Super telescópio que irá analisar vida alienígena em exoplanetas já está sendo testado

Tempo de leitura: < 1 min.

O sucessor do Telescópio Espacial Hubble está sendo colocado dentro de uma enorme câmara térmica de vácuo.  Construído graças à grande colaboração internacional entre a NASA, a ESA, e a Agência Espacial Canadense, o Telescópio Espacial James Webb fornecerá resolução e sensibilidade sem precedentes quando finalmente for lançado em 2018.

Sua meta principal será a de gerar imagens das primeiras estrelas e galáxias que se formaram após o Big Bang, a fim de estudar a formação das galáxias, melhor compreender a formação das estrelas e planetas, bem como estudar as origens da vida no Universo.

Este telescópio também deverá ser capaz de fornecer imagens mais claras dos planetas em órbitas de estrelas distantes.

Telescópio Espacial James Webb sendo construído. Crédito: NASA

Porém, por agora, o telescópio, que ainda está em construção, terá que ficar 90 dias dentro da mesma câmera de vácuo que a NASA usou para testar os veículos Apolo que levaram o homem até a Lua.

Começando em abril ou maio, esta fase de testes ajudará a assegurar que os espelhos do telescópio e seus instrumentos funcionarão corretamente quando ele finalmente for lançado nas profundezas frias do espaçao.

O diretor do programa, Erick Smith, disse:

É espetacular o quão rápido tudo está indo neste momento. Mas eu fico dizendo às pessoas que esta é a parte onde você fica encontrando problemas, porque embora você testou as coisas de forma aprofundada, quando você finalmente o monta, algumas dessas coisas se comportam um pouco diferente de como você estava esperando.

Esperemos que este telescópio faça descobertas fascinantes e que todas elas sejam informadas ao público em geral.

n3m3

Fonte

astronomiaOHTelescópio Espacial James Webb
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (48)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • Marujo

    Queria um pra espiá a Lua, bem de pertinho …
    Tem não, dotô?

    • Diego Silva

      Tem ue. kkkkkkk

    • Diego Silva

      Só que vai ser só por um segundo, passará muito rapido, quanto maior o aumento mais rapido voce verá o movimento do astro.

      • Marujo

        Melhor uma fresteada, do que nada.
        Nóis tópa.

        • Diego Silva

          Um telescopio motorizado ajudaria também, mas telescópios aqui na Terra tem suas limitações na questão do poder de aumento e também por causa das limitações naturais.

    • Diego Silva

      Aqui tem um link didático sobre telescópios www apolo11 com/poder_dos_telescopios php substitui os espaços por ponto para ter acesso.

  • Guerreiro

    A NASA deveria usar esse telescópio para mostrar a bandeira americana fincada na lua, e assim, acabar de uma vez por todas com a teoria de que o homem não foi a Lua. Mas eu acho que mesmo fazendo isso, ainda teria pessoas alegando ser fraude.

    • Tmago

      Boa ideia.

    • Kaczmarczik

      mas eu preferiria que fosse uma agência espacial concorrente da N4$4 como a Agência Espacial Russa ou a Agência Espacial Chinesa, porque essas jamais iriam endossar o espírito imperialista dos 3u4

    • Marujo

      A bandeira tá lá, Guerreiro.
      Disso não tenho dúvidas.
      A questão é saber/provar quando, quem ou o que a colocou por lá.

    • Dias

      Boa noite, primeiramente para sua (nossa!) decepção, me permita já dizer que a resposta será: É impossível vê-la como os telescópios existentes na Terra. Mesmo que o tamanho teórico do telescópio seja suficiente ainda temos a questão da atmosfera terrestre que nunca está estável suficiente para uma imagem perfeita, mesmo com a tecnologia atual da “óptica adaptativa”. Porém, para esta análise, vamos supor uma condição ideal em que a atmosfera se comporte como se ela não existisse para um telescópio terrestre, e que o espelho construído tenha total qualidade na resolução dos comprimentos de onda, suficiente para a observação dos detalhes em questão.
      Uma coisa é perceber a bandeira, outra coisa é observar seus detalhes (como por exemplo, as faixas vermelhas e brancas). Qual deveria ser o tamanho de um telescópio para visualizarmos a bandeira como um pequeno ponto?

      O diâmetro da Lua é de 3476 km, é vista com 30 minutos de arco da Terra. Cada quilômetro de seu diâmetro corresponde a 0,58 segundos de arco.
      O diâmetro da Lua é de aproximadamente 3 476 km, está a uma distância média de 384 400 km e observada da Terra tem um tamanho angular de 30 minutos de arco. Como cada minuto de arco possui 60 segundos de arco, então a Lua possui 30 x 60 = 1800 segundos de arco. Ok, a pergunta agora é: se temos 1800 segundos de arco e a Lua tem 3 476 km, quantos segundos de arco correspondem cada quilômetro do diâmetro lunar? Uma regra de três simples mostra que o valor é 0,58 segundos de arco.
      Agora, qual é o tamanho da bandeira? Olhando as fotos dos astronautas ao lado da bandeira, estimo seu tamanho em 1 metro de comprimento por 1 metro de largura. 1 metro é igual a 0,001 km. Se 1 km corresponde a 0,58 segundos de arco, quanto corresponderá 0,001 km? Outra regra de três simples mostrará que o valor é de 0,58 x 0,001 = 0,00058 segundos de arco. Este é o valor que um telescópio deve ter o poder de observar para “perceber” a bandeira como um ponto.

      • Guerreiro

        Ah tá! Obrigado.

    • Okan

      O Dias explicou bem a questão da optica.
      Sem falar em nossa atmosfera que distorceria totalmente a imagem de algo tão pequeno.
      A maneira mais prática e correta de observar com detalhes nossa lua e planetas é então, com sondas

      • Servio Tulio

        Olha lá na notícia, lá deixa bem claro que esse telescópio será o sucessor do Hubble, ou seja, estará no espaço em órbita, ou seja não estará sujeito a atmosfera terrestre. Aposto que fotos lunares seriam as mais nítidas o possível nesse caso.

  • Tmago

    A nasa deveria escutar o dorminhoco da matéria anterior e ir direto p a Missão E ! Favor usar o telescópio p Trappist, esqueçam Marte.

    • Kaczmarczik

      Trappist e os sete anões são a bola da vez

  • Kaczmarczik

    ————————————————- Boa Tarde a Todos!!! ————————————————-
    _________________ O telescópio James Webb será o mais avançado já posto no espaço, então esperamos que as fotos que a dona NAuSeA dispôr para nós seja em alta definição, não cheias de pixels nem em preto e branco e muito menos “desenhos artísticos representando foto tirada pelo satélite”, porque embora dona NAuSeA não seja obrigada a dar satisfações ao público em geral (só ao patrão dela, o governo dos 3u4, logicamente) seria até por bom senso que ela divulgassem fotos reais e com a resolução compatível com a tecnologia milionário que esta levando ao espaço…
    ——————————————————————————————————————————–

    • Diego Silva

      A questão da resolução das imagens é complicada, mesmo eles tendo tecnologia de tirar uma foto com resolução de vários megapixels, tem gente que já conseguiu tirar foto de 1 gigapixel, vamos supor que o telescópio conseguia essa resolução, ficaria inviável pelo tamanho do arquivo e enviar isso pra Terra então piorou, mas vamos aguardar o lançamento do telescópio pra ver o que nos aguarda.

      • Kaczmarczik

        não é possível que com tanta verba gasta e tanta tecnologia disponível dona NAuSeA não tenha resolvido esse problema de resolução de imagem…. Poderiam compactar o arquivo antes de enviar…

        • Diego Silva

          Sim, mas o problema está ai, ao compactar perde se muita qualidade, e tem a questão do envio do arquivo, que é outra parte que precisa de uma solução, mas em relação ao inicio da exploração espacial, já melhorou bastante, mas claro estes desafios precisa ser superados pra termos cada vez mais imagens detalhadas.

          • Kaczmarczik

            vamos ver se esse ultra super hiper telescópio James Webb pode resolver esse problema

            • Diego Silva

              Sim, mas isso não depende só do Telescópio, depende da parte da camera, e também da velocidade da banda para o envio das imagens e sem contar os discos para armazenamento que teria que ter uma capacidade enorme e alem disso tudo tem um outro problema, armazenar essas imagens na web para nós visualizar, são obstáculos que conforme a tecnologia vai evoluindo pode ir sendo superados, e esta evolução tecnológica, beneficiaria a todos, até os cientistas e pesquisadores da Nasa que facilitaria bastante suas pesquisas, dependendo dos equipamentos que tens em mãos.

              • Kaczmarczik

                entendo, enfim, vamos aguardar as aventuras de James Webb no espaço sideral

  • francofreitas

    ───▄▄─▄████▄▐▄▄▄▌
    ──▐──████▀███▄█▄▌
    ▐─▌──█▀▌──▐▀▌▀█▀
    ─▀───▌─▌──▐─▌
    ─────█─█──▐▌█

    O termo Big-Bang foi termo usado em uma brincadeira que deu certo, mas muitos nao sabem qeu o termo 14 bilhoes de anos nao significa que tenha sido gerado, nesse tempo, 14b, e tempo maximo qeu luz ainda propaga por isso , ninguém sabe nada alem desta data previsível..

    Pelo Amor de Deus, uma teoria sem qualquer prova e nexo!, pra mim só enche bolso de Super-Pop-Star da Física moderna

    • Kaczmarczik

      o big bang é uma teoria tapa-buraco como a teoria da evolução………

  • Messier 45

    Boa tarde OH!
    A promessa é de que o JWST seja capaz de enxergar as galáxias mais próximas ao momento do suposto “Big Bang”, por conseguir captá-las no infravermelho.
    O telescópio Herschel já faz isso, mas em uma frequência diferente. Além disso, o espelho do JWST tem quase o dobro do tamanho.
    E justamente por essa capacidade no infravermelho também se espera que muitos novos planetas sejam descobertos através do JWST.

    • Diego Silva

      E ela é oca também. kkkkkkk

      • PALEOSETI

        PLANA e OCA é demais pra minha sanidade. kkkkkk

        • Okan

          Terra Planoca ?!

      • Okan

        Entrega a proposta para o plenário que eles dão um jeitinho, não sem superfaturamento, claro. Saiba que a obra nunca será entregue. 🙂

      • Kaczmarczik

        a Transposição do Rio São Francisco já era planejada desde Dom Pedro II…

    • Okan

      Terraplanylsons will cry in 3,2,1…

  • HGWELLSS

    …Creio que está alusão de que o telescópio será apontado para visualizar e estudar as primeiras estrelas geradas pelo BIG BANG e respectivas galáxias , é um tremendo ENGÔDO ,pois na realidade , ele será direcionado no intuito de completar fases dos outros telescópios , pois eles detectaram as estrelas e seus planetas com vida , e este telescópio vai estuda-los com mais detalhes !!
    Em resumo , já sabem muito bem onde direcionar este telescópio !!

    Um fraternal abraço , do amigo de sempre !!

    Walter Loo !!

    • Silvio Toledo

      e seria muito sorte que dos trilhões de bilhões de quatrilhões de milhões de zilhões de pontinhos para onde apontar o telescópio, eles tivessem apontado para o ponto que gerou o Big Bang! Realmente eles sabem pra onde apontar e o resto é história pra enganar os bestas.

    • Kaczmarczik

      por isso dona NAuSeA só faz tergiversar sobre as fotos que tira com satélites…

    • sergio_ntl@hotmail.com

      Com certeza há diversas fotos de alta resolução da lua e ate satélites em orbita, mas isso não será divulgado. torcer para o BRASIL mandar o seu satélite daqui uns séculos.

  • Nonato Pinheiro

    Agora?

  • Dias

    Torcendo para o Telescópio Espacial James Webb funcionar, caso contrário vão investir mais BILHÕES E BILHÕES de dinheiro para construírem o Telescópio Espacial Investigativo 007 JAMES BOND, para investigar o que deu errado com seu antecessor.

  • Nilton Monteiro

    bem,nao sei pra que tantos telescopio…se vier uma catastrofe nao conseguiresmos detela……um meteoro um pouquinho maior ou campacto ja eramos,um buraco negro em colisao ja eramos…..uma rajada do sol em potencial ja eramos……entao…..chega de vangloriar…..as coisas nao funcionam como os cientista pensam e todas as catatrofes que enfretarmos sobreviremos nao importa quantos….agora os discos existem e caem tambem mais que aviao….apenas acobertados rapidamente……e ets.nao vao invadir a terra nunca….sabem mais que nos do planeta…..e buracos negros controi mais que arrasa.ja sao fwitos para agir de acordo com o universo….nem vou explicar porque pois averia divergencias e diferenças……um abraço a todos fui…i……..

    • Kaczmarczik

      boa noite @disqus_ItjUsCLLPq:disqus !!! Não se preocupe suas explicações são interessantes

  • PALEOSETI

    Dizem que estamos no ano 13.3 bilhão e procurando observar o ano zero (Big Bang).
    Minha mente não consegue processar a informação de que um pontinho (sem origem e local definido), se transformou nessa enorme quantidade de matéria e energia que compõe esse universo.

    Vou precisar da ajuda dos universitário.

    • Silvio Toledo

      Não se preocupe, esta dada estimada é certamente muito imprecisa :)!
      A Teoria do Big Bang é apenas o limite atual que a ciência chegou para entender.
      No final, o universo inteiro também está dentro de você.
      Assim você vai entender tudo quando entender a si mesmo.

  • Marujo

    Já li, Dotô!
    Mas, siceramenti, não se trata de tecnologia.
    Com vontade, e toda aquela grana …
    Por favor, dotô: não quero espiar os confins do universo.
    Me basta uma (lente) pra perto. Dá não???

    • Diego Silva

      Neste caso uma aparelhagem pra ver em outros espectros de luz resolveria o problema. Kkkkkk

  • sergio_ntl@hotmail.com

    bom podemos até observar com ele bilhões de anos luz.
    mas uma coisa é certa: bilhões de dólares foram gastos e não consigo observar por este prisma logica quando bilhões de pessoas sofrem na TERRA