A vida pode estar se alastrando pelo espaço através de contaminação

Tempo de leitura: 2 min.

Uma nova pesquisa sugere que a vida pode estar se espalhando de planeta em planeta através de objetos espaciais contaminados com o DNA humano, ou outros corpos vivos.

Primeiro, plâncton marinho foi encontrado vivendo no exterior da Estação Espacial Internacional.  Agora, os cientistas descobriram que é possível que as amostras de DNA sobrevivam, pelo menos por uma curta viagem ao espaço, no exterior de um foguete.

O novo estudo, que foi publicado no PLOS One, reporta que o DNA espirrado no exterior de um foguete TXUS-49 permaneceu funcional após um voo até o espaço, que durou 13 minutos.  O autor líder do estudo, e biólogo molecular da Universidade de Zurique, Cora Thiel, disse que esta descoberta não era esperada e “nos deixa um pouco preocupados“.

Ficamos totalmente surpresos… Nunca esperávamos recuperar tanto DNA ativo intacto e funcional.  Nossa descoberta nos deixa um pouco preocupados sobre a probabilidade de contaminação das naves espaciais, sondas e locais de aterrissagem, com o DNA da Terra.

Nas espaçonaves que deixam a Terra, milhões de micróbios tentam pegar carona até o espaço.  Isto abre a possibilidade de “enviarmos contaminação” para outros corpos planetários, potencialmente colonizando aqueles ambientes.

A pesquisa ocorreu por acaso.  Os pesquisadores pretendiam examinar o efeito da gravidade sobre o DNA.  O experimento foi colocado dentro da área de carga de um foguete.  Porém, durante as preparações para o voo, os pesquisadores decidiram colocar parte do DNA no exterior do foguete também, para testar a robustez de um biomarcador no DNA.

Quando o foguete retornou, os pesquisadores não esperavam encontrar DNA funcional no lado exterior, mas encontraram.

O estudo é somente um pequeno passo em direção à uma melhor compreensão da possibilidade de ‘envio de contaminação’.  Os pesquisadores informam que o DNA usado no experimento não foi portador de código genético, como o dos humanos, mas sim do tipo que pode ser encontrado em bactérias.

Não podemos dizer como estas grandes moléculas de cromossomos reagiriam sob as mesmas condições e isto deverá ser investigado num experimento separado. Em geral, pensamos que a sobrevivência de organismos ou de ‘moléculas da vida’ durante a reentrada requer uma combinação de diferentes fatores favoráveis e protetivos, e pode assim não ser a regra, mas mais uma probabilidade, e raramente o caso.  Mas, mesmo assim, a sobrevivência do DNA é possível, como demonstrada no nosso experimento“.

n3m3

Fonte: www.inquisitr.com

contaminaçãoDNAespaçoOVNI Hojeproliferação de vida
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (46)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • Marujo

    Não sei o que podem estar pensando os  “evolucionistas”, mas o final desta declaração não ajuda muito a “causa”. 

    “Não podemos dizer como estas grandes moléculas de cromossomos
    reagiriam sob as mesmas condições e isto deverá ser investigado num
    experimento separado. Em geral, pensamos que a sobrevivência de
    organismos ou de ‘moléculas da vida’ durante a reentrada requer uma
    combinação de diferentes fatores favoráveis e protetivos, e pode assim
    não ser a regra, mas mais uma probabilidade, e raramente o caso.  Mas,
    mesmo assim, a sobrevivência do DNA é possível, como demonstrada no
    nosso experimento“.
    Ou ajuda?

  • Pastor Murdock

    Ei N3m3, ontem o Canal Livre da Band teve como tema a busca por vida fora da Terra. 
    Acredito que jajá termos o link disponível.  Posta para a galera assim que encontrar. Foi muito bom o programa…
    Bom se alguem já mencionou isso aqui, desculpem…

  • 0309damanha

    Defina evolucionistas no seu ponto de vista e a qual “causa” se refere xD fiquei curioso com seu argumento, desde ja grato

  • Tonny Galletti

    sopa primordial….

  • n3m3

    Pastor Murdock Obrigado pela dica Pastor.

  • tmago

    Então pode ter ocorrido o inverso tbm há milhares de anos, pelos deuses astronautas ! E a Missão Rosetta, constatou q o 67P carregava os ingredientes da vida.

  • daianinhapp

    OVNIHoje ……..

  • daianinhapp

    OVNIHoje Já imaginaram o vírus Ebola pegando carona no rabo do foguete.

  • daianinhapp

    OVNIHoje Falando sério seria possível quando um asteroide caiu sobre a terra não veio a “vida humana” junto, ai tudo começou.

  • KjulimataConde

    Marujo pelo contrario amigo marujo, creio que de certa forma sendo rara ou não esta experiencia confirma a panspermia, que oportunamente se tornou a evolução ate o ponto que chegamos, sem querer contrariar, creio que isto reforça ainda mais a teoria de que a vida e constante e evolucionária….um abração

  • RobertoFelixCorreia

    miasma2014 
    Também acho! Vai dizer que os alienígenas que vêm para a Terra se preocupam em preservar a vida aqui intacta???
    Eu acho que deveríamos sim, espalhar a vida terrestre para os planetas e ver no que dá… Numa dessas foi assim que a vida surgiu aqui…

  • RobertoFelixCorreia

    Marujo 
    A sobrevivência do DNA mais adaptado ao ambiente, como disse o bom Darwin…

  • walter loo

    …Leque de possibilidades rumo a PANSPERMIA , é preocupante pois se for real, podemos estar recebendo vida bacteriana do espaço,  colocando em risco a humanidade, como se não bastasse nossa grave poluição “DOMESTICA”, poderemos também estar recebendo visitas indesejáveis ,seria o VÍRUS EBOLA ,um destes visitantes?????
    Pelo que percebo, tudo é possível nesta linha de pesquisa!!!!!

    Abraços fraternos!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Paleoseti

    Alguém aqui viu Interestelar?
    Está sendo bastante elogiado. Tá com jeito de que vai se tornar um clássico da ficção científica.
    Ainda não vi. Na minha cidade, o meio de comunicação mais avançado é o sinal de fumaça. rsrs

    .

  • Elias Roth

    Essas ocorrências acidentais podem ser daquele grupo de “acidentes” que nos conduzem a grandes descobertas, como foi com o caso da penicilina.
    Pensando por um outro ângulo, quando se fala em material genético e panspermia, tendemos a pensar de modo fragmentário, isso é, desconsiderando o berço ou matriz daquele material, que pode vir a se tornar uma semente de vida em potencial noutros mundos.
    Se temos, no final das contas, uma Vida coletiva funcionando em cada indivíduo, e a própria constituição celular dos organismos nos faz crer que sim, então, por alguma estranha ressonância de psiquismo vital, esse material sempre se fará ligado a matriz original donde saiu. Assim sendo, supondo um material genético de origem humana caindo num planeta qualquer, ainda que este abrigue condições similares de vida, pode ser que tal material não vingue, não se desenvolva.
    De alguma forma, este plâncton descoberto na ISS estava conectado ao plâncton do nosso planeta, recebendo comando mental, como se ainda estivesse vivendo na colônia marinha que o originou. Isso também funcionaria com material genético, se concebemos que a vida psíquica antecede a vida orgânica propriamente dita, há por trás dessa panspermia toda uma implicação nesse sentido a ser considerada: porque é certo que o DNA, o plâncton e qualquer ser vivo que imigre para outros mundos irá carregar consigo a herança genética que o aparelhou á vida em seu próprio mundo e ambiente, de tal forma que não é questão simples imaginar um punhado de DNA ou plancton caindo num mundo estranho e simplesmente se desenvolvendo.
    Talvez isso só funcione com moléculas simples, ou aminoácidos, o tijolo fundamental para a vida que ainda não apareceu ali, mas que precisa evoluir a partir deste novo mundo que tomou por novo berço. Formações orgânicas inteiras talvez não sobrevivam muito tempo longe de seus habitatis naturais. Que dirá seres vivos completos? Que dirá humanos? Porque nossa constituição genética e todo o organismo é leitura para manifestar vida em seu habitat de origem, não pode haver separação entre uma coisa e outra, entre semente e chão que a faz germinar e as outras condições ambientais que a fazem se tornar planta.
    Para explicar melhor este pensamento, cito aquele famoso exemplo, dos macacos do Japão.
    Um único macaco que aprendeu a lavar as suas batatas antes de comer bastou para comunicar mentalmente o novo hábito adquirido a todos os macacos da espécie, não só os próximos como os mais distantes, o que não poderia ser explicado por simples imitação: mas somente por uma espécie de mente coletiva dos macacos atuando sobre todos os indivíduos em separado.
    Dessa forma, quando falamos num fragmento de material genético, temos que lembrar que ele ainda carrega uma memória ou um psiquismo do corpo original, e mais, da natureza ou biosfera que abrigou sua manifestação vital. E por estar subordinados a essas memórias, é que talvez esse material precise recorrer a alguma espécie de ativação psíquica para desenvolver vida em novos campos, estranhos à sua origem.
    Uma espécie de ressonância vital-psíquica envolvendo matrizes genéticas, e que seria fundamental ao processo da manifestação da vida em outros espaços compatíveis.
    Algo que tem seu equivalente no mundo da Física, que é o entrelaçamento quântico, ligando partículas afastadas por propriedades análogas, sem que saiba ainda qual é o fio de conexão entre ambas.
    Quem sabe, um mesmo fio psíquico existente também no mundo quântico, o que reforça cada vez mais o espírito como denominador comum de tudo, e que dá base a todas as teorias da Física e da Biologia.
    Combinando criação e evolução, temos a resposta mais completa. O ato criativo produz a espécie, matriz, elemento que seja, e a evolução é a ferramenta para adaptar essa espécie, matriz ou elemento ao ambiente, ao espaço maior que ele mesmo, e isso estaria encadeando todas as coisas. A criação constrói a Roda, mas é a Evolução que a faz girar no tempo.
    E o tempo não teria outro sentido senão o de imprimir movimento à Roda, ou em outras palavras, imprimir evolução à tudo o que foi criado.
    O exemplo dos macacos (lavando batatas, quebrando cocos) é chamado de Ressonância Mórfica, e creio ser o fundamento para se compreender como a vida surge e se espalha: de modo algum me parece certo separar o ser vivo do seu ambiente natural, porque a ressonância mórfica prova que são partes dum mesmo conjunto vivo.
    Mas está provado que a vida é um desdobramento da atividade psíquica, e a atividade psíquica facilmente estabelece redes de conexão.
    Só falta a ciência provar que a atividade psíquica é um desdobramento do espírito. Então, nesse dia, abrirá a última porta!
    http://galileu.globo.com/edic/91/conhecimento1.htm

  • ptoledo

    Paleoseti olá; assisti, é bom, mas confesso que esperava bem mais. filme extremamente arrastado… poderia ter 40 minutos a menos sem comprometer o enredo (que é bom no papel, mas na telona se perdeu). não consigo ver ele como um futuro clássico.

    Hollywood perdeu a mão mesmo, seja em ficção, comédia, drama ou ação. hoje só sabe fazer bem filmes infanto-juvenis…

    ou seria eu que, com a idade avançando, estaria ficando mais exigente e seletivo…

    abraço!

  • 666Dark

    Com essa notícia, não sei se choro ou rio !! Coitado dos planetas!

  • viniciusjf

    Então, com esta comprovação podemos raciocinar que somos contaminação (intencional ou não) vindas do espaço.

  • Alex Cosmos

    viniciusjf Curto e preciso no comentário amigo !!!!!!!

  • Alex Cosmos

    Na minha opinião essa noticia não e novidade !!! Já é do conhecimento humano que poderíamos colonizar outros ambientes com nossos micróbios ou DNA, tanto que quando as viagens espaciais estavam no seu inicio toda a preocupação era que os astronautas não viriam do espaço contaminados por bactérias desconhecidas, mas se esqueceram que os módulos caiam no mar possívelmente contaminados por possíveis agentes contaminantes, assim acho que já estamos formando mundos a muito tempo !!!
    As possibilidades são vastas !!!!!!!!!!!!!!!

    Abraços………..

    https://www.youtube.com/watch?v=K8kQosb8kpo

  • nilton monteiro lopes

    bem,ainda  bem que ela esta em todo o universo,propagada com luta,robustez,inteligencia altivez e mais,vida sem peso e valor medidos, igualitaria para as especieis sem cor  raça e etinias,maior que tudo,sem panspermia,criacionismo,evolucionismo,seletivimos,e como vir do fundo de um mergulho e chegar a superficie e respirar, sentir viva e ver as possibilidades creio que e algo maravilhoso demais que nos foi dado de graça sem perguntas e questionamentos,agradecido pela vida,um abraço a todos fui……i………………..

  • PREDADOR

    Paleoseti Mas agora tem o Tio Tube para assistir algum episodio na Net

  • PREDADOR

    RobertoFelixCorreia  Se espalharem DNA humano em outros planetas o que vai dar???? outra catástrofe como é a humanidade aqui … melhor levar DNA só de especies inteligentes – caes, gatos, macacos, golfinhos e baleias

  • PREDADOR

    bordoni Nada de bombástico… tudo o que ele falou ja comentaram aqui no Blog … bombastico seria as próprias testemunhas (militares, Pacaccini ou Ubiraraja) irem la no UFOZ e falarem publicamente isso tudo – mostrar provas das ameaças – gravações ou outros registros – enfim ai sim a coisa iria esquentar mais… mas da forma como foi exposto nao vi nada muito substancial – ainda aguardando novas e BOMBASTICAS provas…

  • Elias Roth

    *Se até considerando o mesmo planeta, certas espécies de animais e plantas não sobrevivem se mudados os habitats, que dirá de mudança de planeta?
    Creio que a vida não se propaga de forma tão simples assim, creio que, dentro da panspermia, apenas moléculas orgânicas básicas possam evoluir em planetas distintos e gerar formas vivas com o tempo e o trabalho da inteligência invisível.
    A Vida é o fenômeno mais raro e mais delicado do Universo, e para se manifestar em qualquer lugar que seja, deveremos construir uma equação de tantos fatores envolvidos que supera a própria equação de Drake para estimar possíveis mundos habitados.
    Não se trata simplesmente de pegar material genético de um mundo e atirar em outro.
    É muito mais do que isso. A vida é o alvo final do Universo material.

    E sua equação comporta muito mais que sete fatores, começando no espírito e terminando no ser vivo autônomo.

  • bordoni

    PREDADOR bordoni Pois é Predador, esqueci de pôr o “bombásticas” entre aspas, pra indicar minha ironia!

  • Paleoseti

    ptoledo Paleoseti 
    Algumas criticas falam exatamente isso, que ele poderia ser menor ou seja, o editor perdeu a mão.
    Vou ver. Li um pouco sobre o roteiro e achei interessante.
    Valeu… Abraço

  • Paleoseti

    PREDADOR Paleoseti 
    É, mas parece que esse é o tipo de filme que vale a pena ver no cinema.

  • Brito Beauregard

    viniciusjf “podemos ser”

  • Brito Beauregard

    Elias Roth Minha sábia mãe sempre dizia: “Deus e Seleção Natural são completamente incompatíveis”.
    Em certo aspecto ela tinha razão, exceto se for Deus uma força cruel.

  • liba

    Ai quando encontrarem vida em outro planeta vão diser que é algo da terra

  • Brito Beauregard

    Matusquela Você pode até ter razão, vendo que Evolucionismo, não explica a origem da vida.
    A árvore genealógica dos seres vivos da terra é o meu melhor argumento contra o criacionismo fixista

  • n3m3

    Pastor Murdock Tentei achar, mas não encontrei ainda. Vamos ver se vai ser publicado nos próximos dias. Obrigado

  • Elias Roth

    Brito Beauregard Elias Roth A vida física é só um argumento para a evolução real, da alma, da consciência.
    O alvo é a consciência, a evolução orgânica é só uma escada. Não é o alvo do Universo, mas o meio para se alcançá-lo.

  • Elias Roth

    )Se eu pudesse escrever a equação da vida, com parâmetros válidos para todo o Universo, com certeza ela seria baseada em duas variáveis progressivas, x-y. relacionadas ao belo mistério do atrativo amor executado em todas as paridades cósmicas que, começando do ponto de Kandinsky ou mônada pitagórica, articularia seu raio no abraço entre próton e elétron e, saltando, entre cátion e ânion e, saltando, entre os filamentos de DNA e depois, os gametas sexuais e, saltando, entre os gêneros sexuais dos seres vivos e, saltando, entre o homem e a mulher, e depois, o Sol e a Lua, e as estrelas binárias, e as galáxias em fusão… e, quem sabe, em universos gêmeos, até onde a vista não alcança mas o poder do amor afiança!
    *L.

  • Elias Roth

    Brito Beauregard É o não julgar a essência e propósito reais do Universo pelo jogo das aparências materiais que permite que vislumbremos as verdadeiras articulações invisíveis por trás de todo esse complexo emaranhado de formas que se coagulam e se dissolvem no oceano primordial do caos.
    Será como olhar reflexos num espelho, e não a imagem real.
    O mistério da Vida não é conclusivo a partir deste jogo de aparências materiais. Na verdade, a Vida é o produto final entre o impulso vital da alma e a resistência da matéria densa.
    E a evolução é a resultante do movimento no tempo.

    Abraço!

  • Marujo

    0309damanha 
    Oi, desculpa a demora. Estava no laboratório (kkkk).
    Mas, então …
    Evolucionistas:
    Enxergam a vida como “melancias”, “que vão se ajeitando com o andar da carroça” … (sem condutor, nem semovente, é claro).
    Discordam dos Criacionistas, que acreditam que o “carroceiro” é o único responsável por tudo: cultivou as melancias, criou os cavalos, construiu a carroça, e sabe para onde tudo isso está sendo levado.
    Enfim, para eles, ou viemos do “barro”, ou viemos da “sopa”.
    Acho mesmo que ambos estão parcialmente certos, observando, cada qual, diferentes lados da mesma moeda.
    Vai um abraço,
    do Marujo.

  • N3L10

    Ouvi dizer que a água esta escapando através das buracos da camada de ozônio

  • Pastor Murdock

    n3m3 Pastor Murdock Mandei um email, encontrei o link. Abraços!

  • Elias Roth

    Brito Beauregard A Lei do Universo é o sacrifício. Matéria se transforma em energia, e energia em matéria, e as almas vestidas em corpos sentem a demanda do processo, e o processo de transmigração de almas é sacrificado. Mas é o único meio de se adquirir consciência. Contudo, o que conta o sacrifício de poucas e breves existências físicas em nome da emancipação da consciência transformada e livre na eternidade do Absoluto real por trás de todo o universo efêmero?
    Nós sempre julgamos a vida pelas aparências e não pela essência. Nós sempre julgamos a luz pelos rastros de sombra que ela deixa, e não pela assinatura de propósito divino que ela deposita em cada passo do universo em marcha. E por isso, lançamos ao ar inúmeras concepções equivocadas sobre todas as coisas.

    *L.

  • n3m3

    Pastor Murdock n3m3 Muito obrigado. Vou ver se preparo algo para esta noite.  Abraço.

  • FernandoFernandes2

    O que pode ser para outros organismos vivos uma infestação assim como nosso organismo reage a um invasor .

  • Kadu Eduardo Daris

    Se a tal contaminação não tiver acontecido antes.
    Panspermia.