Mais sinais de rádio vindos do espaço estão intrigando os cientistas

Tempo de leitura: 2 min.

À medida que nossa tecnologia e técnicas de operação dos rádio telescópios se aprimoram, mais sinais de rádio anômalos vindos do espaço são captados pelos cientistas.

Abaixo estão duas notícias sobre prováveis diferentes sinais que estão sendo examinados pelos cientistas:

Uma investigação minuciosa foi planejada pelo Observatório porto-riquenho de Arecibo depois que os astrônomos captaram “alguns sinais muito peculiares” enquanto observavam brevemente uma estrela anã vermelha chamada Ross 128 ou FI Virginis.

Ross 128 chamou a atenção dos astrônomos no Observatório de Arecibo em maio, quando foram captados sinais incomuns durante uma sessão de observação de dez minutos.

A anã vermelha que fica a apenas 11 anos-luz do planeta Terra e está localizada na constelação de Virgem foi descrita como emissora de “pulsos não polarizados, quase periódicos, de banda larga, com características de dispersão muito fortes”, de acordo com Abel Mendez, um astrobiólogo planetário da Universidade de Porto Rico, em Arecibo.

Mendez disse não acreditar que os sinais fossem o resultado de qualquer interferência terrena, uma vez que eram peculiares para a anã vermelha. Ele disse que as observações de outras estrelas imediatamente antes e depois desses pulsos incomuns terem sido detectados não conseguiram captar algo igualmente incomum.

Segundo Mendez, a equipe está trabalhando no pressuposto de que os pulsos sejam um fenômeno natural. Ele diz que é muito provável que sejam emissões de ejeções estelares, mas também é possível que sejam emissões de outro objeto não identificado próximo da estrela. Ele também lançou a ideia de que os pulsos poderiam ser causados ​​por uma explosão de rádio de um satélite em órbita alta.

No ano passado, os cientistas começaram a sugerir que os pulsos inexplicados das estrelas poderiam ser gerados deliberadamente por seres extra-terrestres que procuram entrar em contato com seres humanos de maneira não intrusiva. No entanto, Mendez afirma que não acha que isso seja aplicável neste caso. Embora ele admita que todas as possíveis teorias em torno dos pulsos incomuns têm seu próprio conjunto de problemas, ele acredita que a hipótese alienígena é talvez a menor probabilidade de todas.

Para tentar chegar ao fundo do mistério, haverá observações extensas da estrela no Observatório de Arecibo no domingo. No entanto, Mendez advertiu as partes interessadas que “não há garantias” de que este projeto fornecerá respostas definitivas sobre esse enigma particular.

(Fonte)

Também o site br.sputniknews.com, publicou um artigo falando a respeito de mais sinais de rádio anômalos vindos de outra localização no espaço.

Cientistas dos EUA comunicaram que os sinais recebidos da constelação de Áries podem ser enviados por extraterrestres, pois possuem estrutura complexa e não poderiam ser enviados acidentalmente.

De acordo com a mídia, os cientistas detectaram uma estrutura complexa de sinais muito diferentes dos terrestres. Sendo assim, acreditam que sejam sinais extraterrestres.

Os cientistas acrescentaram que os sinais místicos são enviados de uma posição espacial entre a constelação de Áries e de Peixes. Tais sinais são enviados há várias centenas de anos, frisam.

Vale destacar que, para eles, é muito possível que os sinais tenham começado a ser enviados antes mesmo de a humanidade possuir tecnologias capazes de detectá-los.

Os pesquisadores já conseguiram captar e registar mais de 100 sinais deste tipo. Todos os sinais possuem caráter semelhante, o que comprova que são enviados de um único lugar, concluem.

Embora a primeira notícia a respeito do Observatório de Arecibo seja fidedigna, já esta segunda deixa dúvidas quanto a sua veracidade, pois não há informações sobre qual equipe estaria examinando os sinais, e coloca muitas informações vagas.

Mas pelo que vale, você está agora informado.

n3m3

Arecibosinais alienígenassinais de rádio do espaço
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (16)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • fran01

    Se até o WOW, depois de décadas, foi descartado…..

    • italo.souza09

      o cara que deu uma explicação sobre o WOW, é suspeito.

  • darth vader

    Gasta-se pilhas de dinheiro numa bacia pra captar sinal exterior. Não seria mais interessante vigiar a nossa atmosfera, a resposta está acima de nossas cabeças e não em sinais de bip, vindos de lá nao sei onde. Como gostam de induzir a sociedade a pensar em meras possibilidades.

  • Joao Paulo Jesus Flores

    Nunca vão permitir que um sinal extraterrestres seja revelado para nos, com certeza já recebemos muitos sinais extra só que estes nunca foram divulgadas para o público

  • WJunior

    Porque será que os cientistas não usaram o termo “sinais misteriosos”, já que “sinais místicos” dão uma dupla interpretação… Seria um deslize?

    • PREDADOR

      pode ter sido erro de traducao…

      • WJunior

        Pode ser… porém a matéria é nacional do br.sputinicknews mas vai saber de onde puxou neh? Mas deixo uma ancora de desconfiança, se dentro do laboratório, estavam usando este termo e decodificações estariam traduzindo mensagens místicas em alguma lingua conhecida daí cumpriria com 2 característica;
        *Anômalos de sinais geralmente captados no espaço.
        *Desconfiança de tratar-se de satélites estacionários nosso e canais religiosos é o que não falta.
        Porém pode até ser aquele satélite que levou uma sipuada la em cima..

    • n3m3

      Estava exatamente assim no site do sputnik.

  • WJunior

    Apertando o botão, “Faz de conta que sou cientista”:
    Teorizando:
    Se houvesse ou se conhecêssemos uma maneira de detectar o momento do colapso da onda/partícula (qualquer tentativa de medir obriga a onda agir como partícula). Seria muito fácil então, pensar em um radar quântico, se também pudéssemos garantir um entrelaçamento duradouro, coisa que já estamos melhorando na computação quântica, assim mandaríamos milhares de partículas ou mais, de fótons emaranhados pelo espaço, que espalharia em forma de ondas e quando algum ser consciente a percebesse, uala…colapso…. pen… pen…pen…pen…pen….
    Um radar que viaja a velocidade da luz e retorna com a resposta 10 mil vezes mais rápido que a própria luz segundo os chineses que mediram a velocidade do entrelaçamento.

  • Daniela Paiva

    Porque os ets mandaram uauuu para nós kkkkkkk

    • Daniela Paiva

      Eles me viram nua na piscina aqui de casa só pode .kkkkkk

      • italo.souza09

        interessante

    • italo.souza09

      no mandaram “wow”, nem sabem oque tinha naqueles bits de informação, quem escreveu “uau” no papel foi o cara que encontrou e ficou impressionado com a força do sinal.

  • mcorrer

    ATENÇÃO! SBBHQK….SBBHQK..

  • Kaczmarczik

    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * Boa Noite a Todos!!! * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *
    ___________ Desta vez deveriam dizer abertamente que são sinais de aliens, porém declarações nesse sentido da parte dos cientistas é muito difícil de acontecer
    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

  • Leonardo Braga

    Importante entender que ‘EXTRATERRESTRE’ significa: ‘Que está ou se produz fora da Terra; EXTRATERRENO’; ‘Ser ou fenômeno supostamente originários de fora da Terra; ET’.

    Então, qualquer coisa vindo do espaço é ET, ou seja, para nós está mais do que confirmado que ET´s existem, e por isso, não há o que discutir sobre a causa. Porém, basta saber de qual formas eles são! Por enquanto se apresentam como sinais de rádio, de acordo com os próprios cientistas do assunto. Não é mesmo?