O que acontecerá se a ciência provar a existência de extraterrestres?

Tempo de leitura: 4 min.

Seth Shostak, astrônomo sênior do Instituto SETI (Procura por Inteligência Extraterrestre) recém publicou um artigo interessante no site de notícias estadunidense NBC News. Veja:

Primeiro veio a sugestão de que uma “megaestrutura alienígena” havia sido observada em torno da estrela KIC 8462852, também conhecida como Estrela Tabby. Meses depois, as pessoas estavam falando sobre um sinal captado por um telescópio russo que alguns pensaram que havia sido transmitido dos arredores de um primo estelar do Sol. E pouco depois disso, a antena Cyclopean Arecibo em Porto Rico relatou sinais estranhos que pareciam vir da estrela anã Ross 128, a escassos 11 anos-luz de distância.

Essa cadência acelerada de surpresas celestiais pode fazer parecer que estamos a ponto de provar a existência de extraterrestres. Mas só porque o ninho de corvos anuncia nuvens no horizonte não significa que você está perto de pousar.

Estas três afirmações que pretendem mostrar a existência de alienígenas não foram filtradas. Mas o que acontece se alguma reivindicação futura for? Que preparações estão em vigor para lidar com a descoberta de um sinal de rádio ou um flash laser que provaria sem duvida que temos competidores cósmicos? O governo tem um plano? Alguém?

Muitas pessoas pensam que existe um plano. Um plano secreto. Uma pesquisa recente indicou que 55 por cento da população acha que a descoberta de extraterrestres seria suprimida – eliminada para evitar o pânico generalizado. Apenas 19% acredita que os federais iriam expor a existência de ETs.

Esse acobertamento seria praticamente impossível de ser executado. Não há política de sigilo, e a confirmação do sinal envolverá equipes de cientistas em todo o mundo. Mas deixando isso de lado, o fato de tantas pessoas acreditarem que isto pode ocorrer atesta uma falta de confiança desencorajadora, tanto na ciência como na capacidade do público para lidar com as notícias.

Então, qual é a verdade sobre o que aconteceria se descobríssemos alienígenas inteligentes? Em 1989, quando um já extinto programa da NASA para procurar inteligência extraterrestre estava ganhando força, protocolos foram elaborados para explicar as melhores práticas no caso da pesquisa ser bem sucedida. Estes foram posteriormente atualizados e simplificados pelo Comitê Permanente SETI da Academia Internacional de Astronáutica . (Clique aqui para ver os protocolos revisados.[em inglês])

Há realmente apenas três componentes importantes para este texto de duas páginas. Primeiro, a detecção de vida alienígena deve ser cuidadosamente verificada por observações repetidas. Em segundo lugar, a descoberta deve ser divulgada. Em terceiro lugar, nenhuma resposta deve ser enviada sem consulta internacional.

Tudo isso parece algo tranquilo e de bom senso. Mas há uma suposição implícita aqui: a saber, que captar sinais de outro mundo será um “momento Hollywood”. Assumimos que isto ocorrerá da mesma forma que acontece nos filmes: cientistas estupefatos, já preparados para mais uma década ou duas de pesquisas infrutíferas, são de repente sacudidos pela empolgação quando um sinal chega ao seu equipamento. Em seguida, eles passam cerca de 10 minutos girando botões e gritando um para o outro, e após eles presumivelmente abrem uma gaveta da mesa e retiram os protocolos.

Na verdade, eles nunca fazem essa última ação nos filmes. E eles também não o fariam na vida real. Nos muitos anos de esforços da SETI, houve inúmeros alarmes falsos, além dos três mencionados no topo deste artigo. E o que acontece sempre é que a mídia imediatamente começa a relatar a história. Há quase sempre um pouco de sensacionalismo e alguns fatos ilegíveis, mas a notícia está lá muito antes que os pesquisadores tenham conseguido verificar o sinal, conforme especificado pelos protocolos.

Essa é a verdade do assunto. Realmente, é. Claro, falar de “protocolos” tem certa sobriedade, mas isso só funcionaria para uma descoberta de Hollywood.

Mas há uma questão mais profunda aqui – uma que é muito mais difícil de responder: qual seria o efeito a longo prazo de descobrirmos que não estamos sós? Desistiríamos da religião? Teríamos que parar de guerra? Nós encolheríamos diante da possível agressão interestelar?

Diante de tais questões, os cientistas sociais tendem a procurar analogias históricas. Por exemplo, quais foram as conseqüências quando Colombo descobriu o continente americano (ou se você preferir, quando os Vikings ou os asiáticos da Idade do Gelo o fizeram)? Um problema aqui é que a analogia não é adequada. Essas pessoas não estavam fazendo pesquisas por sua própria causa. Encontraram algo novo por acidente.

Uma melhor analogia pode ser a descoberta da Antártica ou a fonte do Nilo. Esses foram os esforços de exploração. Mas mesmo esses são guias pobres de como devemos nos preparar para a descoberta de alienígenas inteligentes ou antecipar seus efeitos.

Os exploradores do Século XIX não tinham protocolos além de escrever suas experiências. Além disso, as eventuais conseqüências de suas descobertas foram completamente incalculáveis. Você acha que Fabian von Bellingshausen, que viu pela primeira vez o continente antártico em 1820, poderia ter antecipado que menos de 200 anos depois haveria uma base de pesquisa no Pólo Sul, ou que os navios de cruzeiro levariam os turistas para essas latitudes abandonadas?

Há pouca certeza sobre quais as conseqüências de confirmarmos a existência de alienígenas, mas há isso: imediatamente saberemos algo muito importante. Saberemos que não somos nem únicos nem especiais. Mas se você perguntar o que o legado dessa descoberta será daqui a centenas ou milhares de ano, simplesmente não há como chegar a uma resposta que seja útil ou precisa.

(Fonte)

Sou grande fã de Seth Shostek, um cientista que tem a mente aberta e não desconsidera nenhuma possibilidade, ao contrário da maioria deles quando se trata do assunto ‘vida extraterrestre’.  Infelizmente, a maioria desses outros cientistas tem algum tipo de ‘alienigenofobia‘ escondido em seus subconscientes. Alguns até torcem para que qualquer indicação da existência desses seres não seja verdadeira, muitas vezes preferindo postular teorias contrárias absurdas, somente para descartarem quaisquer indicações que possam abalar seus paradigmas.

Mas retornando ao artigo de Seth Shostak, embora ele tenha sido praticamente perfeito em suas colocações, só discordo de uma delas: de que a notícia da captação de um sinal alienígena se espalharia mais rapidamente do que ‘aqueles que estão no poder’ poderiam contê-la, pois não há política de sigilo.  Ora, é óbvio que se, por razões óbvias, existisse uma política de sigilo, ela não seria pública, mas somente restrita àqueles empenhados em acobertar a verdade.

Como já vimos em várias das notícias que foram publicadas ao longo dos anos sobre possíveis sinais alienígenas, e como também foi mencionado por Shostek, a primeira coisa que é feita quando há a suspeita de que um sinal vindo do espaço seja de origem inteligente é a sua publicação pelos meios de imprensa. Porém, como pode-se ver em seus históricos, logo depois todas essas notícias de possíveis sinais, sem exceção até hoje, são contestadas e supostamente derrubadas, na maioria das vezes por aqueles cientistas que são ‘alienigenofôbicos‘.

Obviamente, com isso não quero dizer que todos esses sinais captados até hoje tenham sido oriundos de civilizações inteligentes além da Terra, mas sim que é muito fácil derrubar qualquer indicação de que um ou outro sinal tenha sido, da mesma forma como o governo dos Estados Unidos costumava ‘desbancar’ avistamentos de OVNIs incontestáveis pelas testemunhas, dizendo que se tratava de ‘gás do pântano’, ou do planeta Vênus (aparentemente naquela época gás do pântano e o planeta Vênus se deslocavam em velocidades incríveis). 

Mas o lado positivo que Seth Shostak, na minha visão, provou de forma magnífica, é o de que se uma civilização alienígena avançada entrasse em contato conosco, não teríamos uma situação análoga aos desbravadores espanhóis e portugueses do Século XV, que saquearam as riquezas dos povos nativos e destruíram suas culturas, mas sim algo até mais bem organizado do que as descobertas do Século XIX.  E é claro, essa declaração de Shostak contraria totalmente as de Stephen Hawking, o qual acha que os ETs querem fazer churrasco de nós humanos.

Veja abaixo um outro excelente artigo publicado por Seth Shostak, deixando ainda aberta a questão do famoso Sinal WOW!, que assombrou os astrônomos no final da década de 1970, e que recentemente alguns astrônomos postularam que se tratava de sinais gerados por cometas:

O sinal Wow! ainda pode ser de ETs, diz astrônomo do SETI

n3m3

alienígenasastronomiaSeth Shostakvida extraterrestre
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (36)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • Nilton Monteiro

    bem,acredito que a ciencia nao vai provar nada……as vezes ela admite e nao adimite e sim nos……porem nao vai acontecer nada…apenas vamos integrar o acontecimento sem muito tralma e medo….ja sabemos que existem e imaginamos erradamente os ets….e melhor eles aparecerem de vez para dismetificar o enigma…….e nao ficarem na sombra……..estamos prontos a muito e se demorar nos e que vamos achalos adiante……um abraço a todos fui…i……..

    • Kaczmarczik

      boa noite sr @disqus_ItjUsCLLPq:disqus !!!!!!!

  • Rui Oliveira

    Eles existem e ponto final! Os governos, nomeadamente o Americano e a igreja, ao longo dos tempos criaram um enredo tão grande e complicado de desmontar que só quando eles decidirem aparecer diante da humanidade é que se vai esclarecer tudo!

  • SERLON

    Pra muitos o certo seria perguntar…
    O que acontecerá se a ciência REVELAR a existência de extraterrestres?
    Provas com certeza já existem…

  • Tmago

    Só conseguirá provar na hora q ocuparem os céus, fora disso não deixarão. Alegarão q a prova é falsa, coisas desse tipo. Entendam q há um poder atrás do poder, e um zilhões de vezes maior atrás desses dois.

    • SERLON

      “Um poder atrás do poder´´
      Pra mim fez muito sentido..

  • Grizzy

    Hollywood mais parece aqueles alimentos super saturados de açúcar, gordura ou glúten. Uma delícia, mas fazem um mal danado. Não alimentam, não contém todos os nutrientes necessários, engordam e ninguém aguenta comer por muito tempo. Mas enganam e fazem a gente se sentir feliz. Ah, falando em política do sigilo, mas é claro que ela existe e tem lá os seus agentes.

  • aland_55

    Nossa geração ainda tem profundamente arraigado as crenças tradicionais (isso inclui os cientistas). Uma quebra repentina de paradigmas traria instabilidade emocional profunda, com resultados imprevisiveis. É muito fácil falar quando se está assistindo de longe, no entanto se acontecer com você diretamente, muda a conversa. Baseado nisto, as pessoas, ou preferem ignorar ou procurar alternativas que propiciem maior conforto emocional (perfeitamente normal).

  • T.Burt Yllumn

    Nada é o que parece ser.
    Em alusão ao questionamento é previsível um grande alvoroço e pânico inicial da população comum. Após alguns meses muitos cientistas e pesquisadores independentes irão contestar a descoberta. Após um tempo irão dizer que as autoridades sempre sabiam destas informações. Também irão ter teorias dizendo que os ET eram uma farsa criada pelos militares e lideranças interessadas em desinstabilizar a política, economia e crenças religiosas.
    Teremos conspirações contra a própria revelação da verdade explícita.
    Yllumn.

    • Kaczmarczik

      eu gosto muito desse desenho

  • Ze pintado

    Quanto a existência de alienígenas, não existe mais dúvidas nenhuma. Ou será que o criador fez o universo só pra nós? É essa máxima do Cristo que disse: a muitas moradas na casa de meu pai! Onde é a casa do criador? O universo é claro.

    • SERLON

      “O criador´´Eis ai talvez uns dos maires imbróglios que não permite a tão sonhada revelação da verdade extraterrestre…
      Um fraterno abraço…

      • Kaczmarczik

        mas se no Livrão fala de outros mundos então…. Os ExTras foram feitos pelo Criador também!!!!O que impede a revelação da verdade extraterrestre é a “zelite” que controla a Ciência dominante e também algumas religiões como aquela que surgiu em Roma……….

        • SERLON

          kkkkkkk….
          A zelite,sempre a velha desculpa…
          Esqueça a zelite e procure por outras respostas…
          Um fraterno abraço….

          • Kaczmarczik

            não seria o LIvrão,pelo que eu saiba, mas poderia ser os líderes religiosos…. Mas a “zelite” representada pela pirâmide que tudo vê controla até mesmo a Ciência humana, não permitindo que se estude com detalhes sobre a presença alien na Terra…

  • Abel Aureliano Seraphin Junior

    Não creio que o Shostak seja ingênuo em relação as forças “ocultas”, creio que ele está sendo sensato, pois sabemos o que ocorre com os cientistas que “deram com a língua nos dentes”. O desacobertamente, se vier, virá pelos próprios Aliens.

  • Hannah_Cat

    Eu não espero nada da ciência neste aspecto. Há tantas evidências históricas e tantos outros enigmas espalhados neste planeta, que não se consegue explicar (porém teorizar e especular) “como foram feitos em determinados lugares, por quem e por quais motivos” que para mim são indícios mais do que suficientes. A começar pelo elo perdido que é a nossa própria espécie humana. O aparecimento de nossa espécie não tem materialidade, apesar das buscas arqueológicas.
    Provas da nossa ciência não espero nenhuma, mesmo porque a ciência ora diz, ora se contradiz sobre diversos assuntos, então o importante na ciência atual é saber “o que funciona”.
    Eu espero são esses ETs mostrarem a sua cara, aparecerem sem margem para dúvidas. Simples assim.

    • SERLON

      “Eu espero esses ETs mostrarem a sua cara, aparecerem sem margem para dúvidas. Simples assim´´
      Não é tão simples assim assim Hannah,diante da certeza que tenho passei a me questionar e procurar o porque desse acobertamento e depois de uma busca incessante cheguei a uma resposta que para mim é lógica,mas para muitos vão dizer que não procede,dai prefiro nem dizer a que resposta cheguei, para evitar um dilema maior que as pessoas nos cobra hoje,as provas…

      • Hannah_Cat

        Quando eu terminei tendo escrito “simples assim”, quis dizer “simples” no tocante ao que eu espero, mas não no sentido de que irão aparecer ou qualquer outra possibilidade que dependa da boa vontade deles…

    • Orion

      Concordo integralmente. Perfeito, Hannah!

  • Rui Oliveira

    Quanto a mim, a classe politica e cientifica mais influente estão num impasse… A verdade mais tarde ou mais cedo vai ser revelada e eles sabem disso. Agora, como é que eles vão descascar o abaxi? Com estas noticias todas, torna-se evidente que estão levantando o véu aos poucos e com isto ganhar tempo e medir o pulso à população em geral para a “bomba atômica” que ai vem!

  • SERLON

    Certamente a ciência só irá confirmar quando toda a humanidade ou os poucos que sobrarem estiverem ciente disso,mas para tal existe um preço a ser pago.
    É bom saber que muitos já deixaram aquela faze de procura por provas da existência e passaram a outra busca,“O PORQUE DA NÃO REVELAÇÃO.´´

  • Daniela Paiva

    A primeira pergunta que vão fazer se um ET descer a terra sera !
    Senhor ET Deus existe ?
    Quem aposta ? Kkkkkk

    • T.Burt Yllumn

      O ET, se for esperto vai dizer: “Eu sou a prova viva da existência de Deus, por isto estou aqui.”
      Independente da crença religiosa deste ET.

    • PALEOSETI

      Uma boa pergunta para saber se ele é de uma espécie evoluída:

      Vocês se alimentam de cadáver de outras espécies?

      • Hannah_Cat

        Então eles respondem:

        Claro que sim! Precisamos de proteína animal, como vocês!… Isto é, ‘comemos’ vocês! Hehehe… Por quê acham que visitamos a Terra?!… Pelo mesmo motivo que vocês visitam açougues… Humanos são nossa proteína predileta, além das vaquinhas que abduzimos…

        • PALEOSETI

          Então o sacrifício das inocentes vaquinhas merece uma recompensa, pois além dos humanos roubarem o alimento de seus filhotes, ainda serve de alimentos para essas raças subdesenvolvidas de humanos e ETs. hehe
          Se eu fosse o presidente do mundo, mandaria todas ela para a Índia. hehe

    • EtevaldoS

      Está preparada para a resposta?

      • Daniela Paiva

        Eu na verdade perguntaria quem criou eles kkkkkk
        Eu já sei que fomos manipulação deles msm kkkkk

    • Miguel breda

      E a resposta pode ser”não sabemos”.

  • Kaczmarczik

    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * Boa Noite a Todos!!! * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *
    ________________ De fato, se a realidade extraterrestre for cientificamente comprovada será um impacto tão grande na humanidade que mudará o mundo de cabeça para baixo literalmente. Enquanto isso não acontece algumas pessoas vão sendo apresentadas a esta realidade, quer queiram quer não, e de forma pacífica ou hostil…
    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

    • Marcio Bueno

      Caro Kaczmarczik, bom saber que os despertos estão se encontrando!

  • Eduardo AN

    “Eu acho”… que eles, estão quebrando a cabeça para falar conosco, ha muito tempo… mas nós não entendemos ainda! rsss.

    • Hannah_Cat

      Deve ser por isso que eles precisam desenhar… Em plantações [agroglifos, Crop Circles]. 😛

  • Alexandre Karam

    Esse cientista sabidamente é “comprado”, Seth Shostak. Todas as instituições q de alguma forma procuram possíveis sinais alienígenas, sendo que já fizemos contato desde a década de 50, só pode ser brincadeira…, teatro para literalmente enganar, desacreditar e manipular o cidadão, a sociedade. Sabendo oq há na Lua e em Marte, desde a década de 70, como acreditar nos pseudo cientistas e tudo oq divulgam? NASA? Ah tá…