Onda de OVNIs invade a Flórida (EUA) em 25 de abril passado

Tempo de leitura: 2 min.

O National UFO Reporting Centre (NUFORC), com base nos Estados Unidos, foi inundado com relatos de testemunhas sobre uma onda de OVNIs, em 25 de abril passado, que ocorreu em partes do estado da Flórida.

Peter Davenport, diretor da NUFORC disse:

Aproximadamente uma dúzia de relatos de avistamentos de excelente qualidade foram submetidos em rápida sequência pelas testemunhas em múltiplas localizações da Flórida.

Três testemunhas adultas em Largo reportaram ter visto um objeto em forma de disco descer de nuvens próximas, e pairar brevemente sobre sua residência, no céu noturno.

Eles reportaram que o objeto de repente voltou rapidamente para a mesma área  do céu da qual saiu, desaparecendo novamente nas nuvens.

O primeiro relato veio de Bradenton, às 20h40, quando três luzes alaranjadas foram vista em formação triangular.

OVNIs fotografados na Flórida em 2015 (não relacionados à esta reportagem).

Houve mais 11 relatos de atividade aérea anômala entre as 23h00, quando na cidade de Jupiter, “algo viajando em linha reta que deixou uma trilha de fogo ou faíscas” foi visto por dois ou três minutos, às 01h47, quando, em Orlando, “oito bolas de luz” emergiram das nuvens. Este último espetáculo ocorreu por três ou quatro minutos, quando elas “iam e voltavam pelo céu em linha reta, então pararam e formaram um círculo e começaram a girar ao redor uma da outras…”, de acordo com um dos relatos de testemunhas.

Oito dos eventos ocorreram nos 15 minutos entre 23h45 e meia-noite. Eles foram:

  • 23h45, Apollo Beach: Um “objeto circular em alta velocidade se movendo do oeste para o leste, logo ao sul da base da Força Aérea MacDill, foi visto por 30 segundos
  • 23h45, Plantation: Um “OVNI avistado sobre os Everglades (pântano), no Condado de Broward”, por três segundo
  • 23h45, Clearwater: “Luzes verdes brilhantes se movendo do oeste para o leste” por 20 segundos
  • 23h50, Port Charlotte: Um “bola branca com chamas vermelhas e alaranjadas cruzou o céu”, por cinco minutos
  • 23h53, West Palm Beach: “Objetos similares a meteoros/brilho verde aparecendo por três segundos”
  • 23h53, Seminole: “Enorme objeto silencioso visto por 10 segundos”
  • 23h53, Plant City: “Nave em forma de cilindro voando muito baixo, pela maior parte com luzes verdes que seguiam atrás, por 20 segundos”
  • 00h00, Largo: Uma “nave de cor negra com todas as janelas iluminadas como se fossem luzes de um avião” foi vista por entre 10 a 15 segundos

Houve outro avistamento às 00h27 em Pilellas Park, quando, por 15 segundos, uma “aeronave com luzes vermelhas cintilantes parecia estar rebocando algo como um “diamante com faíscas”.

De acordo com o relatado, “o objeto entrou numa nuvem e permaneceu estacionário”.

O NUFORC diz que geralmente recebe uma fração dos avistamentos que ocorrem, assim espera que mais pessoas tenham visto algo aquela noite e os incentiva a se manifestarem.

Infelizmente não foram disponibilizadas imagens desta onda de avistamentos.

n3m3

Fonte

EUAFloridaOVNIsUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (20)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • Silvio Toledo

    Podem ser discos voadores ou podem ser tecnologias terrestres. Agora fica dificil demais de saber até que eles façam algo surpreendente e além da tecnologia que conhecemos.
    Vide video abaixo assim que a moderação liberar 🙂

  • Edson Silva

    Por que será que não passa na tv? Foi muita aparição, algo perto de acontecer, espero.

  • Renato Dias

    o moço da catástrofe é outro, mas esse tipos aí de ufo aparecem antes de grandes terremotos

    • Hannah_Cat

      Que “moço da catástrofe” vc se refere?!… Grandes terremotos, é?! o.O

      • Renato Dias

        Francisco Antônio Gomes, rsrsrs. Certa vez vi um estudo sobre esses ufo bolas brancas que associava o aparecimento deles antecedendo a tremores de terra, terremoto. Acho que foi na discovery há uns 20 anos e no documentário falavam tbm sobre certos avistamentos e as ondas de baixa frequência emitidas por falhas geológicas.

        • Hannah_Cat

          Ah, entendi! Agradeço o esclarecimento. 🙂

    • Ricardo Moreira

      kkkkkkkkkk

  • Ayrton Cavalo

    Cada vez mais próximos das cidades, será que eles estão na beira do reconhecimento.

  • Hannah_Cat

    Não vejo a hora de um dia, ao acessar este blog, encontrar o mais recente tópico dizendo:

    “Finalmente chegaram! Aterrissaram e se apresentaram em várias cidades do mundo. Vejam quem eles são!”

    • Renato Dias

      Hihie, aí vai perder a graça.

      • Hannah_Cat

        Tipo: “O melhor da festa é esperar por ela.” 😉

  • Guerreiro

    Pelos relatos das pessoas dá pra ver que foi algo incrível, mas não é possível que de todos que viram, ninguém registrou o avistamento. Com certeza alguém deve ter filmado ou fotografado, mas ainda não disponibilizaram para nós.

  • Tmago

    Realmente na maioria dos relatos não daria p filmar, foram rápidos, mesmo c uma câmera ligada em modo de espera, até enquadrar…e ainda conta c nosso 1o instinto q é olhar p ter certeza e já era.
    Outros, 2min e 4mins, mas pela hora e a curiosidade, e o fato de estar c câmera ou celular. Vou acreditar no depoente.

  • Francisco Antônio Muniz Gomez

    Que beleza olha eles aí gente.

  • KOALA

    É apenas uma revoada de drones.

  • Joao Paulo Jesus Flores

    Meio dificil de acreditar, não há uma unica imagem super borrada de péssima qualidade pra nós discurtismos sua veracidade

  • sergio_ntl@hotmail.com

    com certeza é obra de brasileiros soltando balões

  • Wilson Torresini

    Parece que ao avistar um ovni ou algo diferente de tudo que já foi visto, as pessoa ficam meio inertes, pois ocorre um tipo de “congelamento” e faz com que as pessoas, não percam aquele momento, isso já aconteceu comigo, e acho que não seria diferente com outros, mas com a tecnologia empregada nos dias atuais, é um desperdício deixar de documentar as aparições de forma plausível.

    • Claudemir Fernandes

      Isto ocorreu comigo, fiquei estasiado, foram 10 segundos em que só pensei em ver os detalhes da nave para ter certeza do que estava presenciando. Era triangular, de cor laranja, com a parte de trás um pouco mais elevada. Estava inerte um pouco acima das nuvens e deslizou no céu como uma pedra de gelo numa mesa. Não existe foto ou vídeo que tragam tamanha emoção.