometo que irei assistir, os conhecimentos fluem para mim quase que do nada, talvez seja a rede Akáshica de informações kkkk vai saber né! Um Abraço de luz a você!

          • Amapola

            Então a tua rede akáshika está muito boa! A minha tive que abrir praticamente a marteladas. (o vídeo é muito necessário…)

            • Navegador Maluco

              Kkkkkkkkk

  • Francisco Antônio Muniz Gomez

    Bem pode ter acontecido antes, mas com certeza não foi artefato da terra ou do homem da época.

    • LuaPequena

      Olá Toninho !
      Certeza de que era daqui ou se extra, não teremos, pois creio que tenha sido uma época em que os seres da Terra se misturavam aos seres ” que do céu à terra desceram ” ou melhor dizendo, aos extraterrestres !
      Tudo junto e misturado, formando uma raça de deuses e mortais.
      Da primeira geração de HÍBRIDOS !
      Portanto, essa tecnologia pode ser muito mais antiga do que possamos fazer ideia !
      Deuses que se digladiavam em pleno céu, às vistas dos mortais e que foram retratados em pinturas e tapeçarias !
      Não nos contaram a nossa verdadeira história !
      Mentiram pra nós !
      Exatamente, como fazem até os dias de hoje !
      Abração !

  • Joao Paulo Jesus Flores

    Si todas as informaçoes citadas ai forem mesmo verdadeiras então não restam que de fato ocorreu uma explosão nuclear no passado, ficaria na dúvida si foi feita por xtras ou uma antiga civilização humana desenvolvida

  • TRUYTS

    Triste…. Somos uma raça sem passado.
    Deveríamos ser humanos uns com os outros, mas somos dominadores e dominados. Onde o mais forte apaga a história do mais fraco. Civilizações perdidas, conhecimento perdido, vidas perdidas, história perdida.
    O que seria da raça humana hoje, se tivesse guardado sua história, sua raíz, suas culturas. Sem dogmas, sem leis favorecendo a meia dúzia. Seríamos mais avançados? Seríamos mais civilizados? Seríamos mais humanos?

    • LuaPequena

      Boa noite TRUYTS !
      A resposta para todas as interrogações abordadas em seu comentário é um redundante SIM !!!
      Seríamos mais avançados, civilizados e muito mais HUMANOS, pois conhecimento é poder, é EVOLUÇÃO !
      Não nos foi permitido conhecer a verdadeira história, para que os detentores deste conhecimento pudessem nos manter sob seu julgo, ” debaixo ” de suas ordens.
      Teria-nos sido permitido galgar patamares muito mais elevados em nossas vidas, tanto no campo tecnológico, quanto no chamado espiritual, se não tivéssemos sido tolidos do SABER!
      Seríamos seres avançados sim mas, SERÍAMOS VERDADEIRAMENTE HUMANOS e não isso que nos tornamos !
      Somos produto das mentiras que foram sendo passadas de pai para filho, durante milhares de gerações, sempre no intuito de nos manter na ” ESCURIDÃO” da verdade, do conhecimento !
      E se formos analisar profundamente esta questão, chegaremos a uma conclusão terrível, isto não começou com nossos governantes mas, desde que fomos criados, isto é , vem desde de o tal PARAÍSO, onde Adão e Eva foram proibidos, por D.3us , de comer da
      ” ÁRVORE DO CONHECIMENTO ” !
      É Rapaz, somos meras marionetes nas mãos dos que detêm o CONHECIMENTO !
      Fadados à mediocridade humana !
      Abração !

  • Kaczmarczik

    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * Boa Noite a Todos!!! * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *
    ____________ Enquanto a CIÊncia estiver nas mãos do sistema o verdadeiro passado da humanidade ainda estará oculto… Desde milênios há guerras entre raças aliens inimigas entre si – inimizades estas que se estendem até às civilizações humanas que sejam aliadas de cada raça alien, daí por que a humanidade não se une de uma vez contra seus problemas porque há nações que fizeram parcerias com determinadas raças aliens e estas algumas são inimigas uma das outras, isso explicaria a discórdia entre nações poderosas… Há indícios de que Tunguska tenha sido um evento ligado a uma batalha entre raças aliens inimigas, daí que a nave atingida veio a explodir e se desintegrar totalmente!!!!
    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

  • cyrocs

    Bom dia a todos.

    O artigo do site “Matrix World Disclosure” apresenta informações inverídicas
    como:

    “…existem camadas espessas de argila e vidro verde no interior da cidade.”
    “…os esqueletos dos habitantes da cidade estavam espalhados por toda parte…”

    E esta afirmação?

    “…os arqueólogos descobriram que Mohenjo Daro foi destruída depois de uma explosão
    nuclear.”

    Que arqueólogos? Onde essa pesquisa foi publicada?

    Quem quiser ler algo menos fantasioso sobre Mohenjo Daro pode usar o link (trocar os
    * por .):

    www*conhecimentohoje*com*br/Recentes594.htm

  • Helio Pereira

    De vez em quando tenho escrito em OVINIS sobre minha crença de que a humanidade evolui em ciclos. Esta é uma outra possibilidade além dos alienígenas do passado. Já falei da possibilidade de em algum fim de ciclo e início de outro um grupo de pessoas possam ter sido preservadas criando uma população que continuou no ciclo seguinte levando consigo suas experiências tecnológicas. Deve-se escolher a hipótese mais simples e acrescentar complicações somente se for necessário.