OVNIs / UFOs: Nenhuma explicação foi dada ainda

Tempo de leitura: 2 min.

Nick Redfern, do site mysteriousuniverse.com, escreveu o seguinte artigo:

Em mais de uma ocasião as pessoas têm dito a mim que as Leis de Liberdade de Informação (LLI) das várias nações não têm resultado na liberação de nada significativo quando se trata de OVNIs.  Contudo, isto está longe da verdade.  De fato, exatamente o oposto ocorre.  Admitidamente, os pedidos feitos através das Leis de Liberdade da Informação (LLI) não têm resultado no aparecimento de qualquer tipo de prova ovniológica definitiva.  Mas isto não significa que não temos dados bons e sólidos. Há uma abundância disso. Veja o site do FBI, ‘The Vault‘.  Ele é um lugar perfeito para encontrar um grande número de relatórios de alta qualidade sobre OVNIs, todos os quais agora estão em domínio público, e todos liberados graças à legislação LLI.  Isto me traz ao assunto do artigo de hoje.

No Reino Unido, um número de relatórios de OVNIs muito intrigantes foram liberados dos arquivos militares e governamentais. Três desses relatórios logo estarão celebrando seus 60º aniversários.  O primeiro caso em questão data da segunda quinzena de março de 1957. A material agora liberado pelo Ministério do Ar declara o seguinte, sendo uma leitura que o faz abrir os olhos:

Um relatório foi recebido pela Real Força Aérea Church Lawford, em 26 de março de 1957, de um avistamento de natureza anormal. O objeto se moveu em alta velocidade, a mais de 2250 km/h. Isto, por si só, já era anormal, pois o objeto havia acelerado até esta velocidade de uma posição estacionária. Nenhuma explicação ainda foi encontrada para este avistamento, mas um relatório suplementar, inclusive uma cópia de um mapeamento do radar, foi requerido e recebido da Church Lawford esta tarde.

Continuando, há um segundo relatório, um que também atraiu a atenção e a preocupação da Força Aérea do Reino Unido e do Ministério do Ar em 1957. Ele descreve uma série de eventos que precederam o caso da RAF Church Lawford por uma semana. Ele descreve:

Sinais das Estações Bempton e Lakenheath da Real Força Aérea no dia 19 de março reportaram reações anormais que não pareciam ser aquelas de aeronaves convencionais. A aeronave despachada para encontrar o objeto não conseguiu contato com nada na área. O Escritório Meteorológico está no momento tentando descobrir se qualquer fenômeno anormal foi observado por suas estações naquela área.

E então há o seguinte de 4 de abril de 1957, extraído dos arquivos oficiais sobre o evento misterioso; arquivos que o Governo Britânico liberou para vermos.

Na manhã do dia 4,a equipe de radar de Balscalloch, Escócia, reportou para a (base) Real Força Aérea West Freugh que tinham captado um número de “objetos não identificados nas telas de seus radares”.  A arquivo ainda diz: “Após o objeto ter se deslocado por mais de 32 quilômetros, ele fez uma curva rápida e continuou para o SE, aumentando sua velocidade. Aqui os relatórios de duas estações de radar diferem nos detalhes. As duas de Balscalloch rastrearam um objeto a aproximadamente 50.000 pés, à uma velocidade de aproximadamente 390 km/h, enquanto a outra seguiu um objeto, ou objetos, a 14.000 pés. Ao se deslocarem em direção ao segundo radar, os operadores detectaram quatro objetos se movendo em fila, aproximadamente 4000 metros um do outro. Esta observação foi confirmada mais tarde pelos outros radares”.

A conclusão do Ministério do Ar? Uma admissão de que, em todas as probabilidades, desconhecidos genuínos invadiram o espaço aéreo britânico: “O incidente foi devido a presença de cinco objetos de tipo e origem desconhecidos. Considera-se improvável que eles fossem aeronaves convencionais, balões meteorológicos ou nuvens carregadas”.

Tudo acima mostra que materiais a respeito de OVNIs, altamente significantes, surgiram dos arquivos oficiais. Não, isto não nos diz o que os OVNIs são. Mas os registros que temos em mãos realmente nos fornecem dados suficientes em apoio à realidade OVNI. – Nick Redfern

n3m3

Fonte

FOIAOHovniufo
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (7)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • Guerreiro

    E ainda existem muito mais relatos de objetos estranhos e desconhecidos.

  • Spyn Hakn

    Só em existirem documentos que “necessitam” ser escondidos do público já é algo para nos fazer pensar. Porquê esconder se, em tese, não seriam nada demais. Ao meu ver, se as autoridades competentes não pensassem que fosse algo estranho, deixariam a população decidir o que seria, pois sempre haveriam aqueles que diriam que é ovni ou até uma nave extraterrestres de fato, enquanto outros sempre dirão que é montagem ou ilusão de óptica ou pareidolia. Sempre.

  • LuaPequena

    Boa tarde O. H. !
    Que não se leve em consideração a maior parte dos vídeos e relatos de avistamentos de hoje, é até compreensível, pois devido a recursos tecnológicos de todos os tipos, não sabemos se serão verdadeiros ou não !
    Agora, não levar a sério os do início do Séc. passado, até meados dos anos 70, onde não havia esses recursos para adulteração de vídeos e as pessoas não estavam informadas, como estão hoje em dia, sobre OVNIs e seus tripulantes, só faz com que eu, a cada dia que passa, acredite mais na chamada Teoria da Conspiração !
    Há centenas de milhares de depoimentos de gente simples, desde o povão até ministros da Defesa , passando por astronautas, profissionais das Forças Armadas de diversos países e principalmente uma classe de trabalhadores que, na minha opinião, são os mais capacitados para refutarem o que as autoridades insistem em negar, os PILOTOS DE AVIÃO.
    Todos estes citados afirmam terem sido contactados ou terem tido avistamentos de
    naves não terrestres.
    Afinal, por que cargas d’água não devemos acreditar nessa gente toda ?
    Não os levamos a sério porque as “ARTURIDADIS” mundiais fazem uso de diversos artifícios para que sejam inteiramente DESACREDITADOS !
    E como o ser humano tende a acreditar em seus “líderes”, terminamos por não levar em conta tudo que está aí, bem diante de nossos olhos e “debaixo” de nossos narizes.
    Provas que, em qualquer tribunal seriam aceitas para salvar da cadeira elétrica um condenado, tais são as INDISCUTÍVEIS EVIDÊNCIAS da existência de nossos ” PRIMOS” estrangeiros !
    Abraços a todos !

    • Kaczmarczik

      muitas fraudes de OVETs são de autoria de cooptados do sistema para desacreditar os OVETs, e até mesmo a mídia pode fazer parte do time deles

  • Kaczmarczik

    …………………………………………………Boa tarde a Todos………………………………………………………………
    …………………….. Todos nós sabemos que todos os governos do mundo possuem registros de OVETs e extraterrestres guardados a sete chaves (embora volta e meia acontece um vazamento ou alguém como o Assange e o Snowden fazem esse favorzão para nós), e por envolver segurança nacional e a ambição de obter pesquisas avançadíssimas eles não deixam as pessoas comuns saberem… Mas muitos dos que tiveram contatos com tais informações já revelaram de alguma forma o que está escondido em lugares secretos especialmente nos EUA…………………………………
    ……………………………………………………………………………………………………………………………………………..

  • Raizen Fox

    E essas Russas e Ucranianas ai eim?, doidinhas pra me passar um vírus.

  • Messier 45

    Boa tarde OH!
    Como já disse em comentários mais antigos, na minha opinião, parte da responsabilidade de não termos provas definitivas é dos próprios “aliens”, uma vez que eles não demonstraram até agora interesse em se mostrarem abertamente para a população e governos mundiais. Fico na dúvida se isso significa algo ruim ou bom para a espécie humana (no que diz respeito ao objetivo dos “aliens” para com os humanos, se é que existe algum objetivo claro e definido, uma agenda, um plano, etc).
    Fico com “a pulga atrás da orelha”…