Restos de raça com crânios alongados e baixa estatura são encontrados em Malta

Tempo de leitura: 3 min.
Este parece ser mais um caso em que a arqueologia de tendência predominante tenta esconder fatos importantes da “nossa” história:

Restos de uma enigmática raça com crânios alongados e baixa estatura foram desenterrados dentro de um sítio arqueológico de 5.000 anos, em Malta.

Ao caminharmos mais profundamente no mundo da arqueologia, encontramos detalhes de que, pouco a pouco, completam este complicado quebra-cabeças apresentado pela nossa história antiga. Cientistas continuam fazendo descobertas que ligam várias regiões do globo ao longo de períodos que no futuro podem formar uma foto completa.

Um caso especial e complicado é representado pelo Hipogeu de Hal-Saflieni, um sítio subterrâneo datado de entre 3.300 a 3.000 A.C.  Ele parece ser uma necrópole, após os restos de mais de 7.000 corpos com crânios alongados foram descobertos; ossos diferentes de qualquer ancestral na escala evolucionária.

A descoberta ocorreu em 1902, enquanto trabalhadores numa construção atravessaram um teto por acaso.  Como muitas outras grandes descobertas, isto aconteceu por acidente. Felizmente para nós, todas as tentativas de acobertar a estrutura megalítica subterrânea falharam.

Manuel Magri liderou as escavações. Ele foi um pioneiro na arqueologia e padre Jesuíta, membro da Sociedade de Jesus. Sob circunstâncias suspeitas, o sacerdote morreu logo antes da publicação do relatório das escavações, em 1907.

O relatório oficial descreveu a tumba megalítica como sendo uma enorme catacumba de três níveis, esculpida em mais de 2.000 toneladas de rochas. Suas paredes eram ornadas com várias figuras geométricas, tais como espirais, pentágonos e temas florais ou animais.

Em apoio à esta descoberta está um trecho publicado pela revista National Geographic na década de 1920, descrevendo os primeiros habitantes de Malta como sendo uma raça com crânios alongados.

A partir de um exame dos esqueletos da idade da pedra polida, parece que os antigos habitantes de Malta eram uma raça de pessoas com crânio alongado e de baixa ou média estatura, similares aos povos antigos do Egito, os quais se espalharam em direção ao ocidente ao longo da costa norte da África, de onde alguns foram para Malta e Sicília, e outros para a Sardenha, na Espanha – National Geographic Magazine, Janeiro a Junho, 1920 Volume XXXVII.

O sítio Hal-Saflieni liga numerosas câmaras, algumas servindo de tumbas, e outras de santuários:

  • O primeiro nível está 10 metros abaixo da superfície e consiste de cavernas naturais que mais tarde foram estendidas artificialmente.
  • O segundo nível revela a câmara principal bifurcando em outras câmaras. Estátuas, tais como a intrigante “Dama Adormecida” foram escavadas na primeira sala. No mesmo nível está a Sala Oráculo dando acesso à Sala Decorada, caracterizada por paredes lisas e elaborados padrões espirais.
  • Na mesma sala ao lado direito da parede de entrada está uma mão humana esculpida na pedra. Depois, no relatório da escavação, está um poço de 2 metros com o propósito que pode somente ser especulado: poço de cobras ou para coletar almas. Por último, está uma sala especial chamada “O Sagrado dos Sagrados”, contendo três estruturas rochosas verticais conhecidas como trilithons, as quais foram enquadradas entre si.
  • Nenhum osso foi encontrado no terceiro nível, ou quaisquer sinais de restos humanos, assim acredita-se que a área era usada como depósitos de grãos, água e vários itens de sustento.

Entre todas estas câmaras, a Câmara do Oráculo se impõe com características notáveis: um projeto de melhoramento acústico perfeito, com uma ressonância vocal surpreendente. Acredita-se que sua qualidade ajudou a propagar e amplificar o canto ritual. A vibração produzida dentro da câmara criou um efeito único de transposição do espectro emocional; em nenhum outro lugar desse planeta foi registrada tal reação.

Esta é também a sala mais rica visualmente em todo o sítio, com complexos ornamentos espirais vermelhos ocre, com detalhes circulares.

Após analise meticulosa, os pesquisadores estabeleceram que 5.000 anos atrás os habitantes deste lugar eram uma raça com crânios alongados e baixa estatura, cuja anomalia não está presente em nossos ancestrais humanos, pelo menos não naqueles que nos foram ensinados. Este fato intrigante aponta à hipótese que envolve uma raça extraterrestres, a qual uma vez possa ter vivido no território de Malta.

Por um curto período, os crânios foram exibidos no Museu Arqueológico de Valleta, capital de Malta, até que misteriosamente desapareceram sem deixar traços. A única evidência dessa descoberta milenar está representada por algumas poucas ilustrações, as quais mostram que a bizarra descoberta do Hal-Saflieni de Malta é mais do que somente uma lenda ou fábula local.

O que aconteceu com os crânios você somente pode especular, mas há rumores de que o governo se intrometeu no assunto, devido à extrema importância dos crânios. Aparentemente, não nos é permitido de aprendermos sobre nossa história verdadeira, devidos às verdades contraditórias com aquilo que nos foi contado.

n3m3

Fonte

arqueologiacrânios alongadoshistória humanaMalta
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (21)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • LuaPequena

    Bom dia O. H. !
    Cada vez mais surgem EVIDÊNCIAS da presença extraterrestre em nosso Planeta, desde de tempos antigos !
    Essa raça que habitou Malta se espalho pelo Médio Oriente e comungou com nossos antepassados os conhecimentos que tinham para compartilhar com os daqui !
    Foram nossos CRIADORES, PROFESSORES e GOVERNANTES !
    Misturaram seu DNA ao nosso e se infiltraram na maioria das sociedades já existentes no Planeta !
    Toda a nossa história é uma GRANDE FARSA !
    Todos os livros, que se referem a ela, deveriam ser REESCRITOS, já agora, contendo a VERDADE DOS FATOS , que nos foram escondidos por toda nossa existência !
    Há muito que, os paleontólogos, antropólogos, geólogos, arqueólogos, grandes historiadores estão inteirados da verdade, apenas não divulgam suas descobertas por terem suas vidas ou as de seus familiares ameaçadas de morte e assim se vêem obrigados a manterem suas bocas fechadas .
    E há os que VENDEM SEU SILÊNCIO em troca de riquezas ou grandes patrocínios para continuarem suas pesquisas .Onde, ao final, todas as descobertas se mantém ocultas do público, tendo apenas acesso a elas os seus PATROCINADORES !
    Quem poderia nos tirar a venda dos olhos, ou não pode ou está em conchavo com os ” DONOS DO MUNDO ” e assim continuaremos em nossa ignorância, apesar das PROVAS ESTAREM BEM DIANTE DE NOSSOS OLHOS E DEBAIXO DE NOSSOS NARIZES !
    ” CEGO NÃO É AQUELE QUE NÃO ENXERGA, MAS O QUE SE NEGA A VER !
    Abraços a todos !

    • Hannah_Cat

      No alvo (mais uma vez), LuaPequena!
      Meu alento é saber que estou de passagem neste mundo, cheio de “brincadeiras de mau gosto”.

      • LuaPequena

        Oi Hannah !
        O meu também ”
        Aliás, essa é a nossa ÚNICA certeza nesta vida material !
        Beijos !

    • dora petris

      Perfeito!

    • Kaczmarczik

      boa noite @LuaPequena:disqus !!!! Exatamente como você percebeu o que ocorre ocultamente nos bastidores da Ciência, mas vale lembrar que a Ciência em geral, inclusive a História oficial da humanidade, é controlada pelos que detém o poder nos bastidores da geopolítica mundial………

  • Joao Paulo Jesus Flores

    Novamente outra historia de crânios alongados, com tantos relatos ao redor do mundo tenho a certeza que pelo menos um dele sejam realmente verdadeiros e que sejam realmente crânios de uma Raça extra

  • Daniel Hausen

    Aos poucos a história vem por si própria. Provando-nos que o que aprendemos na escola pouco tem a ver com a verdade.Que caiam todas as máscaras.

    • Tmago

      Olha os ruivos peruano aí. Foi achado em Paracas ,dentro de casulos mortuários.

    • Kaczmarczik

      interessante é aquele membro da família da pirâmide que tudo vê ter o crânio alongado… Depois ainda duvidam quando digo que ExTras maus controlam os bastidores do poder do mundo…

  • Tmago

    Vejam q o arqueólogo morreu estranhamente, e tudo foi recolhido dentro do processo histórico de acobertamento.

    • Kaczmarczik

      tudo foi recolhido pelo governo, como sempre acontece nestes casos

  • Grizzy

    As informações que nos chegam sobre a nossa orgem mais uma vez vêm fragmentadas. A verdade como sempre, está sendo distorcida, escamoteada, escondida. Percebe-se assim, claramente, o objetivo dos déspotas em nos manter na mais completa ignorância, porque assim só eles dominam… e que se eliminem todos os outros.
    A nossa História (aquela que nos contam) é muito inconsistente, e o pior é que diferentes campos de estudo e várias ciências, frequentemente fechados cada qual no seu quadrado, acabam por não conversar uns com as outros.
    Não é conspiranóia, estamos mesmo sobrevivendo numa prisão muito escura.
    Ou, pelo menos, tentando.

    • Kaczmarczik

      boa noite @disqus_uXSK3Yjchx:disqus !!! O problema é que a Ciência em geral, inclusive a História oficial da humanidade, é controlada pelos que controlam o mundo nos bastidores…

  • Tmago

    Não sei o q pode ser colado aqui, fica uma dica: A banda irlandesa Celtic Woman num vídeo do youtube, intitulado Destiny(2016) , tem a loirinha violonista Máiréad Carlin, olhem o formato do crânio, o rosto e a estatura.

  • 666Dark

    O problema é as pessoas acharem que os crânios alongados são de extras e só procurarem tipos diferentes dos humanos !
    Se querem extras, é só olharem no espelho. Temos vários tipos de extras aqui na Terra !
    Nem vou escrever nóis merece…iiii escrevi !

    • Tmago

      Tbm me perturba essa falta de conhecimento científico p nos explicar c exatidão porque alguns são brancos loiros, castanhos, ruivos. Porque são brancos, pretos, amarelos e vermelhos no tom de pele.

      • KOALA

        Verdade. E a falta de pelos? O ser humano é o único animal pelado que existe.

  • Kaczmarczik

    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * Boa Noite a Todos!!! * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *
    _______________ Não se sabe se os crânios alongados encontrados nesse sítio arqueológico, se podem não ser de ExTras, talvez sejam de híbridos de aliens e humanos, afinal, na antiguidade os ExTras viveram pessoalmente com alguns povos humanos inclusive compartilhando descendências!!!!!!
    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

  • Eduardo Santos

    Boa noite O.H.

    Amigos, nós que acompanhamos as matérias aqui do O.H. sabemos que este mundo não é um mundo em que a Verdade impera. Ela é (segredo), a chave daqueles que conhecem a Realidade. Daqueles que vêem. Os Despertos.
    Não adianta acreditar naquilo que só trará mais e mais desgraça à Humanidade. A História tá aí escancarada, mas sem as imagens e cenas REAIS que a escreveram ao longo do tempo de vida e morte”desta” Humanidade. (Vejam as imagens dos traidores/heróis)
    Outras “Humanidades” estiveram aqui e outras estarão, mas nossa ciência oficial e os papas desta cultura são por demais arrogantes para admitir esta verdade. Achados “impossíveis” da arqueologia viraram peças de museu num piscar de olhos como se esse conhecimento nada acrescentasse.
    A Verdade traz em seu bojo o poder de mudar todo um estado de coisas e situações, ou seja, de mudar a realidade enganadora em que este mundo está assentado.

    Estamos na contagem regressiva…
    Abraços.

  • Wilson Torresini

    Vários mistérios com múltiplas teorias, parece que a cada descoberta o campo de indagações e dúvidas sobre o nosso passado, aumenta e nos intriga de maneira exponencial.