Suposto satélite alienígena é fotografado próximo da Estação Espacial Internacional

Tempo de leitura: 3 min.

Aqueles que há muito estão procurando sinais de vida extraterrestre aplaudirão uma foto que teria sido obtida pela Estação Espacial Internacional. A foto pode ser o que prova de que eles estão certos, pois mostra um objeto estranho, que muitos disseram ser uma nave alienígena com o nome de Satélite Cavaleiro Negro.

A imagem capturada pela Estação Espacial Internacional não é clara, mas elas nunca são, porém há entusiastas argumentando que ela mostra claramente o formato do Satélite Cavaleiro Negro. Esta seria uma nave alienígena que é enigmática e que criou muita controvérsia nos últimos dois anos.

O Satélite Cavaleiro Negro é considerado o mais famoso dos objetos espaciais que estão orbitando o planeta Terra. O suposto satélite artificial tem sido motivo de muito interesse na mídia, e tem sido assim desde o final da década de 1950. Ele também se tornou um dos objetos espaciais mais falados. Primeiro sugeriu-se que ele poderia ter sido um satélite espião da Rússia e ele atraiu o interesse de milhões de pesquisadores de OVNI em todo o mundo.

O Cavaleiro Negro apareceu na mídia quando os jornais San Francisco Examiner e St. Louis Dispatch escreveram sobre o satélite em 14 de maio, enquanto a Time Magazine publicou uma história em 7 de março de 1960. Os ufólogos disseram que o satélite é estranho e tem vigiado a Terra por 13.000 anos.

O Satélite Cavaleiro Negro, juntamente com muitos outros objetos que as pessoas dizem ser alienígenas, foi visto por milhões de pessoas em todo o mundo desde que a ISS instalou seu vídeo ao vivo. No novo vídeo, argumentou-se que o enigmático veículo alienígena pode ser claramente visto, e que não é um cobertor térmico, como muitos céticos alegaram.

Olhando para a foto, o objeto parece estranho e não parece ser qualquer objeto que seja feito pelo homem. Uma coisa é a órbita do objeto, que é estranha, e outra é sua forma e o desenho, que é exatamente o que as pessoas esperariam que uma nave alienígena se pareça.

Os caçadores que procuram OVNIs disseram que o objeto não tem painéis solares em seu corpo principal e isso leva a muitas pessoas sugerirem que talvez esteja usando um sistema de propulsão desconhecido.

Gordon Cooper reportou um OVNI voando ao redor de sua cápsula em 1963

Embora a NASA geralmente não se abra a respeito de quaisquer avistamentos alegados de OVNIs, quando o faz a Agência Espacial Estadunidense tende a dizer que a maioria dos OVNIs suspeitos são sombras, lixo espacial ou luzes que vieram da Estação Espacial Internacional. Quando Gordon Cooper foi lançado no espaço em 1963, em sua órbita final, ele havia relatado um objeto verde brilhante diretamente na frente de sua cápsula à distância, o qual se moveu em direção a sua nave espacial.

Cooper reportou sobre o objeto para a estação de rastreamento Muchea, na Austrália, e eles captaram o OVNI em seu radar e o relataram como estando indo do leste a oeste (contrário da direção tomada pelos foguetes da época, do oeste para o leste, para aproveitarem a rotação da Terra em seu empuxo). Embora a notícia tenha sido divulgada pela NBC, quando Cooper voltou para a Terra, eles não puderam perguntar a ele nada a respeito do OVNI. A explicação oficial que tinha sido dada sobre o avistamento de Cooper era que ele tinha sido submetido a dióxido de carbono em altos níveis e isso provocou alucinações.(Alucinações que chegaram a aparecer na tela de radares na Terra. 😀 )

 

OVNI passou perto do Sputnik 1, em 1957

Em 1957, um objeto desconhecido teria sido visto próximo do Sputnik 1. Os relatórios disseram que o OVNI estava em órbita polar na época. Nem os EUA, nem os russos, tinham a tecnologia para manter qualquer nave espacial na órbita polar. O primeiro satélite que entrou em órbita polar foi lançado em 1960.

As órbitas polares foram usadas para observar e mapear a Terra. Isto significa que o Cavaleiro Negro está na categoria do satélite observacional. No entanto, uma das maiores perguntas é: Quem colocou o Satélite Cavaleiro Negro em órbita, e por que eles o colocaram lá?

(Fonte)

O OVNI Hoje não tem como confirmar se a foto realmente foi obtida pela Estação Espacial e, mesmo se foi, não há como afirmar que se trate mesmo de um objeto alienígena.

De qualquer forma, as informações ao final do artigo a respeito do astronauta Gordon Cooper e do satélite Sputnik 1 são reais.

n3m3

AlienígenaISSovnisatélite cavaleiro negroufo
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (26)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • João Paulo Vendrame

    Pois é. Que ele existe não restam dúvidas. A pergunta é quem é o dono. Intra ou extraterrestres.

  • Egon Lemke

    “Na América, como em todo o mundo, jamais existiu uma cultura ou civilização que não tenha sido produto do homem branco, do nórdico polar, dos divinos godos ou Gott, dos deuses. É ele seu fundador e construtor, bem como seu impulsionador. Porque é ela uma raça autêntica, sendo os seres de cor – negros, amarelos e vermelhos – um mero produto da terra, animais-homens, escravos-robôs, fabricados na Atlântida – meras exteriorizações. Planasses do opus alchimicum; memorizações-guias para a realização desta arte-régia, essencialmente interior, ou provinda de um mundo interior.

    Logo, estes seres-robôs, semi-animais, mesclaram-se com o ariano, caído ou derrotado, dando origem ao herói dos tempos de hoje – ao homem divino involucionado, porque só o nobre pode enobrecer-se.. A palavra alemã Adel vem de Odan e é uma força que procede do deus Odin, Wotan, Quetzacoatl, Wakan-Tanka.”

  • Egon Lemke

    “”O poeta guerreiro, espanhol, don Alonso de Ercilla y Zúñiga, autor do poema de gesta, “La Araucana”, conta as guerras dos conquistadores com o índio araucano; diz que sua informante, a índia Glaura, afirmou que sua gente descendia de homens brancos e loiros, de frisões. São vários os conquistadores que declaram que no sul do Chile se encontraram com homens e mulher araucanos com grande beleza, loiros, de olhos azuis e elevada estatura. A crônica dos frisões, chamada de Oera-Linda, que relata o desaparecimento dos restos de Hiperbórea-Atlântida, ou simplesmente Atlântida para o pesquisador alemão Jürgen Spanuth, conta-nos de um rei marinho frisão, de nome Inka, que navegava ao Ocidente – América, no caso – que não mais voltou. Isto teria acontecido ao redor de mil e quinhentos anos antes de Cristo, anterior mesmo à presença vikings em suas altitudes. O sábio historiador chileno José Toribio Medina diz que Frei Gregório García crê que o araucano descendia de um antigo tronco de navegantes frisões, nórdico-germânico, portanto. E o investigador francês Claude Mouret, vindo ao Chile, autor de “História Física e Política do Chile” escreve que “os índios do sul eram brancos e suas mulheres eram belas”. “

  • Egon Lemke

    “Realizaram-se, com grande nostalgia, as lendas e aspirações deste estranho povo, já mesclado com tribos mongólicas, em seus estratos baixos, e com os guayakis do Paraguai os de pele vermelha da América do Norte. Mesclaram-se com os “escravos de Atlântida”, cometendo o pecado racial. Estes seres já inferiores, sendo mestiços, teriam por missão a conservação das lendas dos Deuses Brancos, preservando o segredo de suas cidades encantadas, mágicas, onde os Ré-Ché, de raça branca, arianos, refugiaram-se com o intuito de salvar a divindade de sua estirpe, uma vez que se produzira a invasão das tribos mongólicas e o “pecado da mescla”. Os mestiços araucanos teriam por missão, tal qual os tibetanos, custodiar as entradas secretas até os recintos sagrados do mundo interior, de onde desapareceram seus Guias, Reis e Senhores – os Ré-Ché, os Siddha.

    Uma delegação de índios da América do Norte, ocorrida há não muito tempo. Partiram em busca de seus ancestrais, porque tendo chegado o fim de sua tribo, a única solução seria o encontro com o Grande Líder que na Alemanha venerava a suástica, possibilitando-lhes a regeneração. Buscaram ali, porém encontraram somente ao velho Professor Hermann Wirth, fundador da Ahnenerbe e, mais precisamente, divulgador da “Crônica de Oera Linda”. E fora através dele que tivemos acesso a essa fascinante história que diz respeito à viagem desses índios à Alemanha, após o fim da última guerra. Buscaram ao Grande Líder sem encontrá-lo, pois o adorador da Suástica Levogira já havia partido. Na conquista da Índia, aplicam-se estritas leis raciais contra a mescla com negróides dravidias, estabelecendo o sistema de casta, que em idioma sânscrito é Varna, que precisamente significa cor. A vida das duas primeiras castas, do rei e do brâmane, será regida pelo Código de Manu, o qual Nietzsche tanto admirava. O êxodo hiperbóreo se estende a ramificar-se por todo o mundo: Índia, Europa, Egito.”

  • Guerreiro

    Excelente artigo!

  • alexandre hendges dos reis

    Com relação ao suposto satélite Cavaleiro Negro, acho que podemos afirmar o que ele não é, não pode ser lixo espacial, pois o mesmo teria sido visto no final dos anos 50, isto é, não havia muita coisa (praticamente nada) lá em cima nesta época, nitidamente percebe-se que ele é composto por alguma liga de metal nitidamente manufaturada (pelo menos é o que parece pelas imagens não muito nítidas), o que descarta rocha lunar, meteoro etc… E como ao que parece, ele possui uma rota contrária aos satélites por nós construídos! É realmente um mistério…!!!

  • bucho

    mensagem subliminar. o que é visto da estação pouco importa. a nasa só tá, de modo sutil, reforçando a ideia de que a iss realmente tá lá.

  • bucho

    alguém pegou uma amostra do bixo, submeteu ao carbono 14, e concluiu a idade em 13000 anos! kkkkaracaa.
    parece um cachorro. parece papel amassado. parece duas metades de qualquer coisa sobrepostas e, claro, parece fake.

    • Lênio™

      Muito bom rsrsrs, exatamente o que perguntei antes de ver seu comentário.

  • Leandro Pires

    O que mais me impressiona é que tais fotos nunca são nítidas…
    Temos fotos de Marte, temos fotos de outras galáxias, todas perfeitas…
    E não temos fotos nítidas de tal satélite que pelo que se diz desde 1950 se sabe dele…
    Temos fotos nítidas de aviões, de balões e não temos fotos nítidas nave espacial…
    Tudo sempre borrado…
    Igual a teoria da terra plana, falam, falam e nada de nada…
    Não estou dizendo que não exista, apenas não acredita nesses relatos e fotos bordadas…

    • bucho

      essas fotos perfeitas que tu te refere, são representações artísticas. na verdade não existe foto real nem da Terra. terra plana não é uma teoria, e sim um modelo, que tem suas equivalências no modelo heiiocentrico, só que sem as falhas grotescas.

      • Leandro Pires

        Balela, existem fotos tiradas sim e são verdadeiras…
        Até fotos tiradas pelos próprios astronautas ou fotos tiradas em observatórios e também tiradas por amadores usando máquina normal acoplada em uma simples luneta nem tão profissional…
        Outra asneira, um cara filmou supostas naves no céu de Israel que por lá ficaram 2 dias, Hara sei, o governo não mandou caças nem nada, Hara sei…
        .

  • darth vader

    Parece que os seres humanos gostam de ser enganados. Estudar a história da humanidade confirma tal engano. Vamos nos ocupar com o conhecimento, desconfie, e questionar o que realmente é verdade. Só conhecemos a verdade, quando buscamos a verdade. Não confiem nas entidades que se dizem porta vozes do que é real ou da sociedade, eles são representados por homens que buscam seus próprios interesses. E tenho certeza que não é revelar a verdade que liberta.

  • Kaczmarczik

    – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – Boa Tarde a Todos!!! – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
    __________ Só pelas declarações do astronauta Gordon Cooper e do evento que aconteceu com o satélite então soviético Sputnik já são suficientes como respostas para os céticos! O tal Cavaleiro Negro sempre existiu, pode ser tanto um satélite espião alienígena ou um marcador espacial para os ExTras localizarem a Terra ou as duas coisas. Notem que no caso do avistamento do astronauta Gordon Cooper o sistema ainda tenta desacreditá-lo atacando sua honra alegando insanidade mental do astronauta, mas o objeto apareceu no radar da dona NAuSeA, não pode ser negado!!!
    – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

  • Lênio™

    Gostaria de saber de onde tiraram esta idade de 13000 anos. Algum texto antigo?

  • Felipe Ramone

    Se essa informação fosse verdade, nos tempos atuais já temos capacidade de “sequestrar” e trazer esse objeto para a Terra e estudá-lo.

    • Marcio Martins Legardi

      Creio que não ele não circula somente a terra e sim todo o sistema solar existe fotos de ovnis em saturno que se parece muito com ele em sua silueta não é um satelite fixo e tem mais com sua autonomia super elevada 13.000 anos acho que nõa temos capacidade para captura lo pois se fosse o caso ele já estaria no solo a muito tempo concorda?

    • Rui Oliveira

      Mas para ser “sequestrado” era preciso que ele deixasse… Certamente se é o verdadeiro Cavaleiro Negro, sua existência é de umas largas décadas…, ou centenas de anos (?) e que provavelmente há uma inteligencia muito mais avançada a operara-lo. Logo ai, tudo se complica!

  • Joao Paulo Jesus Flores

    Bem provável que seja o satélite cavaleiro negro, ele deve esta observando nossa civilização há milênios, quanto ao argumento que diz que já temos tecnologia necessária para capturar este satélite eu digo:, a tecnologia deste satélite é milhões de anos mais avançada que a nossa e qualquer tentativa de captura com nossa tecnologia atual é inútil

  • LuaPequena

    Boa noite O. H. !
    Não sei se esse objeto é alienígena, se é daqui ou mesmo se é real !
    Supondo que ele realmente exista, tenho duas ” Teorias ” para ele :
    Primeiro, podemos estar sendo vigiados por EXTRAS através desse ” Satélite ” !
    Qual o interesse dos ” PRIMOS ” em conhecer nossos ” passos” , não sei mas, podem ser interesses para o bem, como podem ser escusos !
    A outra é um pouco mais ” imaginativa ” !
    Chamou-me à atenção o fato desse objeto estar em órbita há 13.000 anos !
    Coincide com a data do famoso ” DILÚVIO ” bíblico .
    Aí bateu-me uma coisa na ” cachola ” !
    Poderiam os Extras ( Atlantes ), que aqui viviam, terem eles mesmos lançado esse ” Satélite ” ao espaço, para recolher material a respeito dos fenômenos climáticos, que já estariam sendo previstos ?
    Ou seríamos nós, que antes da catástrofe acontecer, pertenceríamos a uma civilização tecnologicamente avança, que estaria à parte dos demais seres humanos habitantes da Terra ?
    Os Maias afirmam que estamos na ” QUINTA HUMANIDADE ” !
    São só ” Teorias “.
    Apenas ideias da minha mente imaginativa !
    Abraços a todos !

    • Daniel Hausen

      Eu mesmo uso essa técnica o tempo todo. A própria ciência já faz. Olha só, Lua: No método científico, a proposição de
      hipóteses é o caminho que deve levar à formulação de uma teoria. O
      cientista, na sua hipótese, tem dois objetivos: explicar um ou
      geralmente um conjunto de fatos e prever outros acontecimentos e fatos
      dele decorrentes (deduzir as consequências). Isso só reforça uma teoria de que nossa mente tem um potencial incrível tendo a necessidade natural de evoluir.

  • LuaPequena

    Olá cerberos !
    Achei muito interessante esse documentário !
    Acredito em boa parte do que está relatado nele !
    Abração !

    • Rui Oliveira

      E agora com a revelação das múmias de Nazca, essa tese vai ganhando cada vez mais força! Na minha opinião, a Bíblia é um diário escrito aos olhos da época. Acredito também que houve muita alteração no que estiva originalmente escrito, nomeadamente no novo testamento… A igreja tem grande culpa, como já não é segredo, no domínio pelo medo da população em geral escondendo a verdade. As catacumbas do vaticano serão uma autentica biblioteca de “Alexandria” que deveria ser revelada há Humanidade. Enfim…, vamos aguardando porque as revelações estão surgindo em catadupa sendo impossivel travar o seu fluxo!!

  • Marcio Martins Legardi

    essa e a melhor foto que temos dele

  • italo.souza09

    “Alucinações que chegaram a aparecer na tela de radares na Terra” Nasa é Nasa, o resto é pura conversa 😀 são muitas perolas 😀

  • Charles Silva

    Esse sim é sinistro. Agora, como sabem que o objeto esta observando a terra a 13.000 anos? Só oviniólogos mesmo pra teorizar algo assim …rsrs ….me mostrem fotos de 13.000 anos atrás… ou alguma testemunha “viva se não for demais” …que tenha visto o satélite. Bom, foto intrigante mesmo. Nesse acredito porque tem muitas fotos e testemunhas que o avistaram.