Um universo multidimensional está escondido na sua cabeça

Tempo de leitura: 2 min.
Um tecido de estruturas complexas em nosso cérebro pode ser a chave para entender como funciona esse órgão, de acordo com um novo estudo. Poderia mesmo fornecer uma resposta para mistérios, como onde nossas memórias são armazenadas.

O cérebro humano é uma das estruturas mais complexas da natureza, e ainda estamos muito longe de compreender plenamente como ele funciona. Agora, um grupo de pesquisadores do Blue Brain Project está nos aproximando desse objetivo usando modelos computacionais complexos.

Seu modelo mais recente descreve o cérebro como sendo constituído por estruturas e espaços geométricos “multidimensionais”.

“Encontramos um mundo que nunca tínhamos imaginado”, disse o neurocientista Henry Markram, diretor do Blue Brain Project e professor da EPFL em Lausanne, na Suíça. Ele disse:

Existem dezenas de milhões desses objetos, mesmo em uma pequena partícula do cérebro, através de sete dimensões. Em algumas redes, até encontramos estruturas com até onze dimensões.

 

As estruturas se formam quando um grupo de neurônios – células que transmitem sinais no cérebro – forma algo chamado de clique. Cada neurônio se conecta a todos os outros neurônios do grupo de forma específica, para formar um novo objeto.

Quanto mais neurônios existem em um grupo, maior a “dimensão” do objeto.

É importante compreender que essas estruturas não existem em mais de três dimensões no espaço. Somente as matemáticas usadas para descrevê-las usam mais de três dimensões.

O professor Cees van Leeuwen, da KU Leuven, Bélgica, e revisor do trabalho, disse ao WIRED:

Fora da física, os espaços de alta dimensão são freqüentemente usados ​​para descreverem estruturas de dados complexas ou condições de sistemas, por exemplo, o estado de um sistema dinâmico no espaço de estados.

O espaço é simplesmente a união de todos os graus de liberdade que o sistema possui, e seu estado descreve os valores que esses graus de liberdade estão realmente assumindo.

Ran Levi da Universidade de Aberdeen, que trabalhou no papel, disse:

Quando você olha para uma rede complexa como o cérebro, você tenta associar alguns objetos familiares a ele, para que possa tentar entender o que ele faz. Sem isso, tudo que você vê é uma bagunça de “árvores”, ou seja, neurônios disparando o que parecem ser padrões aleatórios.

O que fizemos foi que pegamos a complexa estrutura da rede do cérebro e mapeamos isso para este universo, escolhendo assim objetos de alta dimensão, definidos de forma muito precisa que nos dão uma chave para a compreensão de sua estrutura e função.

A equipe usou um ramo matemático chamado topologia algébrica para modelar essas estruturas dentro de um cérebro virtual, gerado através do uso de um computador. Experiências foram então realizadas no tecido cerebral real, para testar os resultados.

Quando os pesquisadores adicionaram um estímulo ao tecido cerebral virtual, reuniram-se grupos de dimensões progressivamente maiores. Entre esses cliques havia furos, ou cavidades.

Levi disse:

O aparecimento de cavidades de alta dimensão, quando o cérebro está processando informações, significa que os neurônios da rede reagem aos estímulos de forma extremamente organizada.

É como se o cérebro reagisse a um estímulo construindo e então demolindo uma torre de blocos multidimensionais, começando por hastes (1D), depois pranchas (2D), então cubos (3D) e geometrias mais complexas com 4D, 5D, etc. A progressão da atividade através do cérebro se assemelha a um castelo de areia multidimensional que se materializa fora da areia e depois se desintegra.

O próximo passo será ver o papel prático dessas estruturas no cérebro. Por exemplo, a neurociência também tem lutado para encontrar onde o cérebro armazena suas memórias, e os buracos podem ser uma solução.

“Eles podem estar” escondendo “em cavidades de alta dimensão”, especula Markram.

A pesquisa é publicada em Frontiers in Computational Neuroscience.


Aposto que a maioria de nós já pode ter imaginado que o nosso Universo seja o resultado da descarga elétrica (o Big Bang) de uma rede de neurônios pertencente a um cérebro hiper-gigante, de um ser com a duração de vida de bilhões e mais bilhões de anos da Terra.

E esta foi só uma “pequena” viagem mental para atormentar você. 😀

n3m3

Fonte

cérebrouniverso multidimensional
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (32)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • PALEOSETI

    Parece que a genética e a neurociência já estão engatinhando e quando começarem a andar, várias portas se abrirão para respostas de perguntas como: De onde viemos?, Quem somos?
    Os enigmáticos DNA e Cérebro são os caminhos.

  • WJunior

    Interessante que a teoria “M” também prevê 11 dimensões matemáticas para justificar o universo.

  • Daniela Paiva

    Vários estudiosos estudam espiritualidade para ativar 4d 5d . Parece que em breve tudo será resolvido com um clic . Kkkkk arraso

  • RGJ

    Bom, segundo alguns “feiticeiros “, por indução através de alucinógenos, através de rituais, ou até consientemente, alguns indivíduos conseguem entrar em outras dimensões, outros dizem que até após a morte, a consciência vai para outra dimensão, pelo jeito, a ciência só vai confirmando o que já é conhecido à muito por parte de alguns “iniciados “.

  • Abel Aureliano Seraphin Junior

    Well, o hinduísmo afirma que somos sonho de Brahma, então…ELES ESTÃO CERTOS! HELP, HELP!

    • KOALA

      Sonho ou pesadelo? Alguém deve acordá-lo. Aliás, eu prefiro antarctica. rsrsrs

      • Abel Aureliano Seraphin Junior

        Na atual crise, vai Schim, Glacial e por aí. rsrsr

  • Guerreiro

    O cérebro e toda a sua complexidade ainda é um mistério que promete perdurar por muitos anos.

  • 666Dark

    É, eles nunca vão achar a origem das memórias dentro do cérebro ! Ela é armazenada fora do corpo físico.

    • PALEOSETI

      Concordo.
      Aliás um dia, a minha teoria do segundo cérebro (não físico) será comprovada. hehe

      • 666Dark

        Com certeza, o corpo astral tem o dele, mas as memórias também não ficam no corpo astral.

        • Celço Teixeira

          Nossas lembranças e pensamentos estão armazenados numa especia de nuvem, o nosso cérebro é apenas uma ferramenta para acessa-los.

  • Thiago chipset Andrey Ferreira

    Excelente artigo.

  • KOALA

    Sonho ou pesadelo? Alguém deve acordá-lo.

    • KOALA

      Ops! CEP errado. Comentário redirecionado.

  • Joao Paulo Jesus Flores

    O cérebro humano é realmente espetacular é nessas horas que acredito em algo mais, pois a simples ação da natureza não seria capaz de desenvolver algo tão perfeito

  • aland_55

    Estamos todos morrendo sem ter descoberto nosso verdadeiro potencial. Considero isto trágico.

  • Eduardo Santos

    Boa tarde O.H.

    Como já foi dito aqui neste site, o cérebro é uma “máquina” quântica que funciona nos dois modos.
    1- Físico, material, corporal.
    2- Quântico, energético, oculto.
    -Pensamento e Imaginaçao…

  • Navegador Maluco

    “Uma rede de neurônios pertencente a um cérebro hiper-gigante, de um ser com a duração de vida de bilhões e mais bilhões de anos da Terra” , curiosamente já pensei nisso, nessa probabilidade. Se compararmos as estruturas celestiais, vou citar um exemplo, nosso próprio sistema solar, e compará-lo a estrutura molecular dos átomos, se assemelha muito com a dos Átomos, nos dando uma noção do micro e do macro cosmos, o que me faz pensar, seriam os universos existentes, as extensões de um corpo gigantesco? O corpo do Criador, nos qual fazemos parte? Impossível? Nosso corpo é constituído de milhões de formas de vidas micro orgânicas, resumindo, milhões de bichinhos, cada qual com sua função, que juntos, formam um todo. Há que se pensar nisso! Kkkkkkkkkk Viajei no fubá agora! kkkkkk
    https://uploads.disquscdn.com/images/b83f70ec8f2f7bf8cabbcbcdb78726228e7b88bfd7916397f6c655a5a612d39f.png https://uploads.disquscdn.com/images/aee7f7c784e6e91df636a08fdb74a01e0d7a6e30d020a3c989bdceb4eac66ab6.jpg

    • Eduardo Santos

      Pense em todas as estruturas físicas (sóis, galáxias, bilhões e mais bilhões de planetas, etc.etc) espremidas em um espaço menor que um átomo: uma “singularidade”. Big-Bang. Essa é a “viagem oficial”!!!
      Haja…ou faça-se…a Luz????

  • Diana Artemis

    A pesquisa fala do cerebro como estrutura fisica. Tentam entender cada ponto, cada conexão e suas funções. Tentam entende-lo como um receptáculo, um HD e tbm seu sistema neurotransmissor. É amplo, em pesquisas assim são séculos de conhecimento passado literalmente de “geração a geração”! Agora paralelo a estas pesquisas existe outra na minha opinião de igual importancia que é a consciencia. Esta se constitui em um misterio em mtos sentidos pq não se mede, verifica, analisa, testa fisicamente (pelo menos não ainda)! É exatamente sua caracteristica especial – a subjetividade – que a faz tão desafiadora! Estes dois elementos cerebro e consciencia irá tirar por mto tempo ainda o “sono” de mtos cientistas rs

  • aland_55

    Este estudo me elucida uma teoria que nunca me satisfez, então: Se o cérebro é multidimensional poderia explicar a existência da alma. A alma multidimensional repartida em porções,fora do tempo e do espaço, em diferentes versões de nós mesmos, no passado, no presente e no futuro, tudo existindo simultaneamente no agora. Então não existe reencarnação após a morte física. Ela já existe agora, e estes casos de pessoas que conseguem ver o futuro ou mesmo o passado é através da alma ou cérebro multidimensional. Esta versão de nós aqui ainda continua morrendo mas continuamos existindo, em nossas versões no futuro ou no passado, por toda eternidade, pois o tempo só existe pra parte física.

  • plammos

    Sinto-lhes informar mais nunca vamos descobrir a verdade =)

    • Marcio Martins Legardi

      Não nessa vida …. complementando

  • Elioc

    No meu suposto contato(“suposto” pq não tenho certeza se as lembranças são de fato reais), o mais marcante foi justamente a constatação da imensa superioridade cerebral daquele ser em relação a mim e tb a qualquer humano. Ela me pediu para olhar nos olhos dela e então eu me vi como o meu cérebro, e a frente o cérebro dela, violeta, muito mais denso que o meu, em que mergulhei e então ela me passou um ensinamento moral diretamente do cérebro dela para o meu. Apesar de receber só esse simples ensinamento, no mergulho de alguma forma vi que o cérebro dela era infinitamente superior ao meu, superioridade tão gigantesca e imensurável, que me pareceu claro concluir que tb seria imensamente superior a de qualquer outro humano. Era como comparar uma poça d´água com um oceano. Diante mim estava um ser com praticamente o mesmo volume cerebral que o de uma pessoa, mas de alguma forma parece que aquele cérebro era milhões de vezes superior em tudo. Essa percepção foi tão fascinante, que nos segundos após essa conexão fiquei olhando ela com uma admiração como se estivesse diante de um ser divino.

  • Anysio Castro

    Em minha opiniao, o cerebro fisico e so uma ferramenta da consciencia , essa sim e nosso verdadeiro ser, tal qual qualquer parte de nosso corpo biologico fisico , somos muito mais que esse corpo fisico …

  • Kaczmarczik

    – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – Boa Noite a Todos – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
    ___________ De fato há tanta coisa em nossa mente como se cada mente fosse um mundo à parte que se conectam em determinados pontos e em determinadas situações, mas agora a mente humana sendo considerada como um universo único para cada indivíduo só faz com que fiquemos cada vez admirados e certos de que nós não podemos ter sido um produto do acaso!!!
    – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –