Viagem no tempo é possível, mostra novo estudo

Tempo de leitura: 2 min.

De acordo com o Professor Ben Tippett, viajar através do tempo não está fora do reino das possibilidades.

Desde o “Doutor Who” até “De Volta Para o Futuro“, a viagem no tempo tem sido uma constância nos filmes, livros e programas de TV de ficção científica por anos. Mas seria mesmo possível viajar para o passado?

Tippett, professor de matemática e física da Universidade da Columbia Britânica no Canadá, disse:

As pessoas pensam que a viagem no tempo é ficção.  E tendemos a pensar que ela não seja possível, porque não a fazemos. Mas, matematicamente, ela é possível.

Ele diz que a chave está na teoria geral da relatividade de Albert Einstein, a qual declara que objetos estelares massivos, tais como estrelas ou buracos negros, na verdade distorcem tanto o tempo quanto o espaço.

Para mostrar que a viagem no tempo é possível, Tippett criou uma nova fórmula que foca na forma com que estes objetos massivos causam com que o próprio tecido do espaço-tempo se curve. Ele disse:

A direção do tempo da superfície do espaço-tempo também mostra curvaturas. Há evidência mostrando que quanto mais próximos chegarmos de um buraco negro, mais lentamente o tempo se move.

Meu modelo de uma máquina do tempo usa um espaço-tempo curvado – para dobrar o tempo em um círculo para os passageiros, não em uma linha reta. Esse círculo nos leva de volta no tempo.

Contudo, o físico admite que atualmente é impossível colocar isso em prática.  Ele disse:

Embora seja matematicamente factível, ainda não é possível construir uma máquina de espaço-tempo, porque precisamos materiais – os quais chamamos de materiais exóticos – para dobrar o espaço-tempo nessas formas possíveis, mas eles ainda têm que ser descobertos.

Enquanto isso, procure não errar, porque ainda não podemos voltar para corrigir os erros . 😀

E, a propósito, será que alguns de nossos visitantes não seriam nós mesmos que descobrimos esses materiais exóticos no futuro para criarmos uma máquina do tempo?

n3m3

Fonte das informações

espaço-tempomáquina do tempoviagem no tempo
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (53)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • Eduardo Santos

    Acredito que o ser humano ainda é muito primitivo para que possa ter esse ” poder” em mãos.

    • Kaczmarczik

      o interessante é que o ser humano só avançou tecnologicamente porque se apropriou de tecnologia alien, seja ela roubada de naves caídas ou negociada com extras em acordos secretos……

      • 666Dark

        Sei não, a tecnologia atual está defasada mais ou menos 100 anos !
        Não acredito muito na tecnologia alien.
        Existem coisas do arco da velha escondidas e não lançadas.
        Enquanto a turma engolir essas “maravilhas”, eles não lançam as novas.

        • Kaczmarczik

          esqueceu-se que a tecnologia alien está inicialmente restrita aos militares norte-americanos (e russos, e chineses)??? Logo a tecnologia alien está oculta a nós!!! Se não acredita na tecnologia alien então não percebeu a tecnologia que nos faz conversar aqui, que não existiria se não fosse os extras ter interferido no curso normal do desenvolvimento humano! Veja como foi a evolução dos computadores (que primeiramente foram idealizados para ajudar no Projeto Manhattan, aquele do qual nasceu a bomba atômica), aliás a única área do conhecimento humano que deu um salto desenvolvimental inacreditável!!!

    • Marcelino Melo

      Há não ser que esse “poder” tenha caído de presente no colo de quem não deveria, tipo 04 de Junho de 1947 Novo México. Acidentes acontecem. Ainda mas num noite de grande tempestade.
      Você sai de uma linha temporal e de repente entra num meio de uma tempestade. Aqueles cinzas são tão “humanos” no jeito de agir. Divagações ..
      Mas acho que ainda não desvendaram o funcionamento da máquina que capturaram

  • Kaczmarczik

    oooooooooooooooooooooooooo Bom Dia a Todos!!! oooooooooooooooooooooooo
    _____________________ Se não me falha a memória o único a conseguir construir uma máquina do tempo foi o gênio Nikola Tesla, mas seu projeto, bem como vários projetos incríveis como o de um UFO terrestre, foram confiscados e são agora posses do governo dos 3u4… Viajar ao passado é possível usando nossa memória, mas acho que os extras possuem os tais materiais exóticos a que o cientista da matéria se refere, porém se a humanidade se apossar de tais materiais a primeira utilidade dos inventos fabricados a partir deles serão de uso militar infelizmente…
    oooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

  • Kaczmarczik

    seria uma bagunça interferir no passado e no futuro porque pessoas e coisas estão interligadas conosco no presente

  • Elias Roth

    Como sempre temos falado, sim, o tempo é tão curvo quanto o espaço,a idéia do referido cientista não é nova e nem original.
    E se o tempo se curva, então pode acelerar ou desacelerar em determinadas regiões do tecido do espaço, conforme a topografia temporal do sistema gravitacional aplicado.
    Mas veja… o tempo pode acelerar ou desacelerar… não voltar para trás.
    Esse é o ponto.
    Saltos no futuro são factíveis.
    Se a gente reparar bem, temos um exemplo diário deste fenômeno: o efeito SONO.
    Quem é que acorda tendo a impressão de que esteve 8 longas horas na cama?
    Uma noite bem dormida as vezes passa a sensação de que você mal deitou e já acordou. São sensações de tempo diferentes para a mente.
    Porque nossa mente estava em outras dimensões, enquanto o corpo dormia por aqui.
    Então, ela sente um período de tempo diferente.
    Mas há os casos das longas noites mal dormidas, quando 8 horas se fazem uma eternidade.
    São distorções temporais para a nossa mente.
    A consciência percebendo o tempo de várias formas, porque visita diferentes dimensões… porque a mente bem treinada é a melhor máquina para se viajar no tempo. Se qualquer máquina for inventada, precisa se basear no seu funcionamento muito “quântico” por sinal.
    https://uploads.disquscdn.com/images/05cbd37232e077960ae49fa16ae942bde02f99493ab047f163e5dfb8fca71d60.jpg

    • Elias Roth

      O FILHO DE DEUS

      IX

      Nas efemérides de um momento eterno
      a majestade da Cruz calou o próprio tempo
      e sangrando as estrelas num fogo de ouro líquido
      trocou a argila pelo metal em meu corpo
      e despertou no coração de homem o amor da Primeira Palavra,
      aquela que o fez gigante a partir de um ponto insignificante,
      porque esta Primeira Palavra ditou-a Deus no instante da Cruz,
      e esta Primeira Palavra contou sobre tudo o que há contido no Amor,
      e tudo o que deixa de haver quando Amor não há…

  • Marcelino Melo

    Há não ser que cada interferência gere nova linha temporal independente. Diversas linhas paralelas evitariam paradoxos

  • Elias Roth

    O PARADIGMA DO TEMPO
    É exatamente igual ao jogo de xadrez.
    Cada jogador tem diante de si infinitas possibilidades de movimento, mas só pode realizar um movimento de cada vez.
    No plano mental,que se antepõe ao temporal, você pode vislumbrar todo o
    emaranhado de saídas e soluções para determinadas situações.
    Essas seriam as linhas alternativas fluindo no mundo mental das
    possibilidades, mas o ato realizável é linear e sequencial… porque ele
    é que cria o próprio tempo. O tempo, o que é?
    A sequência de eventos que se fecham dentro de ciclos.
    Mas o que vem antes do tempo? A mente, esta que pode antever todas as
    linhas fluindo em torno do evento a se materializar a frente. Então,
    numa dimensão virtual, os mundos paralelos existem na forma de
    potenciais mentais que podem ou não se tornarem eventos. A sequência
    linear de todos os potenciais que se tornam eventos dentro do universo é
    o que concebe o tempo.
    E não precisamos voltar ao passado, pela própria definição do CICLO.
    O tempo não é curvo? Pois é, o ciclo sempre volta ao passado, num formato repaginado. O tempo é ilusório nesse sentido, o amanhã não existe como coisa nova, senão que o futuro é o retorno do passado que o sistema em ação memorizou em suas bobinas de registro.
    Isso podemos ver nas estações que passam. A natureza memorizou a primavera e podemos ficar seguros que a natureza aciona a primavera depois de cada inverno.
    Não há o novo aí, no sentido de coisa original nunca vista.
    Há somente o retorno do passado no presente. Por isso não existe nem na teoria e nem na prática esse conceito de voltar ao passado numa máquina e fazer tudo diferente, fazendo coexistirem várias linhas paralelas de ação em supostas dimensões alternativas…. isso é pura ficção científica.
    Em termos práticos, desnecessário ao universo, que já volta ao passado pelo simples fato de o tempo ser curvo, ciclo fechado.

    O amanhã é o ontem noutro envelope.

  • Elias Roth

    Os seres que conseguem o acesso ao plano da eternidade, tem sim esse
    vislumbre do jogo passado-futuro. No máximo, se John Titor fosse real
    (ele não é real, é um fake da internet, porque muitas coisas anunciadas
    por ele não se realizaram, e uma pessoa que se diz vinda do futuro com
    informações tem que ter 100% de acerto, o que não foi o caso dele)…
    continuando, os profetas por exemplo tem vislumbres do futuro no tempo
    presente. E seres do mundo da eternidade podem estar entre nós falando
    do futuro da Terra. E também podem trazer informações de como foi o
    nosso passado. Quem tem acesso ao mundo da eternidade vê as duas coisas.
    Mas voltar ao passado não precisa. O passado volta no futuro. O tempo é
    circulo fechado, no qual se acrescentam as causas e efeitos do giro
    anterior.
    Voltar ao passado no sentido de ver o passado acontece, mas não no sentido publicado pela ficção, de voce mudar o futuro. Isso fere a Lei do
    universo, porque todos os dias, voltamos ao passado do ontem. O dia
    repete cada ontem, somando as consequências dele num hoje diferente de
    ontem. Mas cheio de repetições.
    Podemos presenciar os eventos passados, são os famosos registros akáshicos da memória da Terra.
    Mudar, não faz sentido. A natureza vai girar e trazer tudo de volta. O
    tempo curvo faz isso, sempre volta ao ponto de partida por causa dessa
    memória acionadora por trás das engrenagens do tempo.

    • Joao Paulo Jesus Flores

      Elias vc por um acaso é fisico ou filosofo, suas ideias são tão bem pensadas e de fácil entendimento, parabéns pela explicação

    • jose mauro

      meu caro Elias , acredito ser impossivel voltar ao passado por que o tempo e linear move-se para frente nao retorna, talves um retorno virtual nao fisico como olhar um video , uma foto , uma impressao do passado mas nao com efeitos fisicos no presente, mas somente mentais e virtuais.

      • Elias Roth

        É exatamente assim, o passado é como um filme que voce pode rever quantas vezes quiser, mas o que se registrou no tempo não pode ser mais alterado. Apenas consultado. Como uma memória. E se analisarmos bem, quem puder refletir sobre o passado que foi terá condições de acertar melhor nas coisas do futuro que virá: porque as mesmas oportunidades retornarão, e como a gente já viu o filme das coisas que foram e como foram, podemos tentar fazer diferente…. fazer melhor desta vez. Esta é a principal lição do passado que se tem em conta!

  • Guerreiro

    Não acho ser possível voltar no tempo, porque para mim o tempo é apenas uma ilusão. Conseguimos relembrar de vários momentos que já vivemos. Mas só uma lembrança. Não podemos voltar a viver esses momentos, a não ser, é claro, que a gente viva situação semelhante ou idêntica depois, mas obviamente não será mais a que já vivemos. Creio que a viagem no tempo seja possível apenas se existir outra dimensão, com outro eu, enfim, é um pouco complicado de entender…

    • Elias Roth

      Essa é exatamente a ilusão do tempo: o amanhã dentro do ciclo fechado não existe como coisa nova. Ele não passa do “ontem” repaginado.
      A natureza é cheia de exemplos.
      Existe novidade em todas as primaveras de setembro?
      São idênticas, sob o ponto de vista biológico, botânico, climático etc (desconsiderando as influências humanas já pervertendo a ordem cíclica das estações).
      Tudo se repete. O passado está no futuro em forma de sementes causais.
      Só existe o novo num diminuto ponto do ciclo, aquele ponto que podemos quebrar e nele encontrar a Porta para a Eternidade e o Novo real no seu sentido atemporal: e esta porta é o Presente Eterno, ou o Eterno Agora.

    • Joao Paulo Jesus Flores

      Concordo perfeitamente com você

  • Helio Pereira

    Se analisarmos a história da humanidade, veremos que tudo que era impossível foi superado. A viagem no tempo ainda é impossível pois não alcançamos a tecnologia necessária, mas como sempre ocorre, esta impossibilidade também será superada.

  • Tmago

    Fazer a coisa certa no presente p não ter q corrigir o passado e termos um futuro promissor. Como não estudei, só leio e agradeço aqueles q conseguem explanar. Grato.

  • 666Dark

    Se imaginarmos que o universo só existe quando o estamos observando, o passado e o futuro já eram ! O que parece é que realmente só temos mesmo o presente.
    Quando a humanidade desaparecer, o presente e tudo mais deixará de existir. Nóis merece…
    PS: Parece doido, mas…

  • aland_55

    O tempo que conhecemos é uma sequencia de acontecimentos marcados por um cronômetro., parece mais invenção humana. Na realidade nós é que mudamos e a natureza também. É um processo biológico e natural instituído por nossos mesmos criadores e acho que pode ser alterado.

  • Geraldo Magela Lobo

    https://uploads.disquscdn.com/images/2a6ce182480681fb81ef1f9bc7b60cf8e763cd38cfe224deb4f65dd9d26460fa.jpg

    Se a contagem real
    de Tempo não existisse, não haveria necessidade de imprimir tempo
    de validade nos remédios e nos produtos perecíveis no geral. Um
    outro exemplo, se o Tempo e a contagem real de Tempo não existisse,
    não teríamos que pagar as prestações feitas para serem pagas de
    tempos em tempos.

    Penso que de nada
    adianta ousarmos viajar em um malabarismo mental sem lógica na
    tentativa de entender e explicar o Fator Tempo. A logística de
    contagem de tempo sempre foi e sempre será marcante e necessária na
    organização e compreensão sequencial dos acontecimentos passados,
    e ao mesmo tempo, nos norteiam e nos dá tempo de prepararmos para as
    realizações projetadas para o futuro. O X da questão é, veja no
    quadrinho:

    • Kaczmarczik

      mas se não me engano o tempo parece existir onde ele possa ser quantificado, por exemplo, na Terra o tempo é quantificado pelos movimentos da Terra, e da Lua, no espaço isso não ocorre!!!

  • Sylvester Stalonge

    Década de 1980, que saudade, pena que nasci na metade de 1990.

    • Hannah_Cat

      Gracinha… Seu modo de escrever me lembra o Zafar666. Vc não é ele não?!

      • Sylvester Stalonge

        Acompanho o blog já algum tempo, mas esse Zafar não sou eu rsrs
        Abraço do Sylvester

    • Kaczmarczik

      somos dois com saudades dos anos 1980…

  • RGJ

    Tempo, tempo, tempo, a teoria da relatividade de Einstein, Emc2, (energia =massa×aceleração2), nos diz muitas coisas, (surgido se aprofundarem mais), afinal conhecimento é tudo!!!

  • Silvio Toledo

    Não é só a matemática que pode o “impossível”.
    O português também me permite falar do além infinito e do pós infinito quando o infinito é o limite máximo. Posso falar até do acontecimento seguinte ao pós infinito.

    Então o que está errado com nossos limites se há uma realidade além da realidade?

    Quando tentamos limitar a realidade ao que conhecemos acabamos por ignorar a existência do resto que não conhecemos. Este é um dos maiores erros dos cientistas.

    • Müller

      Perfeito Silvio! O final da sua postagem foi o que me ficou faltando ao debater com uma ex-colega de trabalho quando eu disse a ela que o conhecimento é infinito… e ela disse que deus não permitira isso, senão alguém altamente informado poderia ser ele. Não fui mais longe na explicação porque não gosto de “desenhar” nem perder tempo com quem eu sei que nunca vai entender.

  • RGJ

    Entendo sua preocupação Silvio, mas a linguísticas, é fundamental para expressarmos a anguuatia da alma ( à qual valorizo muito), mas estamos falando de viajem no tempo ( física), temos que nos ater ao conhecimento adquirido à custa de muito sacrifícios.

    • Silvio Toledo

      Concordo com você mas não creio que vamos encontrar essa possibilidade sem transcender o mundo físico, ou seja, sem atravessar a fronteira energética que produz a ” ilusão ” que entendemos como realidade física. Não que eu queira dizer que o mundo físico é uma ilusão, porque ele não é, ele é manifestação desta energia como ” fachada” ou cartão de apresentação, a vestimenta superficial de algo maior ou a individualização ou isolamento de um aspecto energético específico. É a única coisa consciente que conhecemos a respeito das energias que formam o universo pra falar a verdade, é nossa pista do que há por trás de tudo. Isso me leva a entender que a ciência que aceita por real apenas este mundo 3d em que vivemos não vai atingir tal patamar de viagem no tempo. Posso estar errado, claro, afinal enxergo apenas em parte, mas vou partilhar alguns dos meus pensamentos a respeito:

      Essa viagem física pode ser uma mera alteração na realidade energética. Nosso mundo físico não pode ser “alterado”, só a realidade energética acima produz a consequência que ele é. Ou seja, o que chamamos mundo físico é a imagem feita no papel pela impressora enquanto que o mundo energético é a máquina que fotografa, a fábrica do papel e das tintas e a impressora que imprime. Depois de impressa não podemos tirar os elementos do lugar a não ser que façamos ajustes e imprimamos de novo. Isso pode ser feito de maneira imediata atemporal. Viajar no tempo seria um truque de mágica onde o mágico trapaceia escondido no mundo dimensional e só vemos o resultado no mundo físico.
      Ao supostamente ” viajar no tempo ” haveria sim a vantagem de alguém podem avançar e retroceder no conhecimento de fatos e interações, daria pra ver( captar os registros luminosos e até sentir e interagir com o entrelaçamento destes eventos ) futuros e passados possíveis, mas eles não existem, são manifestações sempre do presente atemporal. O espirito não viaja no tempo como imaginamos, pois nas camadas mais altas a limitação que entendemos como espaço e tempo já não nos limita, é uma coisa só, não há divisão, já estaríamos no todo todo o tempo, todo o tempo. Desta forma, não poderíamos alterar o ” tempo” como um passado, seria mais como se interagíssemos conosco mesmo como já fazemos aqui neste próprio presente, mas tirando uma vantagem sobre outros, talvez, se esta técnica for possível.
      Nem digo que não pode haver um encontro com duas instâncias de si mesmo porque até já tive uma experiência pessoal “maluca” onde eu dialoguei comigo mesmo como se fossem duas pessoas distintas, de conhecimentos distintos, mas era o meu consciente e o meu inconsciente tendo um debate em um plano atemporal. Louco isso, mas aconteceu sob um outro estado de consciência.

      Enfim, o que quero dizer é que viajar no tempo é um artifício do qual talvez até possamos tirar vantagem, mas ele não existe. É o mesmo que fazemos ao atribuir X a um valor que não conhecemos para resolver uma equação e depois de todo o calculo percebemos que não precisávamos do X porque ele é eliminado no caminho. O mesmo artificio que usamos para limitar algo que é dinâmico como o infinito, um jogo onde eu posso mudar as regras ao longo do percurso porque elas eram irrelevantes.

      Então só é possível ” viajar no tempo ” como um artificio.

      A linguística não é só uma maneira de se expressar como também de controlar as vibrações de energia que formam nossa realidade, conduzem nossos pensamentos que conduzem nossos corpos físicos que conduzem nossos experimentos físicos.

      Enfim, quando for possível ter este tipo de controle da realidade com uma máquina antes já o teremos com os pensamentos e ai fica a dúvida se vale a pena descer o degrau.

  • Elias Roth

    Sergei Paramanenko, Um Viajante do Tempo

    (não sei se este tópico já existe no blog, mas é um bom exemplo de evento real que ilustra bem o salto no futuro):

    “Era 23 de abril de 1958, quando Sergei Paramanenko, residente na extinta União Soviética se encontra na mesma data, porém no ano de 2006.

    Agora na atual Kiev, Ucrânia, um estranho aparentemente desorientado é reportado para os policias pelos transeuntes. No início pensaram se tratar de um turista perdido, então a polícia tenta auxiliar o homem que estava em busca de um local que já não mais existia, e ao ser exigido que mostrasse os seus documentos, Sergei mostrou seus documentos originais da União Soviética, com a data de nascimento em 1932. Mas ele era homem aparentando menos de 30 anos, em pleno ano 2006.

    Sendo assim foi tido como louco, e levado para uma clínica para ser atendido por um psiquiatra.

    O homem então desorientado e nervoso, entrou na sala do médico, alegando que a última coisa que se recordava, era estar na Quarta-Feira, 23 de Abril de 1958. O psicólogo diagnosticou o caso como um transtorno mental”

    ***********************************************************************

    A Ciência moderna fala muito sobre buracos de minhoca (Wormholes) como os famosos atalhos do espaço, onde, por exemplo, um UFO aparelhado para isso pode saltar do nosso Sol até Sirius, distante em 8,611 ano-luz em alguns minutos ou mesmo segundos.

    Sim, o conhecimento da Quarta dimensão e de uma Hipermecânica (o sentido de movimento no Hiperespaço) conceitua muito sobre atalhos no espaço, mas pouco ou nada fala sobre os ATALHOS DO TEMPO.

    Foi o caso (entre outros) deste moço ucraniano.

    A mecânica no Hiperespaço igualmente permite atalhos no tempo – mais precisamente, saltos no futuro (nunca ao passado, isso contraria as relações do tempo e espaço com as dimensões em relação ao eixo central da RODA que sustenta tudo isso, chamada ETERNIDADE).

    No caso, talvez por interferência UFO, este jovem simplesmente penetrou na Quarta Dimensão e, quando percebeu. tinha saltado no tempo por um atalho temporal, ou seja, 48 anos (de 1958 a 2006).

    É que, na Quarta Dimensão, o tempo não passa (as equações de Einstein revelam que o tempo tende a ZERO, quando perto da dimensão paralela, rompida depois da velocidade da luz – limite).

    Então, quando, por efeito do UFO (provavelmente), o rapaz penetrou no Hiperespaço ou dimensão paralela, entrou também em outra dinâmica de tempo, e deixou de viver BIOLOGICAMENTE AQUELES 48 ANOS que viveria se continuasse aqui, no mundo físico tridimensional.

    O mesmo conceito de atalho de espaço (Wormholes), só que desenvolvido em sentido de tempo: atalho temporal, também inserido dentro do conceito da Física que estuda Wormholes.

    Ambos os fenômenos se interceptam dentro da dinâmica do Hiperespaço, uma vez que, lá, tempo e espaço são altamente relativos, perdendo aquela condição rígida e imutável que sentimos aqui, no mundo tridimensional.

    Lá, tempo e espaço são, de fato, distorcíveis, como tecidos sob influência de energias e vibrações específicas (lei da Ressonância).

    *De repente, lendo o artigo acima, sinto que os meus relógios piraram…
    A pergunta não é mais somente ONDE ESTOU…
    Ela passa a ser… QUANDO ESTOU?

    https://uploads.disquscdn.com/images/9eca5945f0380596a9ff4990eca7910296726ca7991ccf4219f38fd071c9911d.jpg

    • Elias Roth

      Leia-se na imagem 1958 ao invés de 1960.

    • Kaczmarczik

      então se ocorrer algum salto de tempo com um individuo é sinal da presença de um OVET por perto que o fez entrar no buraco de minhoca do espaço/tempo por acidente!!!!!

  • Tmago

    O Tempo:
    Eu sou apenas um rapaz latino americano sem dinheiro no bolso sem parentes importante e vindo do interior….. Vai com Deus Belchior.

    • Silvio Toledo

      Obrigado por traduzir. Antes eu só entendia assim, rsss

      ê u soa penas unra paz latin namericano 100 dinhêro nubôço. <—- É o pior 🙂

      • Hannah_Cat

        Vc se refere a um modo fanho de falar?! Rsrsrr… Pensava que só eu tinha esta percepção. 😛

    • Abel Aureliano Seraphin Junior

      sim…

    • Kaczmarczik

      pois é @tmago:disqus , sobre o Belchior: Deus o tenha em bom lugar

  • Joao Paulo Jesus Flores

    Realmente acredito que seja possível esta tal de viagem no tempo, e certamente muitas civilizações xtras já desenvolveram está tecnologia, más os humanos provavelmente nunca desenvolverão e nunca vão desenvolve-la, pois não si encontram por ai relatos credíveis de viajantes do tempo humanos do futuro

  • Silvio Toledo

    Seguindo a lógica ilógica da viagem no tempo…

    Existe dentro de uma caixa fechada a opção de obter um “pacote de energia” ou de “não ter um pacote de energia”. Na minha realidade, antes de abrir a caixa para chamar o pacote eu não sei o que está lá dentro, sendo assim dentro da realidade da caixa há três possibilidades: Ter um pacote, não ter um pacote ou ter ambos ao mesmo tempo ( um pacote e sua ausência juntos, sabe-se lá como, coisa só possível em imaginação e na linguagem ).

    Os engenheiros conseguem chamar sempre o que eles precisam ao abrí-la ( Como? Na fé digital? ). A caixa fornece os 3 elementos na dose solicitada ( porque? ). Fazendo a combinação de três possibilidades conseguem uma aplicabilidade exponencial destas cargas de energia, usando-as para fazer cálculos matemáticos. Isso aposenta o zero e um que era só um liga e desliga de energia. Temos um computador quântico cuja capacidade de processamento é maior que todos os dispositivos somados do planeta.

    Que tipo de ciência ou lógica é essa? Não estamos falando de puro misticismo?
    Quem explica isso com leis físicas aceitáveis ao mundo material?
    Não tem alguém fazendo um truque aqui?

    • WJunior

      Bacana Silvio seu comentário dentro da viagem no tempo. Eu também acho que estes assuntos estão estreitamente relacionados… Em outras palavras eu diria que a CQ é que estamos escutando o que a luz tem pra contar. Conversa que começou com o teste da fenda dupla. E roubando a admiração de Einstein é fantasmagórico. Para mim a prova que o tempo é uma dimensão é a presença do fenômeno do entrelaçamento quântico e do colapso da onda/partícula. Quanto ao truque, acho que a CQ é a realidade de tirar o coelho da cartola sem saber como a cartola foi feita.

  • leosamuca1

    Pelo que eu entendi isso não seria uma viagem temporal. Ele basicamente construiria um “loop temporal” e muito provavelmente só seria perceptível para os passageiros da nave enquanto o resto do mundo continuaria em frente.

  • sergio_ntl@hotmail.com

    Os seres humanos nunca alcançaram pleno desenvolvimento, ou sempre estará 50 passos atrás, pois o espirito humano é de domínio sobre o seu semelhante quando deveria ser de parceria. Somos um povo egoista

  • Charles

    Como seria dobrar o espaço? O espaço não tem uma direção? Nas animações é simulado como se fosse um véu. Dai uma massa o dobra em uma direção.

  • Daniel Rodrigues

    Seres humanos acreditam mais em leis da física que eles mesmos inventaram,que podem fazer o impossível,acreditem mais em Deus,viva o seu tempo hoje,nos sempre estamos saltando no tempo já perdi alguns minutos com esse comentário,e esse tempo não volta.ser humano,ridículo,limitado que só usa 10% da sua cabeça animal(Raul Seixas),não é capaz de algo dessa magnitude,só em desenho animado kkkkkkkkkkkk.

    • Giovani Rodrigues da Silva

      Primeira mentira: O ser humano não usa só 10% do cerebro. Isso é mentira e você acreditou.
      Segunda: Pesquise, para evoluir não devemos pensar em Deus e sim em pesquisa e estudo
      Terceiro: Tudo é possivel, só não é para quem tem preguiça/comodismo/preconceito