Poderia a anomalia do Atlântico Sul ser um portal para outros mundos paralelos?

Tempo de leitura: 3 min.

Os buracos negros são objetos estranhos que encontramos no espaço. Eles não são apenas misteriosos e fascinantes para astrônomos, mas também são forças incrivelmente poderosas.

Um buraco negro é um lugar no espaço onde a gravidade é tão forte que nem mesmo a luz não pode escapar.

A gravidade é tão forte porque a matéria foi comprimida em um espaço minúsculo. Isso pode acontecer quando uma estrela está morrendo.

Devido ao fato que nenhuma luz pode sair, as pessoas não conseguem ver buracos negros. Eles são invisíveis. A razão pela qual podemos conhecer a existência dos buracos negros é porque os telescópios espaciais com ferramentas especiais podem ajudar a encontrar buracos negros. As ferramentas especiais podem ver como as estrelas que estão muito próximas dos buracos negros agem de maneira diferente das outras estrelas.

Então, qual é a conexão entre a anomalia do Atlântico Sul e os buracos negros?

A Anomalia do Atlântico Sul (sigla SAA em inglês) refere-se à área onde o cinto de radiação interno de Van Allen se aproxima da superfície da Terra. Isso leva a um fluxo aumentado de partículas energéticas nesta região e expõe os satélites em órbita a níveis de radiação mais elevados do que o normal. O efeito é causado pela não-concentricidade da Terra e seu dipolo magnético, e a SAA é a região próxima da Terra onde seu campo magnético é mais fraco.

O formato da SAA muda ao longo do tempo.

Anomalia do Atlântico Sul

A Anomalia do Atlântico Sul é de grande importância para os satélites astronômicos e outras naves espaciais que orbitam a Terra a várias centenas de quilômetros de altitude; essas órbitas fazem com que os satélites passem pela anomalia periodicamente, expondo-os a vários minutos de radiação forte, causada pelos prótons presos no cinturão interno Van Allen.

Conforme descrito no artigo da Review Technology, “os vórtices que podem se formar em águas turbulentas são uma visão familiar. Edgar Allan Poe descreveu tal redemoinho em sua curta história “A Descent into a Maelstrom“, que publicou em 1841:

A borda do redemoinho foi representada por um cinturão largo de spray reluzente; mas nenhuma partícula disso escorregou para dentro da boca do fantástico funil … “

Nesta passagem, Poe descreve uma das características cruciais desses corpos rotativos de fluido: que eles podem ser pensados ​​como ilhas coerentes em um fluxo incoerente. Como tal, eles são essencialmente independentes de seu ambiente, cercados por um limite aparentemente impenetrável e com pouco, se algum, do fluido dentro deles vazando.

Se você está pensando que esta descrição tem uma vaga semelhança com um buraco negro, você está certo.

Haller e Beron-Vera colocam essa semelhança em uma base formal, descrevendo o comportamento de vórtices em fluidos turbulentos usando a mesma matemática que descreve os buracos negros.

Nesta imagem, o “cinturão largo de spray reluzente” de Poe é exatamente análogo a uma esfera de fótons em torno de um buraco negro.

Esta é uma superfície de luz que circunda um buraco negro sem entrar nele.

Haller e Beron-Vera continuam mostrando que cada limite do vórtice em um fluido turbulento contém uma singularidade, assim como um buraco negro astrofísico.

Isso tem implicações importantes para o estudo de fluidos e a identificação de vórtices, que de outra forma são difíceis de definir e detectar.

Neste caso, é simplesmente uma questão de procurar a singularidade e o limite que a rodeia.

E é exatamente isso que Haller e Beron-Vera fizeram no padrão de correntes no sudoeste do Oceano Índico e no Atlântico Sul. Um fenômeno bem conhecido nesta parte do mundo é chamado de vazamento de Agulhas, que vem da corrente de Agulhas no Oceano Índico.

Eles dizem:

No final de seu fluxo para o sul, essa corrente delimitadora volta para trás em torno de si mesmo, criando um “laço” que ocasionalmente se abate e libera redemoinhos (anéis de Agulhas) no Atlântico Sul.

Vórtices no nosso planeta são semelhantes aos buracos negros.

Esses caras usaram imagens de satélite do Oceano Atlântico Sul entre novembro de 2006 e fevereiro de 2007 para buscar vórtices, usando um conjunto de passos computacionais simples que detectam análogos de buraco negro.

Neste período de três meses, eles encontraram oito candidatos, dois dos quais se tornaram análogos de buracos negros, contendo esferas de fótons. Ele concluíram:

Encontramos cinturões de materiais excepcionalmente coerentes no Atlântico Sul, cheios de análogos de esferas de fótons em torno de buracos negros’, concluem.

Esse é um resultado interessante que poderia ter implicações significativas para a nossa compreensão da forma como as correntes oceânicas transportam materiais. Uma vez que qualquer coisa que entre nesses buracos negros não possa sair, isso deve prender qualquer lixo, óleo ou mesmo água, movendo-os de forma coerente a grandes distâncias. “Além da equivalência matemática, há também razões de observação para considerar os redemoinhos coerentes … como buracos negros”, dizem Haller e Beron-Vera.

O trabalho também levanta a possibilidade de que análogos de buracos negros ocorram em outras situações, como em furacões e não apenas na Terra. Por essa forma de pensar, o Grande Ponto Vermelho em Júpiter poderia muito bem ser o buraco negro mais famoso do Sistema Solar.

Uma possibilidade intrigante é de que tais vórtices notáveis ​​poderiam ser portais para mundos paralelos ou outras dimensões …

(Fonte)

Talvez também lhe interesse este outro artigo que fala sobre buracos negros:

Quanto mais buracos negros existirem no Universo, maior a chance de vida inteligente existir

n3m3

anomalia atmosféricaburaco negroportal para outros mundos
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (40)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • Spock

    Marco Petit noticiou ainda em 1997 que os satélites da NASA encontravam interferência quando passavam por sobre uma determinada área do estado do Rio de Janeiro. Isso lhe foi repassado por um colega seu que trabalhava no INPE na época! No enredo que desenvolvi essa anomalia é usada por veículos extraterrestres para fazerem atalhos em seus deslocamentos. Pra isso necessitariam utilizar toda a gama de rede das míticas Linhas de Lay refinadas por misteriosos cristais de quartzo piramidais. Pois bem… essa anomalia causa interferência nos satélites sim… pois é como se tais veículos utilizassem TAMBÉM essa anomalia para se materializar no espaço aéreo em questão. É por isso que essa região do estado do Rio é comum observações de OVNIs! É a Serra da Beleza! Mas imagino que não é só na região brasileira que acontece isso… emendo que em outras esse artifício é usado. Ou seja… a anomalia do Atlântico Sul é a maior que se tem!
    Marco Petit… dá um alô aqui e confirme as primeiras linhas que escrevi. Obrigado!
    \//_

    • sanduul

      bem, um lugar que pode ter interferencias seria a pedra da gavea…

      • PREDADOR

        E ali é um lugar bem misterioso….

    • italo.souza09

      Uma delas fica no aterro do Flamengo, a NASA no é a única que tem dados guardados sobre isso.

  • PREDADOR

    Tem um caso interessante que parece confirmar que os Ets afirmaram claramente que usam esses “buracos” no tecido espaço tempo para irem e virem….

    Localização. Ashgabat, Turquemenistão

    Data: Novembro ou Dezembro de 1989 Hora: noite

    Uma garota chamada Tanya Kuzina afirmou a sua mae que tinha sido visitada na noite anterior por extraterrestres. A Sra. Natalya Kuzina, sua mae nao acreditou. De acordo com Tanya, vários alienígenas humanóides de alguma forma entraram em seu quarto.

    Segundo ela, todos eles usavam grandes capacetes transparentes em suas cabeças que caíram até seus ombros. Antenas metálicas, que se assemelhavam a pequenos chifres, eram visíveis nos capacetes (interessante pois existem varios relatos de seres com esse tipo de capacete mesmo, portanto acho que a menina nao mentiu).

    Esses seres disseram à menina “Vamos ser seus amigos”. Amedrontada, Tanya perguntou aos homens quem eram. Eles lhe disseram que eram de outro mundo e depois partiram.

    Sua mãe não acreditava em sua história. No entanto, vários dias depois, de acordo com Tanya, os “homens” estranhos retornaram. Os visitantes explicaram mais coisas a Tanya: disseram que vinham de outro mundo mais bonito, onde havia uma natureza muito agradável.

    Tanya perguntou se existiam árvores em seu mundo e os alienígenas disseram que as suas árvores se assemelhavam a grandes “pepinos”.

    “O que vocês tem lá além disso”, perguntou Tanya. Os estrangeiros explicaram então que eles tinham aparelhos especiais, que costumavam “perfurar furos entre mundos” (para viajar?). Eles disseram que seu mundo era paralelo ao da Terra.

    Eles disseram à jovem algo que lhe pareceu incompreensível: quando “perfuravam” um buraco, o espaço se “convertia” em algo parecido como um colapso gravitacional. Os alienígenas apontaram para Tanya que ela era uma boa garota e tinha as “frequências de ressonância” necessárias.

    Perguntaram a ela se queria visitar sua nave, ela disse que sim e em um instante ela estava dentro do que entendeu ser uma nave espacial. Os seres apontaram para um console com vários botões e perguntaram a Tanya se ela queria pressionar algum botão (!)

    Ela concordou e foi-lhe dito para pressionar um certo botão, mas não para tocar os outros. Foi-lhe
    dito que os outros botões eram responsáveis ​​pela mudança temporal e “conversão do espaço”.

    Os alienígenas também disseram que havia pouquíssimas pessoas na Terra com as quais eles podiam se comunicar e que Tanya era uma delas, o motivo era que ela tinha uma rara caracteristica biológica herdada geneticamente em seu corpo.

    Os alienígenas explicaram a Tanya que essa caracteristica estava na cabeça, uma espécie de “terceiro olho”.

    Por fim, os alienígenas disseram a Tanya que acabariam por levá-la com eles quando ela
    se tornasse adulta e desapareceram do quarto.

    • italo.souza09

      Hoje de manhã, eu tive um encontro sinistro, com direito a “anomalias”, tô procurando saber se alguém mais viu, depois eu te conto aqui.

      • Renato Dias

        hihie, se essa anomalia envolve tempo amigo só lamento. Vc vai ganhar uns cabelo branco rapidinho.

    • sanduul

      interessante, mas os ets entendem a linguagem local ou foi telepatia ?

      • PREDADOR

        Pelo relato eles se comunicavam na lingua dela (russo)… como no caso da loura baixinha do caso Tasca ela falava com ele na nossa lingua….

        • Joao Paulo Jesus Flores

          Que seres bonzinhos estes em Predador e pelo que entendi estes seres não são alienígenas pois são de origem da própria Terra só que de outro universo, mas como proveem da Terra não são ets e sim seres inter-dimensionais

          • PREDADOR

            Tem razao nesse caso o correto é falar em seres interdimesionais….

            • Joao Paulo Jesus Flores

              Mais algum relato fascinante de seres inter-dimensionais em seu repertório achei este bem interessante

        • sanduul

          interessante… bem, para aprenderem nossa lingua teriam que se misturar para saber , acho que so por “livros” ou por outra tecnologia nao iriam aprender…

          porem,devemos ver que pode ser eles que tenham introduzido essas linguagens para nos.. por isso eles tem conhecimento..

      • PREDADOR

        Os aliens se interessaram por Tanya porque ela tinha uma caracteristica genetica rara herdada geneticamente…. interessante pois o Menis também conta que tem uma anomalia rara no sangue segundo lembro e deve ter herdado da mae pois nao somente ele foi atacado por um ovni como sua mae, quando moça, também teve um encontro com um OVNI e ficou em coma por varios dias ou semanas nao lembro depois de ver uma luz muito brilhante no ceu, como aconteceu com ele depois de ter sido queimado (no caso dela isso nao aconteceu)….

    • Navegador Maluco

      O que disse é muito curioso! Eles se comunicam por telepatia, quando querem fazer isso, não somos nós que vibramos na frequência deles, são ele que vibram na nossa, eu já os escutei várias vezes, pode parecer estranho para nós, mas para eles isso é bem comum, e se comunicam verbalmente ou telepaticamente em várias línguas, a coisa toda é muito séria, não é brincadeira, e o comportamento deles as vezes se compara muito ao de uma criança! Pode até soar engraçado, mas é assim que é. Acho que o ser humano com o passar do tempo, perde sua essência, que é a pureza que todos trazemos em vida quando nascemos, a criança ao contrário disso, preserva essas características enquanto podem, por isso Cristo foi enfático ao dizer: “Deixai vir a mim os pequeninos, porque deles é o reino dos céus”, ou quem sabe das dimensões celestiais.

    • PREDADOR

      Pelo que li nos comentarios aqui do OH ha tempos atras, o veredito aqui foi falso … fake …

      • Raizen Fox

        Obrigado.

    • brexpeditionary

      Certamente fake – até porque ninguém foi à Lua em 2016.

    • bucho

      Fake. Ninguém pisou na Lua.

      • Raizen Fox

        Exato, pisaram no solo da lua.

        • 666Dark

          É verdade, pisaram no solo da “Lua”, mais conhecido como estúdio !

          • Raizen Fox

            Na época era de grande interesse da Rússia que a história fosse desmascarada…. não foi.

  • brexpeditionary

    Os contos de Edgar Allan Poe são absolutamente fantásticos, influenciados por aquele cientificismo e ocultismo de época – praticamente tudo o que ele escreveu em termos de contos de ficção e horror é excelente; MUITO bem escrito, especialmente em inglês, e com uma aura incrível de realismo. Altamente recomendado.

    • PREDADOR

      Um genio que se perdeu na bebida… e morreu cedo…….

  • italo.souza09

    Existem outros fenômenos também que são ainda mais impressionantes.

  • Francisco Antônio Muniz Gomez

    É e esse fenômeno afeta diretamente o território brasileiro pois parte dele é localizado aqui em cima do nosso país. Como nos afeta não sei dizer.

  • Erik Silveira

    Fica bem em cima do Paraná. A UFPR é cheia de símbolos espalhados nos seus campus que muitos creditar a influência alienígena, um deles é o desenho de círculos concêntricos nas colunas do prédio histórico da praça Santos Andrade. Vale a pena ver no Google.

  • Grizzy

    Off-topic: terremoto de 6.9 graus na Turquia agora já pouco; pequeno tsunami.

    • Navegador Maluco

      Isso não é bom! Está relacionado a Ressonância de Schumann e seus efeitos.

      • Grizzy

        Não só os efeitos sobre o planeta serao fortes, como também ocorrerá uma desestabilização psicofísica na maior parte das pessoas. Bilhões! Já está em andamento. Individualmente necessitamos buscar o equilíbrio e a serenidade porque ninguém fará isso por nós.

        • Navegador Maluco

          É sim! Cada um de nós seremos partes de um todo, seu buscarmos compreender isso!

          • Grizzy

            São os movimentos naturais do Cosmo. Quanto mais depressa compreendermos e aceitarmos o fenômeno, mais fácil será a transição. Quanto a perder o corpo físico, qual seria a novidade?

  • Johnny Deep

    Gente nesses próximos dias o assunto será Schumann Resonance, Ressonância de Schumann.
    Ela está mudando muito nos últimos dias, por padrão a frequência é 7.83Hz, porém chegou a 30Hz esssas semanas sem explicação.
    Mas o que é Ressonância de Schumann? É proteção da terra pesquisem e depois publiquem….rsrs fonte Johnny Deep kkk

    • MICHELE TORRES FERNANDES

      Verifique os dados referentes à atividade solar do período. O bicho pegou nos últimos dias.

    • Navegador Maluco

      Olá, boa noite! Já pesquisei sobre isso, o assunto é sério! Seria como os batimentos cardíacos do planeta que estão se acelerando, e o lance de frequência, uma vez devo ter dito isso aqui no blog, tudo oscila em frequência, basta pensarmos um pouco, no nosso próprio cotidiano por exemplo com nossos batimentos cardíacos, nossas frequências cerebrais, todo e qualquer componente eletrônico, frequências de radio, frequências de chips, e outros demais parâmetros bastante usado na matemática que consiste em uma linha constante e invariável, que pertence a uma equação ou que faz parte da construção de uma reta, ou de ordem vibracional intensa. Os cientistas acham, que algo muito estranho está acontecendo, e nem eles mesmo sabem explicar as modificações pelas quais o planeta está passando.

  • Navegador Maluco

    Eles vem através de portais! Eu afirmo isso porque já presenciei, e não é ficção! Já observei uma espécie de flash azulado que expande, e vi surgir bem no centro disso um orbe de luz pulsante, afirmo isso com certeza porque já vi, e vou levar comigo para o túmulo, não importando para mim o que outros digam ou pensem a respeito e ponto. Por isso que se materializam em nosso plano físico, são seres etéreos, pelo menos os dimensionais são, e acho que existam os do nosso plano físico também, mas devem utilizarem outra tecnologias para viajarem pelo espaço.

  • Gero Jeronimo

    Assim viajou Dorothy…

  • Joao Paulo Jesus Flores

    por que não?, afinal devem existir diversos portais como estes na terra, alguns para viagens pelo próprio universo e outros para outros universos paralelos

  • Kaczmarczik

    – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – — – – Boa Tarde a Todos!!! – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
    __________ Esse fenômeno AAS (Anomalia do Atlântico Sul – ou SAA South Atlantic Anomaly) se comporta como um buraco negro, mas não seria um buraco negro, caso contrário seria o fim da Terra. Esse fenômeno é considerado como um portal, e em parte faz sentido, já que interfere no comportamento dos cinturões radiativos que circundam a Terra!!!
    – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –