Cidade aparece no céu da China… novamente!

COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
Tempo de leitura: < 1 min.

À primeira vista parece ser um único objeto gigantesco, mas quando a pessoa que está filmando vira para a direta, o objeto parece mais e mais como um arranha-céu.

A imagem foi capturada no céu da cidade Jieyang, na província chinesa de Guangdong, na sexta-feria, 21 de abril de 2017.

Não há outras imagens do fenômeno, deixando assim alguma questão sobre sua veracidade. Porém, esta é a terceira vez que o misterioso fenômeno foi visto em anos recentes neste país asiático.

Em janeiro, pessoas em Yeuyang ficaram impressionados ao verem uma “cidade flutuante” que apareceu acima das nuvens.

Um outro assustador agrupamento de prédios pareceu emergir das nuvens em Jiangxi, no ano de 2015.

Teóricos da conspiração anteriormente alegaram que este tipo de incidente fazia parte do Projeto Blue Beam da NASA. Esta teoria estranha sugere que a agência espacial esteja usando o projeto para enganar o mundo em seguir uma nova religião, convencendo as pessoas de que uma invasão alienígena está para ocorrer.

Porém, como não é de se surpreender, há uma explicação muito mais científica para o fenômeno. Trata-se de uma ilusão de óptica chamada ‘Fata Morgana‘ – que podem ser vista tanto na terra quanto no mar, a qual envolve a distorção e inversão de objetos distantes.

Veja o vídeo deste último avistamento:

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ||| Silas Raposo ||| Franklin Viana ||| Karin Gottert ||| Leopoldo Della Rocca

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta, portanto aja com responsabilidade.
  • O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com éticasempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
Chinacidade no céuilusão de óptica
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (28)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
    • Kaczmarczik

      que coisa mais triste mostrar que está amanhecendo através de um telão viu, os chineses não se tocam que isso está errado?

      • Hannah_Cat

        A vida deles depende do trabalho que também resulta nesta poluição. Lembre-se que eles vivem numa ditadura, ainda que capitalista.

        • Kaczmarczik

          sei, e a China está fazendo tudo para ser a maior potência mundial, mas o preço a pagar por isso parece ser um tanto salgado ou ácido não acha?

          • Hannah_Cat

            Acho que não vêem outra saída. Se conhecessem recurso melhor já teriam lançado mão dele. É o preço da “civilização”, do tempo e das circunstâncias em que vivem /vivemos.

            • Kaczmarczik

              entendo…. Não sei o que o Tesla diria ao ver essa realidade, mas certamente desaprovaria!!!!

    • Leonardo DAlessandro

      Cadê o menino do Acre? Você desdenhou do caso, lembra?

  • Kaczmarczik

    ————————————————– Boa Tarde a Todos ———————————–
    ____________________ Deveria ter uma pesquisa séria por parte do governo chinês ou de alguma entidade científica para poder comprovar o que seja essas tais cidades-fantasma que volta e meia assombram os chineses e os sul-coreanos também, porque é algo recorrente, sempre acontece de tempos em tempos e gera uma onda de especulações e teorias que confundem mais do que explicam, por exemplo, essa de que seriam reflexos de estruturas distantes, mas como iria fazer tais estruturas dobrarem de tamanho sem corresponder às formas de estruturas das quais teriam sido refletidas?????
    —————————————————————————————————————–

    • Grizzy

      Acho que a pesquisa existe, só não divulgam. Tipo “deixa-quieto”.

      • Kaczmarczik

        então se escondem as pesquisas então há algo que pode deixar as pessoas perturbadas por lá…. Se as pesquisas identificassem algo explicável e aceitável dentro da realidade humana então eles iriam à mídia e falariam para não repetir mais esses hoax absurdos, não acha?

        • Grizzy

          Yes!

          • Kaczmarczik

            exatamente!

  • Lênio™

    Fata Morgana e só. Inclusive foi tema de uma questão do ENEM.

    • Grizzy

      Só? 🙂 Ok, mas por que é que isso vira notícia em sites do mundo inteiro?

      “A quarta dimensão que ninguém enxerga”, ver revista Superinteressante, atualizada em 31/10/2016

      “…verdade que, há mais de 2.000 anos, os gregos, com base nos sentidos e nos princípios da Geometria de Euclides, o mais famoso matemático da Antigüidade grecoromana (século III a.C), viviam num mundo tridimensional…”
      “…matemáticos da época de Euclides concordavam com o senso comum de que o Universo é 3-D (tridimensional). Essa visão perdurou por séculos…”
      “…e a História registra algumas objeções célebres à idéia de uma quarta dimensão. Uma delas é atribuída ao astrônomo Alexandrino Ptolomeu, que ponderava: se é possível desenhamos no espaço três eixos perpendiculares entre si…”
      ” È curioso, mas nem sempre quem especula com idéias consideradas bizarras, que anos depois acabam se incorporando à ciência, são os cientistas. Um exemplo dessa visão premonitória aparece no livro Pontes para o infinito, de Michael Guillem, quando trata do tema dimensões. Ele relata que o filósofo inglês Henry More (1614-1687) insistia na existência de fantasmas que habitariam a quarta dimensão foram repelidos nos centros científicos.”
      ” Um caso exemplar desse preconceito é o do matemático e filosofo René Descartes: expandindo a linguagem da Geometria euclidiana, ele viu surgir a possibilidade de uma quarta dimensão e prontamente a rejeitou por julgá-la irrealista.”

      Enquanto isso, soam as trombetas…

      • Lênio™

        Bacana, mas o que tem a ver um fenômeno de refração com tudo o que você escreveu? Se todo evento natural for especulado como místico vamos ter que renegar à ciência e voltar às trevas.
        Confesso que inicialmente achei seu comentário meio agressivo mas depois pensei como é difícil expor ideias apenas digitando, imaginei que não era assim e acabei relaxando. Espero não estar enganado.

        • Grizzy

          Certo, Lênio :), cliquei lá e cá os trechos da matéria que embasaram meu comentário acima, por isso usei aspas. O fato é que este assunto da cidade fantasma já apareceu aqui no OH um tempinho atrás, esta não é a primeira vez. Houve comentários da mesma natureza, falando sobre quarta paralela (ou quarta dimensão, quarta coordenada, como preferir).
          Juntei as informações com outras ouvidas à época por pessoas que em palestras discorrem sobre a quarta dimensão, e que afirmam ir e vir quando querem. E o que elas descreveram quando das primeiras aparições foi algo assim, que agora, não se sabe bem porque, tem se manifestado repetidas vezes o que tem deixado as pessoas intrigadas.
          Não sou nenhum gênio, amigo, e as minhas certezas são bem poucas.
          A escrever expresso-me com firmeza, ao falar procuro fazê-lo sempre em voz baixa, sem intenção de agredir ninguém.
          Desculpe se isso não lhe caiu bem 🙂

          • Lênio™

            Só não cau bem de início mas como disse, logo depois imaginei que não era bem assim. Todos temos o direito de discordar. Relaxa.

            • Marujo

              Muito bom isso, quando a discórdia pode ser mantida assim, de forma tolerante, entre pessoas civilizadas.
              Porque, em tese, aqui, salvo honrosas exceções, todos falamos em tese, na tentativa de chegar à verdade.

              • Grizzy

                Pois é, Marujo, as certezas da vida a gente vai adquirindo com o passar dos anos. São poucas, por isso são tão preciosas. Uma delas é esta: não considerar que a nossa verdade seja a única. Pelo menos esta vale para mim, não sei se vale para você. 🙂

                • Marujo

                  Já estou, aqui, pensando em contrariar a sua preciosa verdade! (kkkkkkkkkkk)

                  • Grizzy

                    Experimenta primeiro! Porque até comigo às vezes ela empaca… rsrsrs…

                    • Marujo

                      Sim, mas não é assim, vapt-vupt.
                      Eu vou ter de pensar um pouco.
                      Volto logo.
                      Mas, não me espera, ok?

  • Marujo

    É tudo o que o mercado imobiliário pediu pra Deus!
    UÊBAAAA!
    O lucro vai pras nuvens!

  • Abel Aureliano Seraphin Junior

    Bullshit, em 2015 houve a “visão” de tal cidade na China dizem que é o fenômeno “fata morgana”, uma mentira tirada do romance de Marion Zimmer Bradley , isto é verdadeiro.

  • Joao Paulo Jesus Flores

    Novamente isso o que será isso kkkkk, o que será?

  • sergio_ntl@hotmail.com

    a poluição é tanta na china que começa a ficar solida.