Anomalia é detectada vindo da Antártica, e ninguém explica como ela se formou

Tempo de leitura: 2 min.

Recentemente tem havido muita atividade anômala no mapa traçado pelo Morphed Integrated Microwave Imagery – MIMIC-TPW (Imagens de Microondas Integradas) que está vindo da Antártica. Embora o mapa não mostre a região do polo, você ainda pode ver como a anomalia em forma de onda está obviamente se originando da Antártica.

Em abril, o mesmo tipo de atividade estava sendo produzido a partir da mesma região. Devido às coordenadas das quais a anomalia parece estar se originando, muitos acreditam que ela poderia de alguma forma estar ligada à Estação Princesa Elizabeth, que está localizada em Utsteinen Nunatak, Terra da Rainha Maud. Coordenadas: 71.949960°S 23.347503°E

A estação está situada na base de estruturas que se assemelham a pirâmides. Muita controvérsia tem sido levantada a respeito desta área em recentes meses, com o ex-astronauta Buzz Aldrin escrevendo uma sinistra mensagem no Twiter, alertando: “É o próprio mal”.

Meses antes, outras pessoas notaram o que parecia ser um forte no formato de uma cúpula na mesma região. É claro, após houve também várias mensagens no Twitter mostrando estranhas pirâmides de gelo.

Agora parece que ainda outro mistério está se originando do Polo sul, o qual ainda não foi explicado.

O canal do YouTube, Dahboo777 explica no vídeo como ele notou o mesmo fenômeno mensurado pelo MIMIC já em abril, e como ele havia reportado a respeito disso na época. De acordo com Dahboo777, e com o sistema MIMIC, as ondas parecem emanar da Antártica e se movem para fora no Oceano Pacífico.

Infelizmente, similar aos outros mistérios acima relacionados sobre o Polo Sul, este é mais um que permanece sem respostas. Esperançosamente, logo saberemos a verdade, assim poderemos compreender o que está ocorrendo no nosso planeta.

Por agora, tudo que podemos fazer é especular sobre o que está ocorrendo…

Veja o vídeo em questão (Para instruções de como ativar a legenda em português, embora esta não seja precisa, clique aqui):

n3m3

Fonte

anomaliaAntárticaBuzz Aldrinondas misteriosas
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (18)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • Tmago

    Realmente há de aparecer muitas coisas na Antártida, devido ao aquecimento. Tbm começa a ter uma coloração verde devido a formações de musgos. Só não entendo porque não se pode voar em
    certo lugar de um território internacional.

  • BETO RABELO

    Bom dia pessoal,
    Olhando com o Google Earth, parece ter muita maquiagem no local da base princesa Elisabeth, e muitas estruturas estranhas, aparentemente de rocha, equidistantes e alinhadas (?), creio que 16 ao todo, muito semelhantes.
    Vale a pena checar…

  • BETO RABELO

    .

  • BETO RABELO

    Local:

  • cerberos

    Já é a hora de correr para as montanhas? perá não estou preparado, só Ninguém está preparado.

  • Tmago

    Usando meus genes do desconfiômetro interno, quem sabe se esse aquecimento global não é proposital p chegarem ao q possa estar lá ? Sempre Hellmann’s….

  • dora petris

    Boa noite a todos.
    Será que estas ondas de energia aconteciam antes também?
    E somente agora estão detectando?

    • Navegador Maluco

      Boa noite! Será que são ondas de energia? Até agora só existem especulações a respeito, ainda não dá pra saber ainda se é algo bom ou ruim, seja lá o que for, mais cedo ou mais tarde será revelado, assim eu espero, ou melhor, nós esperamos.

  • RadicalLivre

    …pelo vídeo, é só mais um redneck americano sofrendo de um ataque conspiratorio, sem nada de relevante a informar. Chama o brother do capuz aí pra dar um Nois Merece nele.

  • Joao Paulo Jesus Flores

    Fiquei perdido novamente, o que está vindo da Antartica?

  • Diana Artemis

    FORMAS DE RELEVO GIGANTE E TÃO ALTO QTO A TORRE EIFFEL É DESCOBERTO SOB FOLHAS DE GELOS NA ANTARTIDA

    Se você tem suspeitado há algo escondido sob o gelo espesso da Antártida, então você estava absolutamente certo.

    Os cientistas descobriram gigantes terrestres, conhecidos como “eskers” escondidos sob o gelo. Algumas dessas formas de relevo são cinco vezes maiores do que as observadas em regiões onde o gelo antigo recuou, e os pesquisadores dizem que estão moldando o gelo a centenas de quilômetros de distância.

    Os pesquisadores há muito suspeitam que há formas de relevo sob a Antártida, mas o espesso gelo nos impede de observar o que está escondido a milhares de metros abaixo.
    Pesquisadores da Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica, e da Academia das Ciências da Baviera, na Alemanha, detectaram diferentes “refletores de radar” abaixo da plataforma de gelo Roi Baudouin em Dronning Maud Land, na Antártica.

    Estas são condutas subglaciais que se formam sob grandes placas de gelo como parte de seu sistema hidrológico basal. Estes túneis têm um diâmetro típico de vários metros a dezenas de metros, e eles afunilam a água derretida subglaciar em direção ao oceano.

    “Eskers, uma forma de relevo glacial usada na reconstrução de folhas de gelo palaeo, são a evidência deposicional de sistemas hidrológicos subglaciais canalizados anteriormente”, escreveram os autores no estudo, publicado pela Nature Communications .

    “Nossos eskers inferidos são muito maiores do que a maioria dos eskers do registro glacial wisconsoniano, mas sua forma se assemelha à de alguns eskers em áreas desglaciadas anteriormente ocupadas por lençóis de gelo terminais marinhos”.

    À medida que o gelo flui por cima dessas cristas, elas deixam cicatrizes ao longo do fundo do gelo.

    Os landforms (formas de relevo) são comparáveis ​​na altura com a torre de Eiffel e os investigadores admitem que não viram qualquer coisa como este antes.

    Foi originalmente pensado que os canais de gelo-prateleira são esculpidos por derretimento devido ao oceano apenas, mas isso parece apenas parte da história.

    “Nosso estudo mostra que os canais de gelo podem já ser iniciados em terra e que o tamanho dos canais depende significativamente dos processos de sedimentação ocorridos ao longo de centenas de milhares de anos”, indica Reinhard Drews, autor principal do estudo.

    Esta talvez não seja a antiga civilização perdida da Antártida que alguns pensam que está enterrada sob o gelo, mas ainda é uma descoberta significativa que pode ajudar a desvendar alguns dos mistérios do nosso continente mais frio.

    Devemos também ter em mente que a descoberta destes eskers escondidos é de interesse para a estabilidade das prateleiras de gelo flutuante, como numerosos estudos mostram que o enfraquecimento da prateleira de gelo tem grandes conseqüências para a estabilidade da camada de gelo.

    Também é importante estudar a Antártida porque este misterioso continente poderia nos ajudar a responder a perguntas como: De onde viemos? Nós estamos sozinhos no universo? Qual é o destino do nosso planeta? A Antártida mantém as pistas para o nosso passado e futuro .
    FONTE: MessageToEagle

    A) Localização dos perfis de radar aerotransportados (2011) e terrestres (2016) da plataforma de gelo Roi Baudouin, East Antartica, com a imagem Landsat ao fundo. As linhas de aterramento estão marcadas para 1996, 2007 e 2016. A caixa tracejada branca delineia a área em b, onde os locais do radar são mostrados com altitude de superfície TanDEM-X (contornos de 5 m). C) Perfil de radar aerotransportado EuA-EuA ‘que cobre a camada de gelo aterrada. As hipérbolas de reflexão interna que atingem centenas de metros acima da interface do leito de gelo são evidentes (refletores A-C), e estão alinhadas com canais de prateleira de gelo localizados na direção do mar (na página). Os reflectores A e C estão por baixo dos sulcos superficiais. Crédito da imagem: Nature Communications
    https://uploads.disquscdn.com/images/81d4492e0c1e4dbc25292146bc2ea5f528d2c26c4dfb02b085e749f60d743bae.jpg

    • Kaczmarczik

      muito bom @disqus_vGDAb5VHqP:disqus !!!!! Sabemos que os meios oficiais científicos não nos darão uma resposta 100% completa, apenas meias verdades, para não sabermos a verdade do que há na Antártida!!!!

  • Francisco Antônio Muniz Gomez

    Onda de radiação vindo desta coordenada. A Antártica e seus mistérios. A Rússia e os EUA já disputam esse continente. O Brasil já não é um país deve ser expulso de lá em breve.

  • Kaczmarczik

    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * Boa Noite a Todos!!! * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *
    _______________ Novamente a Antártida em evidência!!! Tais ondas que se acreditam provir do continente gelado e ainda ondas de forma padronizadas, direcionadas do continente para fora dele, é um fato estranho, senão indícios de algo muito importante acontecendo lá… Buzz Aldrin ao dizer ser “o próprio mal” estaria na Antártida, ele quis se referir ao que estaria causando tais ondas misteriosas ou estaria falando das próprias ondas em questão? Mais um mistério da Antártida, que há muito tempo já vem sendo disputada por nações poderosas da Terra, como Inglaterra, nos primórdios do milênio passado, Alemanha nazi antes da 2WW, e atualmente por 3u4, Rússia e China!!!! Há algo estranho por lá, se for de natureza extraterrestre só iremos descobrir quando estiver em cima da hora!!!!!
    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

    • Navegador Maluco

      Bom dia! O problema é que dizem, que o que foi dito por Buzz Aldrin, teria sido passado a um amigo pelo twitter, e não se sabe se é verdade o que ele disse, então ficamos na dúvida, mas com certeza algo de grande escala está acontecendo por lá, então, vamos aguardar novos desfechos.

      • Kaczmarczik

        entendo…. Mas esse é o problema: será que ele disse isso mesmo e estão tentando desacreditar o fato dizendo que foi um amigo dele?

  • Wilson Torresini

    De que forma ou matéria deverá ser feito essas “pirâmides”, com certeza são rochas, porém apresentam cor disforme e provavelmente impermeável, em que andesito e o riolito formadas não tem essas caracteristicas.

  • Menomo

    Não é à toa que quando inventaram o Super-Homem fizeram ele morar na Antártica. Um alienígena enviado à Terra que mora em um local inabitável para não ser descoberto. Muito da cultura pop tem fundamentos fictícios bem reais e algumas pessoas por trás dessas criações sabem de coisas que não sabemos.