Aquenáton: O faraó alienígena do antigo Egito

Tempo de leitura: 4 min.

Já que este assunto está voltando a ser comentado na Internet, vale a pena republicá-lo para enfatizar este fato estranho que é ignorado pelos arqueólogos de tendência predominante:

Textos antigos descrevem uma época na história do antigo Egito, conhecida como era pré-dinástica, onde ‘deuses’ reinaram no Egito por centenas de anos. Aquenáton poderia facilmente ter sido um faraó egípcio que pertenceu a esse período.  Alguns teóricos dos Alienígenas do Passado interpretam seu crânio alongado como sendo um sinal de herança extraterrestre.

O antigo Egito possui uma das mais incríveis histórias do planeta. Não somente são suas espetaculares realizações arquitetônicas notáveis, mas também seu incrível conhecimento nas diferentes ciências é um detalhe impressionante que é compartilhado por somente poucas outras civilizações antigas ao redor do globo.

Contudo, as pirâmides de Gizé e a grande majestosa Esfinge não são os únicos mistérios que cercam a civilização egípcia antiga.  Seus imperadores pertencem à uma lista de detalhes mais enigmáticos da civilização do antigo Egito, e um desses faraós se sobressai do restante: Aquenáton.

Aquenáton, que foi conhecido antes do quinto ano de seu reinado como Amenófis IV, foi um faraó da Décima Oitava Dinastia do Egito, que reinou por 17 anos.  Ele era o pai de Tutancâmon, um dos mais famosos faraós egípcios.  Muitos consideram Amenófis como um dos maiores e mais influentes inovadores religiosos do mundo.  Muitos o consideram como o primeiro monoteísta em toda a história, um precursor de Abraão, Isaac, Jacó e Maomé, como profetas que adoram um Deus.

Porém, antes de Aquenáton, muitos faraós estranhos reinaram no antigo Egito.

Um dos textos mais importantes da antiguidade que pode nos contar mais sobre esta época na história é o Papiro de Turim, que relaciona todos os faraós que reinaram no antigo Egito.

Não somente esta relação inclui todos os faraós ‘oficiais’ do antigo Egito, mas também inclui as divindades ou ‘deuses’ que vieram de cima e reinaram sobre as terras do Egito antes do primeiro faraó mortal do Egito, com uma linhagem que vai por mais de 13.000 anos.  Este é o grande enigma porque os estudiosos convencionais consideram este texto antigo como puro mito, e porque a maioria dos detalhes do texto antigo foram negligenciados e omitidos dos livros de história.

O egiptólogo inglês Toby Wilkinson disse:

Eles parecem não ter ancestrais ou período de desenvolvimento; eles parecem ter aparecido da noite para o dia.

O Epitáfio de Pedra de Palermo é outro texto antigo que menciona os misteriosos imperadores do Egito pré-dinástico.

Este antigo epitáfio de pedra até mesmo faz referência ao deus egípcio Horus, sugerindo que ele tenha sido um rei físico do antigo Egito há milhares de anos.  Dizem também que outro deus egípcio, Thoth, reinou sobre as terras do antigo Egito de 8670 a 7100 AC. De forma interessante, o alto sacerdote egípcio, Manetho, que tinha acesso a um número ilimitado de textos antigos da antiga biblioteca de Alexandria, e que escreveu para o faraó sobre a história do antigo Egito em 30 volumes, faz referência aos seres divinos que reinaram durante o Egito pré-faraônico.

De acordo com a mitologia egípcia, Aquenáton descendeu dos deuses que chegaram à Terra na época de Zep Tepi, e até hoje as pessoas acreditam que este faraó de fato veio das estrelas.  De acordo com os ‘Textos da Pirâmide”, houve um período que emergiu do caos primordial e da maneira que os deuses reinaram na Terra.  Esse período é chamado de “Zep Tepi”.

Muitos pesquisadores acreditam que a civilização egípcia antiga originou no ano 36.900 AC, quando ‘deuses’, que vieram dos céus, reinaram sobre a terra dos faraós.  Acreditava-se que Aquenáton era um deles. Aquenáton, considerado por muitos como um faraó herético, foi o imperador responsável por levar o Egito na direção de um estilo de vida religioso completamente diferente, tentando reconstruir a religião, se separando do politeísmo tradicional do antigo Egito.

Há somente um Deus, meu pai. Eu posso me aproximar dele pelo dia, pela noite. – Aquenáton

Aquenáton, ao se tornar faraó, ordenou que toda a iconografia de deuses anteriores fosse removida. Ele somente permitiu um emblema, que foi um símbolo do Sol, literalmente o disco solar com braços curiosos, ou raios, apontando para baixo.

O Aten, ou comumente referido como o ‘Disco Solar’, era ilustrado nos textos antigos, como sendo uma divindade, e na História de Sinuhe, da 12ª Dinastia, um rei falecido é descrito como se levantando como Deus para os céus, e se unindo com o disco-solar; o corpo divino se unindo ao seu criador.

Por analogia, o termo “Aten prateado” foi algumas vezes usado para se referir à Lua.  O Aten solar foi extensivamente adorado como um deus no reino de Amenófis III, quando ele foi representado como um homem com cabeça de falcão, bem como Ra.

Todavia, Aquenáton foi muito mais misterioso, e seu corpo de aparência estranha alimentou teorias, as quais sugerem que ele poderia não ter sido um faraó ordinário, mas sim um líder misterioso que veio do céu.

Apesar de Aquenáton ser bem conhecido devido ao misterioso formato de sua cabeça, a lista de características estranhas é extensa: um crânio alongado, um pescoço longo, olhos enterrados, coxas grossas, dedos longos, joelhos voltados para trás, uma barriga prominente, a qual sugere uma gravidez, e seios como de uma mulher.

A primeira coisa estranha, e em todas as estátuas e representações dele, é seu crânio alongado.  Em geral, seu corpo é quase uma mistura feminina e masculina.  Isto era, de fato, estranho, já que outros faraós eram representados como figuras fortes e imponentes. Aquenáton, porém, não era representado assim, mas como um ser de aparência estranha e fraca, com uma cabeça muito alongada.

Por que Aquenáton ordenaria as mudanças na iconografia real, para mostrá-lo como um faraó ‘fraco’?  Misteriosamente, a esposa de Aquenáton, Nefertiti, também era representada como tendo crânio alongado.  Teriam eles alguma anomalia genética que causou isso às suas cabeças e corpos?  Há algo mais quanto as origens deste estranho faraó?  Seria possível que ele era um ser humano híbrido, com genes de DNA de extraterrestres?

(Fonte)


Como todos sabemos, há textos claros indicando que a história do antigo Egito foi realmente cheia daquilo que a maioria dos arqueólogos modernos chamam de mitos, simplesmente porque não se enquadram no status quo dos últimos séculos. Assim, tudo que lhes pareça anômalo é assim taxado e descartado imediatamente, sem que despendam um mínimo de tempo para averiguarem a veracidade dos fatos.

n3m3

AlienígenaAquenátonEgito antigoOHOVNI Hoje
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (20)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • Ricardo Ribeiro

    SOCORRO!É a Gramática chorando,com tantos ataques à sua pessoa.Só consegui ler o texto sobre Aquenaton,e desisti do resto.Por que vocês não arrumam um revisor!?

  • Raizen Fox

    Russas Perfe……..

    É, então se for pela imagem alongada, pode ser explicado por estar sempre com um adorno estético sobre a cabeça, em relação ao corpo feminino, aaaa… normal, alguns homens nascem com um biotipo menos ‘rústico’ (não encontrei palavra melhor).

    Agora em relação aos mistérios que circundam os deuses egípcios, sim, acredito em visitas alienígenas.

    Só não entendo porque antigamente era tão comum ver os homenzinhos verdes interagindo com as pessoas, e hoje em dia eles nem aparecem pra tomar um café.

    • sanduul

      temer,lula , comunismo, capitalismo responde sua pergunta ?

      • Raizen Fox

        Aaaaa, não sei não… porque os ‘líderes’ daquela época não eram muito diferentes não.

    • Hannah_Cat

      Só não entendo porque antigamente era tão comum ver os homenzinhos
      verdes interagindo com as pessoas, e hoje em dia eles nem aparecem pra
      tomar um café.

      Deve ser porque eles não gostam de café. Rsrrsrsr

      • Raizen Fox

        kkkkkkkkk boa.

  • Guerreiro

    Texto muito bom. É sempre muito bom ler sobre a Mitologia Egípcia.

    • PALEOSETI

      Também gosto da Mitologia Egípcia. Acho que ela é mais realista e tem mais a ver com a nossa história, do outras como a Grega, Hindu, Nórdica…
      A propósito, Stargate SG-1 é uma boa série focada na Mitologia Egípcia. Fica a dica.

      • Munn Rá : O de Vida Eterna

        O filme também é muito bom

  • Joao Paulo Jesus Flores

    MESMO SIM OCORRER O CONTATO OFICIAL, MUITAS PESSOAS NÃO VÃO ACREDITAR QUE SÃO XTRAS, TENHO UM GAMA DE AMIGOS QUE ACHAM QUE AS MANIFESTAÇÕES UFOLÓGICAS SÃO FRUTO DO GOVERNO OPS DIABO

  • Joao Paulo Jesus Flores

    Como dito no texto sobre a origem da civilização ser de de aproximadamente 37 mil anos acho plausível, pois segundo muitos a grande Esfinge é muito mais antiga do que si acredita e quase certamente esta civiluzação maravilhosa teve contato com os xtras

  • Kaczmarczik

    – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – Boa Tarde a Todos!!! – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
    __________ Lembro-me de que o @PREDADOR havia relatado uma história de que os ExTras fizeram contato com os antigos egípcios que pensaram que eles fossem deuses e assim os adotaram, então pode ter sido daí que ocorreu a mistura entre ExTras e egípcios dos quais provieram os faraós misteriosos daqueles tempos!!!!
    – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

  • cyrocs

    Boa tarde a todos.

    Existem estudos que indicam que o estranho aspecto de Akenaton se deve a desordens
    genéticas dos membros da 18ª Dinastia. Vejam abaixo um dos estudos (trocar o “?”
    por “.”):

    michaelsheiser?com/PaleoBabble/AkhenatenForm.pdf

  • aland_55

    Creio que o termo híbrido é mal empregado. Eu diria que Aquenáton é um ser transênico com uma carga bastante alta de material genético alienígena, como tambem aconteceu na evolução humana, onde primatas receberam genes alienígenas e também o contrário onde alienígenas introduziram genes de primatas em si mesmos para conseguirem uma melhor aclimatação e sinceramente, acredito que minha ascendência, seja destes últimos.

    • aland_55

      Leia-se transgênico.

  • LuaPequena

    Boa noite O. H. !
    Akenaton é o meu Faraó preferido !
    Aliás, na minha opinião, talvez seja o PENÚLTIMO Faraó descendente dos ” deuses ” !
    O ÚLTIMO, pode ter sido seu filho Tutankamon, pois sendo seu descendente direto, também era
    ” divino ” !
    Ele teve a visão de um ” Disco Solar ” e logo após passou , como se tive tido uma ” revelação “, a adorar um ” D.E.U.S ÚNICO -ATON. ( O SOL ) !
    Como um ser ILUMINADO, então mudou o seu modo de governar, obrigando a todos no Reino a tornarem-se monoteístas.
    Acabando, dessa forma, com todos os deuses egípcios e provocando a ira de seus opositores, que começaram ,então, a conspirar contra ele !
    Como já foi dito no texto, Akenaton era um ser pra lá de, fisicamente falando, ESTRANHO !
    Nada tinha haver com os PERFEITOS FARAÓS que o antecederam !
    Há uma corrente que pensa que ele possa ter tido contato com os EXTRATERRESTRES que já tinham contactado outros habitantes daquelas terras, como o próprio Moisés e que ATON, nada mais era que um disco voador brilhante !
    A mudança brusca, em relação as suas crenças religiosas, talvez tenha se dado quando ocorreu esse avistamento.
    Há ainda os que pensam ser ele mesmo um SER EXTRATERRESTRE , devido a sua aparência totalmente esquisita, como a cabeça alongada, formas femininas e joelhos tortos !
    Uma outra curiosidade, agora não mais dele mas, de sua esposa e filhos ( as ) .
    Possuíam as mesmas características físicas de Akenaton, portanto não era nenhum defeito congênito, pois sua esposa também as tinha !
    Teria, Akenaton, adorado por 16 anos o DE.US de ISRAEL ?
    Seria ele, também um descendente direto dos que vieram dos céus ?
    Abraços a todos !

    • MDias

      Olá, me explica essa dúvida de que Akenaton poderia ter adorado por 16 anos a IAHWEH?

  • Menomo

    Calma, pessoal. Só porque algumas pessoas usam cartola não quer dizer que seus crânios se alongam até o topo dela.

  • Akhenaton Aton

    A barriguinha é cerveja, mas já to cuidando disso….

  • Bruno Rocha Matos

    Maravilhoso texto!