Novo documentário promete provar que não estamos sós no Universo

Tempo de leitura: < 1 min.
Imagem meramente ilustrativa.

A distribuidora de filmes, The Orchard, recém adquiriu os direitos de liberação de um documentário chamado Unacknowledged: An Exposé of the Greatest Secret in Human History (‘Desconhecido: Uma Revelação do Maior Segredo na História da Humanidade’ – título em trad. livre).

A empresa está planejando publicar o documentário em 2017, e sua liberação de imprensa tem uma da mais arrogantes e, francamente, mais empolgantes/inacreditáveis alegações que se possa imaginar.

De acordo com a liberação de imprensa, o filme apresentará “a melhor evidência do contato extraterrestre, que data de décadas atrás, com mais de 100 horas de testemunho de delatores dos altos segredos militares, corporativos e de inteligência, bem como documentos e filmagens de OVNIs.”

Como?  Bem, o diretor Michael Mazzola focará seu filme no Movimento do Desacobertamento do Dr. Steven Greer, o qual tem entrevistado muitas autoridades governamentais, inclusive o diretor da CIA, Almirantes e Generais do Pentágono e membros do Congresso (EUA)”.  Greer está muito confiante sobre suas descobertas.

“Estamos empolgados em ter o apoio e a distribuição do The Orchard para este histórico filme documentário, o qual estabelece que não estamos sós no Universo”, disse o Dr. Greer na liberação. “Está na hora da verdade ser conhecida e estamos honrados em ter o The Orchard como parceiro neste esforço.”

“Não há dúvidas, irrelevantemente de suas crenças, que o Dr. Greer tem incansavelmente e consistentemente exposto revelações surpreendentes sobre os OVNIs, a tecnologia e os segredos que estão sendo mantidos do público estadunidense.” adicionou Paul Davidson para o The Orchard.  “Estamos empolgados em termos uma parceria com ele para trazer este trabalho grandemente impactante ao máximo de audiência possível.”

Veja abaixo o trailer do filme documentário:

n3m3

Fonte

acobertamentoDr. Steven GreerOHovniOVNI Hojeprova de que não estamos sós no Universoufo
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.