Quatro possíveis ‘candidatos’ a Planeta X foram localizados e serão analisados

Tempo de leitura: 2 min.

A procura pelo elusivo Planeta X (Nibiru?) continua. Quatro possíveis candidatos foram localizados e serão examinados.

Muitas teorias têm sido apresentadas, mas o Planeta X, também referido como Planeta 9, se recusa a ceder seus segredos, e ainda não foi encontrado. Alguns astrônomos dizem que ele não existe. Outros sugerem que, na verdade, ele foi roubado pelo nosso Sol a aproximadamente 4,5 bilhões de anos.

Em 2015, os astrônomos anunciaram a detecção de vários objetos nunca antes vistos, localizados extremamente longe do nosso Sol.

Os pesquisadores Kinstantin Batygin e Mike Brown disseram ter encontrado evidências de um planeta gigante traçando uma órbita alongada e bizarra nos confins do nosso sistema solar.  O objeto tem a massa de aproximadamente 10 vezes o tamanho da Terra e orbita 20 vezes mais longe do Sol, em média, do que Netuno (o qual orbita o Sol à distância média de 4,5 bilhões de quilômetros).

Hipotético Planeta 9, ou X (ou Nibiru).

Batygin e Brown apelidaram seu suposto objeto de “Planeta Nove”, mas na verdade os direitos de dar o nome a um objeto são da pessoa que realmente o descobre.

O nome usado durante ‘caçadas’ anteriores para o suspeito gigante ainda não descoberto além da órbita de Netuno é “Planeta X”.

Brown,  disse:

Este seria o real nono planeta. Só houve dois verdadeiros planetas descobertos desde a antiguidade, e este seria o terceiro. Trata-se de um pedaço substancial de nosso sistema solar que ainda está lá fora para ser encontrado, o que é muito empolgante.

Este grande objeto poderia explicar as órbitas únicas de pelos menos cinco menores objetos descobertos no distante cinturão de Kuiper.

Jim Green, diretor da Divisão de Ciência Planetária da NASA, disse:

A possibilidade de um novo planeta certamente é empolgante para mim como cientistas planetário, e para todos nós.  Porém, esta não é a detecção ou descoberta de um novo planeta. É muito cedo para dizer com certeza que há um, assim chamado, Planeta X.  O que estamos vendo é uma predição prematura com base em modelos de observações limitadas. É o começo de um processo que poderá nos levar a um resultado empolgante.

O projeto de ciências Zooniverse, em coordenação com a transmissão do Stargazing Live, da BBC, Observatório Siding Spring da Univesidade Nacional da Austrália, consiste num grande grupo de voluntários e cientistas que estão determinados a encontrar o misterioso Planeta X. O site do Zooniverse explica:

Nos confins do nosso sistema solar, muito além de Netuno, há um número de grandes objetos que estão orbitando o Sol de forma inesperada e altamente anormal. A presença do nono planeta em nosso sistema solar explicaria estas inesperadas observações.

Porém, este planeta ainda não foi encontrado.

Usando dados do Telescópio SkyMapper, aproximadamente 60.000 pessoas ao redor do mundo classificaram mais de quatro milhões de objetos durante 3 dias.  O projeto é de muito sucesso e a equipe já identificou vários objetos celestes importantes.

O pesquisador Brad Tucker, do Observatório Siding Spring, disse:

Conseguimos descartar um planeta com o tamanho aproximado de Netuno em aproximadamente 90 por cento do céu no hemisfério sul, à uma profundidade aproximada de 350 vezes a distância que a Terra está do Sol.

Agora há quatro possíveis candidatos para Planeta X, os quais serão examinados.

Tucker aponta que mesmo se nenhum desses quatro candidatos forem o hipotético Planeta 9 (X), os esforços são de muito valor cientifico, ajudando a verificar os métodos de procura do projeto como sendo excepcionalmente viáveis.

n3m3

Fonte

astronomiaNibiruOHPlaneta 9Planeta X
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (16)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • PacatoCidadão

    Este planeta 9 tem a massa de Jupiter, era o terceiro na órbita do sol, a Terra e Theia eram satélites naturais deste planeta, mas por causa de flutuações gravitacionais com Jupiter houve um colapso de um planeta que estaria onde estaria hoje Ceres, impulsionando este planeta 9 para o sol e para uma trajetória mais longa, sobrando apenas na órbita terceira Terra e Theia que sem a estabilidade da gravidade do planeta 9 se chocariam mais tarde dando a “luz” a nossa lua.

    • Rijan Sabaek

      Tá sabendo hein!!!

      • Spock

        Sim… “sabendo” demais até!
        HUMPF!
        \//_

    • Abel Aureliano Seraphin Junior

      Que coisa hein!!! Pare de fumar com os papeis destes livros kkk

  • Matheus Araújo

    “Ao ver que nossos foguetes se incorporavam à guerra, sentíamos uma grande dor grande vergonha”. Nós havíamos projetado para traçar o caminho até outros planetas, não para destruir o nosso.
    Os mistérios do Universo confirmam a existência de Deus através da ciência, o homem trata de controlar os traços da natureza. Por meio da religião, os impulsos negativos da natureza humana. Por isso, creio firmemente que nossa sobrevivência, presente e futura, dependem da nossa adesão ao espírito, muito mais que à ciência.
    A astronomia seguirá oferecendo novos conhecimentos do Universo, conforme formos estudando o céu. Alguns supõem que a Terra seria um planeta seguro. Pra mim não é verdade. Vejo-a cheia de desordens e de imprevistos. Aí estão à neve, os furacões, os terremotos… E os homens, que só estudam maneiras de destruir-se. No espaço as leis são físicas, que dizer, perfeitas. É preciso refugiar-se ali para salvar-se do dilúvio.
    Odeio tudo quanto seja criado para mantar. No dia em que morrer, estarei cheio de tristeza e preocupação em relação ao emprego que se dará no futuro aos foguetes por mim inventados.
    As incríveis ambições humanas converterão algum dia o planeta Terra em um lugar desolado e inabitável. Por isso, é preciso chegar-se aos outros planetas virgens, nos quais a mão do homem não tenha deixado pousar todo o peso de sua destruição.

    Wernher von Braun

  • Spock

    O caminho de visão é pelo hemisfério sul!
    \//_

    • Marujo

      Lembrei da Sel.

  • sergio_ntl@hotmail.com

    Eu acho engraçado alguns comentários. verdadeiras viagens. As pessoas falam já afirmando que a tantos bilhões de anos aconteceu isso, aquilo…

    • PALEOSETI

      Mas eu vejo o OVNIHoje como uma nave interestelar e sou um viajante assíduo.
      Se gostasse de ficar com o pé no chão, viajaria em um Trem da Alegria.

      Desculpa, não resisti.

  • Messier 45

    Boa tarde OH!
    A ideia de abrir os dados para análise de voluntários foi excelente!
    Se ficasse só por conta da verificação de astrônomos profissionais isso levaria muitos e muitos anos.
    Com quase 33 mil voluntários ajudando atualmente isso fica muito, muito mais rápido.
    Que achem logo (se realmente existir) esse “planeta 9”.

  • Geraldo Magela Lobo

    Nesses Artigos
    científicos sinto falta dos comentários da Leila Cardoso que sempre
    traziam informações atualizadas sobre os resultados “positivos ou
    negativos” dessas experiencias no geral até agora. Mas
    infelizmente insiste aqui um velho tribunal à moda inquisição que
    hoje modernizado já não queima as pessoas em fogueiras de lenha,
    mas as queimam com o fogo da língua e sob os acoites de chicotes
    verbais…um grade abraço Leila Cardoso.

  • Tmago

    Foi devagarinho, bem de mansinho – meu coração revirou o céu – entre as nuvens quentes fiquei sozinho – pensando em ti me joguei no mar… Relaxem astrônomos, daqui a pouco ele virá.

  • Paulo Henrique dos Santos

    “O que estamos vendo é uma predição prematura com base em modelos de observações limitadas. É o começo de um processo que poderá nos levar a um resultado empolgante.”

    Ou a lugar nenhum, faltou dizer.

  • 666Dark

    Bem, depois de tanto procurarem o Planeta X e nada achado de concreto, já passei a procurar o Planete Y ! Nóis merece…